close
Alimentação

Benefícios dos Probióticos e como Tomar?

Dr Juliano Pimentel

Nossos corpos abrigam uma mistura de bactérias boas e más. Essas bactérias estão praticamente em todos os lugares, na boca, intestino e pele. Os probióticos são bactérias vivas que, quando consumidas através de alimentos ou suplementos, são benéficas para o nosso sistema digestivo.

Os probióticos são também são chamados de bactérias boas, saudáveis ​​ou amigáveis.

Sob condições normais e equilibradas, as bactérias amigáveis ​​superam as que não são amigáveis.

Ou seja, os probióticos podem agir como bactérias benéficas para o intestino que criam uma barreira física contra bactérias hostis.

Saiba mais sobre as funções e os benefícios dos probióticos no organismo neste artigo.

Não deixe de ler e compartilhar!

Conhecendo os probióticos

Probióticos são microrganismos vivos que podem ser consumidos através de alimentos ou suplementos fermentados (1).

Mais e mais estudos mostram que o equilíbrio ou desequilíbrio de bactérias em seu sistema digestivo está ligado à saúde e à doença em geral.

Probióticos promovem um equilíbrio saudável de bactérias intestinais e têm sido associados a uma ampla gama de benefícios para a saúde.

Estes incluem benefícios para perda de peso, saúde digestiva, função imunológica e mais (2,3).

Os probióticos ajudam a compensar o desequilíbrio bacteriano causado pela ingestão de antibióticos.

Os antibióticos matam boas bactérias junto com as nocivas, frequentemente levando a gases, cólicas ou diarreia, diferente do que acontece com os probióticos.

Nosso trato gastrointestinal ou digestivo geralmente tem trilhões de bactérias intestinais e leveduras, conhecidas coletivamente como “flora intestinal” (4).

Para que o sistema gastrointestinal funcione adequadamente, a flora intestinal deve estar em equilíbrio. Isso ajuda a neutralizar os efeitos negativos de certas escolhas alimentares, doenças ou medicamentos.

Quando uma pessoa contrai uma infecção bacteriana, os antibióticos são frequentemente usados ​​como solução imediata, mas os antibióticos matam as bactérias arbitrariamente, eliminando as bactérias boas e más no trato intestinal.

Ao eliminar as bactérias benéficas, o corpo é vulnerável a vários problemas digestivos. A substituição rápida dessas bactérias benéficas é muito importante, e a introdução de probióticos em um regime de saúde é um método cada vez mais popular para se fazer isso.

Os probióticos ajudam também na quebra de proteínas e gorduras no trato digestivo, um benefício valioso para ajudar bebês, crianças pequenas ou pacientes que precisam fortalecer durante e após uma doença.

Probióticos podem ajudar

  • Melhorar a função imunológica
  • Proteger contra bactérias hostis para prevenir a infecção
  • Melhorar a digestão e absorção de alimentos e nutrientes.

Os potenciais benefícios dos probióticos têm sido observados no tratamento ou prevenção de muitas condições, como diarreia, síndrome do intestino irritável, colite ulcerativa e doença de Crohn (5).

Benefícios dos probióticos

Os probióticos são bactérias amigáveis que impedem o crescimento excessivo de bactérias patogênicas, leveduras e fungos no intestino.

Além disso, outras funções benéficas são desempenhadas pelos probióticos

  • Produz substâncias que normalizam o colesterol
  • Melhora a barreira protetora do trato digestivo para evitar o vazamento do conteúdo do intestino para a corrente sanguínea (o que produz uma mistura imprevisível de sintomas auto-imunes).
  • Produz Vitamina K1
  • Mantém a pressão arterial baixa
  • Ajuda em digestão de lactos
  • Neutraliza compostos pré-cancerígenos
  • Baixa o pH dos intestinos
  • Produz compostos benéficos que inibem o crescimento de tumores

Quando consumir probiótico

Probióticos. Imagem: (Divulgação)

Algumas fontes de probióticos podem ser encontrados naturalmente em alimentos e bebidas.

Alimentos ricos em probióticos são

  • Iogurte
  • Chucrute
  • Kimchi
  • Kombucha
  • Leite Fermentado
  • Coalhada

As bactérias ocorrem naturalmente nesses alimentos ou foram adicionadas durante a preparação.

Além de serem encontrados naturalmente nestes alimentos algumas pessoas precisam de uma suplementação de probiótico.

Os probióticos também estão disponíveis como suplementos dietéticos em cápsulas, comprimidos ou em pó.

Mas o consumo é destinado à

  • Aqueles com distúrbios intestinais, como a doença de Crohn ou colite ulcerativa
  • Adultos recentemente prescritos antibióticos, uma vez que esta medicação mata bactérias intestinais
  • Aqueles que estão se recuperando de uma infecção intestinal
  • Aqueles com síndrome do intestino irritável (IBS)

Tipos de probióticos

Pessoas que passam por uma situação que necessita o consumo de probiótico vai se deparar com produtos em dois formatos.

Cápsulas Probióticas

Cápsulas Probióticas que são indicados para quem tem dificuldades em inserir na alimentação os alimentos lácteos.

O consumo das cápsulas deve ser feito sob orientação médica.

Probióticos solúveis

O preparo dos probióticos solúveis se dá como os sucos instantâneos, basta misturar o conteúdo do sachê em 200ml de água.

Prometem suprir a necessidade diária de probióticos do organismo.

Existem vários tipos diferentes de probióticos ou “estirpes” que são especificamente escolhidos pelas suas propriedades únicas, dependendo do sintoma gastrointestinal que o usuário gostaria de aliviar ou eliminar (6).

Os tipos mais usados são:

  • Lactobacilos
  • Bifidobactérias
  • Bacilos
  • Vários tipos de levedura como Saccharomyces boulardii

Além desses há também outros tipos de probióticos

  • Lactobacillus acidophilus
  • Lactobacillus bulgaricus
  • Lactobacillus casei
  • Lactobacillus gasseri
  • Lactobacillus plantarum
  • Bifidobacterium bifidum
  • Bifidobacterium lactis
  • Bifidobacterium longum
  • Enterococcus faecium
  • Saccharomyces boulardii

Se você e seu médico decidirem que tomar um suplemento pode ser benéfico para você, há certas coisas que você deve saber antes de começar.

Cada suplemento tem seu próprio conjunto de instruções. Essas instruções podem informar o momento ideal para tomar o suplemento, como antes ou durante uma refeição. Eles também dizem quantas vezes levá-los e quaisquer avisos de segurança.

Assim como a maioria dos produtos alimentares e vitaminas, esses suplementos têm uma vida útil curta. Nunca tome um suplemento após a data de validade para evitar mais problemas digestivos.

Como os probióticos são bactérias vivas, eles podem precisar ser refrigerados. Leia o rótulo para mais informações.

E por fim, saiba por que você está tomando. Existem várias estirpes e escolher um suplemento probiótico não deve ser uma decisão aleatória.

Você e seu médico devem discutir por que você está tomando e qual é o melhor para suas necessidades de saúde digestiva.

Efeitos colaterais

O uso de probióticos tem muitos benefícios para a saúde, mas eles também podem ter certos riscos para a saúde (7).  

Os efeitos colaterais mais comuns são leves, incluindo gases, inchaço e outras irregularidades digestivas.

Mas o consumo excessivo pode aumentar o risco de sepse probiótica em adultos e crianças.

Pessoas que já tiveram colite ulcerativa ou perfurações intestinais, devem ter cuidado antes de adicionar um grande número de micróbios ao seu sistema intestinal.

O equilíbrio é importante em todas as coisas, e um excesso de crescimento microbiano no estômago, mesmo de bactérias benéficas, pode enfraquecer o sistema imunológico, abrindo a porta para uma série de agentes patogênicos e doenças perigosas.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentaçãoalimentos com probióticosbenefícios dos probióticoscomo tomar probióticosdestaquedr. juliano pimentelprobióticossaúde

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta