close
Alimentação

Ágar-ágar (gelatina vegana): O Que É? É Saudável?

Dr Juliano Pimentel

O ágar-ágar é uma gelatina que alguns gêneros de algas marinhas vermelhas contêm em suas células.

Ela pode ser extraído de algas. A extração de ágar-ágar foi descoberta, por acaso, em 1650, no Japão, onde antes se consumia o cozido de algas.

Atualmente esta gelatina o ágar-ágar ou kanten, integra diversas dietas e preparados.

Saiba mais sobre o ágar-ágar e porque ele é saudável para sua saúde.

Não deixe de ler e compartilhar!

Gelatina vegana

O processo tradicional de produção de gelatina envolve ferver tecidos e ossos animais até que eles se solidifique em uma substância semelhante a um gel.

Como tal, muitos itens aparentemente vegetarianos são tornados não-vegetarianos pela inclusão de gelatina em seus ingredientes.

Exemplos comuns incluem iogurte, doces, sobremesas e gel-cápsulas.

Embora as substituições vegetarianas não possam replicar perfeitamente as propriedades espessantes e gelificantes da gelatina, produtos como ágar-ágar, carragenina e gomas vegetais fornecem uma variedade de alternativas próximas.

Uma das alternativas vegetarianas mais comuns à gelatina é ágar-ágar. A produção deste agente espessante sem sabor envolve cozinhar e pressionar algas, tipicamente até atingir uma forma em pó ou em flocos.

O Que é Ágar-ágar?

De origem vegetal, livre de corantes e muito utilizado na culinária asiática, o ágar-ágar é um carboidrato com baixo teor calórico proveniente de algas marinhas, sendo assim uma ótima opção para veganos na substituição da gelatina.

É rico em colágeno, que é importante na prevenção de rugas e flacidez, dá brilho ao cabelo e deixa os dentes mais fortes (1)

Na presença da água ele se transforma em um gel, o que auxilia no processo de emagrecimento, já que essa reação proporciona a sensação de saciedade.

O ágar-ágar é riquíssimo em minerais essenciais para o organismo, como cálcio, ferro, zinco e fibras.

O ágar-ágar pode ser um grande aliado quando consumido com frequência ele auxilia no bom funcionamento do órgão, já que é composto por 94% de fibras.

E, em contrapartida, por conta da grande quantidade de fibras, se consumido em excesso pode causar desarranjos intestinais. O ideal é consumir com moderação.

Alguns motivos para usar ágar-ágar

O ágar-ágar é um substituto vegano da gelatina

1 – Fonte Natural de colágeno (prevenção contra ruga e flacidez)

2 – Auxilia no tratamento de emagrecimento.

3 – Cabelo mais macio, mais brilho e vitalidade.

4 – Fortalece unhas quebradiças e frágeis.

5 – Dentes mais fortes.

Características ágar-ágar

Além de ser utilizado em forma de gelatina, pode ser consumido também em cápsulas sem perder os benefícios. Outra maneira de consumir o produto é em forma de chá.

Duas das características do ágar-ágar são interessantes para usá-la na alimentação. O ágar-ágar é riquíssimo em fibras e absorve até 3 vezes seu volume em água, quando ingerido.

Mas, não é alimento, não tem quase nada de calorias, porém, gera sensação de saciedade sem prejudicar o organismo e auxilia no processo de evacuação pois tem efeito laxativo.

Essas qualidades do ágar-ágar são benéficas quando você precisa perder peso e não sabe mais o que fazer.

Mas, também é importante o seu teor de iodo que nosso organismo necessita para manter o correto funcionamento da tireoide.

Por outro lado, o ágar-ágar é um coringa muito útil nas receitas culinárias e tem vantagens por seu poder geleidificante ser dez vezes maior do que o da gelatina convencional.

O uso da ágar-ágar é centenário. Especialistas acreditam que o processo de produção dela iniciou-se no Japão por volta de 1650.

Até hoje, a gelatina extraída através do processo de fervura das algas vermelhas é largamente usada na alimentação oriental e ganha cada vez mais adeptos no mundo todo.

Um alimento muito saudável

Os benefícios à saúde são muitos. Por conter impressionantes 94,8% de fibras solúveis, o consumo frequente ajuda a regular o funcionamento do intestino.

Também por causa das fibras, a ágar proporciona saciedade com pouca quantidade consumida e praticamente não tem calorias, o que certamente ajuda muito na hora de ficar em paz com a balança.

O ágar-ágar é um hidrocolóide retirado de vários gêneros e espécies algas marinhas vermelhas, sendo que essas algas são uma mistura heterogênea formada por dois polissacarídeos, a agarose e a agaropectina.

O ágar-ágar é um bom substituto para a gelatina tradicional, uma vez que é de origem vegetal, tornando-o adequado para dietas vegetarianas ou com restrições dietéticas.

O ágar-ágar não possui sabor, odor e cor e se define com mais firmeza do que gelatina de origem animal e permanece firme mesmo quando ocorre elevação de temperatura.

Benefícios do ágar-ágar

O ágar-ágar é conhecido por sua capacidade de ajudar na digestão e perda de peso. Atua como um supressor do apetite, tornando-se gelatinoso quando molhado (2).

Quando consumido, causa sensação de saciedade, reduzindo o apetite e auxiliando no emagrecimento. O ágar-ágar é uma rica fonte de minerais.

É um produto com alto teor de fibras, com um efeito laxante que ajuda a regular e limpar o intestino.

Em algumas partes do mundo, é também utilizado para o tratamento de hemorroidas. Outros benefícios associados com ágar-ágar incluem sua capacidade para reduzir a inflamação, acalmar o fígado, e proporcionar alívio para os pulmões.

O ágar-ágar absorve glicose no estômago, que passa rapidamente através do sistema digestivo e inibe que o corpo retenha e armazene gordura em excesso.

Suas propriedades de absorção de água também ajudam na eliminação de resíduos tóxicos do corpo.

Benefícios da gelatina de ágar-ágar para combater o diabetes

Um estudo avaliou a eficácia da combinação de uma alimentação de ágar-ágar com uma dieta japonesa convencional para pacientes obesos com intolerância à glicose e diabetes tipo 2.

Os setenta e seis pacientes foram aleatoriamente colocados em uma dieta convencional ou uma dieta convencional com ágar-ágar durante 12 semanas.

O peso corporal de ambos os grupos, gordura corporal, distribuição de gordura, índice de massa corporal, controle glicêmico, pressão arterial, resistência à insulina e gordura e lipídios foram medidos antes e após o período experimental.

Os resultados revelaram que a dieta do ágar-ágar produziu perda de peso significativa devido à manutenção da redução da ingestão de calorias e melhora o metabolismo.

O ágar-ágar absorve glicose no estômago, que passa rapidamente através do sistema digestivo e inibe que o corpo retenha e armazene gordura em excesso.

Suas propriedades de absorção de água também ajudam na eliminação de resíduos tóxicos do corpo.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : agar agaralimentaçãodr. juliano pimentelgelatinagelatina vegetarianasaúdevegetarianosvsg

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta