close
AlimentaçãoDores

Ceia de Natal para Diabéticos: Dicas Práticas

Quem precisa conviver com a diabetes, sabe que existem muitas restrições alimentares por questão de saúde. Mas como fazer a Ceia de Natal para Diabéticos, com dicas que podem ser usadas o ano todo?

Durante as festividades existem inúmeros pratos tentadores e repletos de açúcares adicionados, gordura trans, conservantes, excesso de carboidratos, entre outros produtos que prejudicam a saúde tanto de quem é diabético, quanto quem não sofre com essa doença.

Por isso, eu trago dicas ótimas para a ceia de Natal para diabéticos, que pode ser usada também em outras refeições, além de nutritivas e baixa em calorias.

Não deixe de ler e compartilhar!!

Ceia de Natal para Diabéticos

A diabetes é uma doença que precisa de mudanças na alimentação e no estilo de vida.

Por isso, abra mão de condimentos artificiais e de alimentos industrializados que são repletos de produtos prejudiciais para a sua saúde.

Muitos alimentos consumidos e que fazem a sucesso nas ceias de Natal, são prejudiciais para a saúde; e podem ser responsáveis por: aumentar o nível de açúcar no sangue, o colesterol; causar a obesidade e aumentar as chances de problemas cardíacos e pressão alta.

Por isso, preparar um cardápio que possa ser benéfico para toda a família, é essencial.

Reduzir o consumo de sódio nas refeições é importante, pois ajuda a baixar a pressão arterial e a diminuir os riscos de ataque cardíaco.

As pessoas diabéticas também são mais propensas a sofrerem com problemas cardíacos, por isso, é importante evitar as gorduras saturadas.

Saiba dizer não, aos alimentos que podem afetar a sua saúde.

Alimentos Proibidos

Ceia de Natal para Diabéticos: Fuja dos Industrializados. Imagem: (Divulgação)
  • Álcool: Quem sofre com a diabetes precisa evitar o consumo de bebida alcoólica; o álcool é rico em calorias e ajuda aumentar o nível de açúcar;
  • Arroz branco: excesso de carboidratos, ajuda a aumentar os níveis de açúcar no sangue;
  • Massas em geral, preparadas com trigo e outros cereais ricos em carboidratos (bolos, macarrão, tortas, biscoitos);
  • Frutas com alto teor de frutose como: banana, melão, pêssego e nectarina são ricas em frutose (açúcar da fruta); evite as frutas enlatadas e secas;
  • Condimentos artificiais: ricos em sódio, açúcar adicionado , ricos em carboidratos;
  • Sucos e refrigerantes: além de conterem um alto teor de açúcar, são ricos em carboidratos;
  • Evite carnes processadas;
  • Alimentos em conserva: ricos em sódio e conservantes;
  • Café como Frappucino (com xarope de milho, açúcar refinado, chantilly);
  • Produtos lácteos com alto teor de gordura;
  • Produtos processados: possuem alto teor de gordura, sódio e conservantes;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Vegetais amiláceos: eles possuem um alto índice glicêmico (batata, milho, ervilha, vegetais ricos em amido);
  • Cuidado com a comida de restaurante.

Os alimentos que possuem carboidratos são importantes para os músculos, e o cérebro gerarem a energia necessária para o bom funcionamento do organismo (3); mas alimentos ricos em carboidratos possuem alto índice glicêmico (IG).

Ele mostra quanto tempo leva para que o seu organismo processe o carboidrato presente no alimento, e o transforme em glicose (açúcar).

Você já sabe que, o açúcar não oferece nada de bom para sua saúde. Mas você sabe todo o mal que ele te causa? Antes de conhecer os substitutos para a ceia de Natal, clique na imagem e receba o Guia Completo do Açúcar.

Por isso consumir carboidratos em excesso (principalmente os carboidratos complexos) aumentará o Índice Glicêmico, assim como o risco das doenças já citadas.

Alimentos para a Ceia de Natal

Ceia de Natal para Diabéticos
Ceia de Natal para Diabéticos

Algumas dicas práticas para a Ceia de Natal para diabéticos, podem ajudar a decidir o que preparar para a ceia ou o que pode ser consumido, sem perder os sabores durante o ano todo.

De acordo com o livro americano Basics: Type 2 Diabestes, publicada pelo Centro Internacional de Diabetes; existe uma quantidade segura para ser consumida por quem sofre com a diabetes.

Seriam:

Mulheres

45-60 gramas de carboidratos por refeição

Homens

60-75 gramas de carboidratos por refeição

Porém, essas quantidades não são fixas, pois depende do seu histórico médico, altura e massa corporal.

Por isso, faça sempre o seu acompanhamento médico.

  • Substitua o arroz branco por quinoa ou Arroz de couve-flor;
  • Consuma frutas (em quantidade moderada, de acordo com a orientação médica) como: maçãs, mirtilos e abacates;
  • Não se esqueça de medir os nível de açúcar 2 horas após o consumo desses alimentos, para saber como o seu organismo reage à eles;
  • Aposte em proteínas que são baixas em carboidratos como: lentilhas; ovos, sementes e nozes;
  • Peixe (como salmão) e mariscos;
  • Frango e carne vermelha: possuem gorduras saudáveis para o coração (1,2);
  • Batata doce;
  • Legumes grelhados, assados ou cozido à vapor;
  • Especiarias como canela;
  • Couve, espinafre, entre outros;
  • Kefir e os derivados (cream cheese ou o queijo de kefir, que podem ser usados em diversos pratos);

Existem muitos alimentos naturais que ajudam a diminuir os níveis de açúcar no sangue, então aproveite para iniciar uma reeducação alimentar, e melhorar a forma como você se alimenta.

Combine uma proteína magra com vegetal não amiláceo, assim você nutre o organismo sem correr o risco de aumentar os níveis de açúcar no sangue (4,5,6).

Dicas de Receitas

Aspargo com molho de pimentão vermelho

Molho de limão e tahini (para saladas)

Molho de couve-flor vegana

Couve-flor assada ao molho Romesco

A alimentação adequada é importante mesmo que você sofra ou não com a diabetes; todos precisam prestar atenção aos alimentos que são consumidos e as quantidades.

Os exercícios físicos também são aliados para manter a boa saúde. E visite sempre o médico.

Espero que tenha gostado dessas dicas.

Abraços e fique com Deus

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : açúcar da frutaÁlcoolalimentaçãoalimentos industrializadosalto índice glicêmicoArroz brancobaixa em caloriasbebidas alcoólicasbiscoitosbolosceia de natal para diabéticosceias de Natalcolesterolcondimentos artificiaisconservantesdiabetesdoençadr. juliano pimentelevitar o consumo de bebida alcoólicaexcesso de carboidratosfestas de fim de anoFrutas com alto teor de frutosegorduras saturadashomensIGmacarrãoMassasmulheresnível de açúcar no sangueobesidadepressão altaproblemas cardíacosproteínasrico em caloriassaúdesódiotortastrigo

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta