close

Como melhorar a concentração com a alimentação? Já pensou sobre como a comida que você come tem a ver com o funcionamento do seu cérebro?

Acontece muita coisa!

Embora sempre soubéssemos que o que comemos afeta nosso corpo e nossa aparência, os cientistas também estão aprendendo cada vez mais que o que comemos pode prejudicar ou melhorar nossos cérebros.

Sim, os alimentos do cérebro são importantes (especialmente para a nossa massa cinzenta). E por isso é possível melhorar a concentração com a alimentação.

Gostou desse tema?

Leia e Compartilhe.

Como melhorar a concentração com a alimentação

Veja, nossos corpos não gostam de estresse. Quando estamos estressados nossos corpos liberam citocinas inflamatórias (1).

Essas pequenas substâncias químicas estimulam o sistema imunológico a reagir e lutar contra o estresse através da inflamação, como se o estresse fosse uma infecção.

Jogo da memória.
Melhorar a Concentração com a Alimentação. Imagem: (Divulgação)

Ou seja, enquanto a inflamação ajuda a nos proteger contra doenças e repara o corpo, quando você faz algo como se cortar, a inflamação crônica é um pouco diferente.

Inclusive a inflamação crônica tem sido associada a doenças autoimunes como esclerose múltipla, ansiedade, pressão alta e muito mais (2).

E você deve estar se perguntando, mas doutor o que tudo isso tem a ver com comida?

É o nosso intestino que ajuda a manter as respostas imunes do nosso corpo e a inflamação sob controle.

Além disso, os hormônios intestinais que entram no cérebro ou são produzidos no cérebro influenciam a capacidade cognitiva.

Ou seja, têm influência sobre como entender e processar novas informações, manter o foco na tarefa e reconhecer quando estamos cheios (3).

Além disso, os alimentos ricos em antioxidantes, gorduras boas, vitaminas e minerais fornecem energia e ajuda na proteção contra doenças cerebrais.

Então, quando nos concentramos em dar ao nosso corpo alimentos integrais e nutritivos que beneficiam tanto o intestino quanto o cérebro, estamos realmente beneficiando nossas mentes e corpos, mantendo-os em forma de ponta.

Por isso, você consegue melhorar a concentração com a alimentação. Mas é claro que, alguns alimentos são melhores para o cérebro do que outros.

Sendo assim, selecionei os melhores alimentos cerebrais que você deveria comer para alimentar tanto a mente quanto o corpo. E descobrir de uma vez por todas, como melhorar a concentração com a alimentação.

Melhorar a concentração com a alimentação

Abacates

Esta fruta é uma das mais saudáveis ​​que você pode consumir com objetivo de melhorar a concentração com a alimentação.

Embora os abacates muitas vezes recebam uma má reputação por causa de seu alto teor de gordura, é importante notar que essas usinas verdes estão repletas de gorduras monoinsaturadas ou do tipo “bom”, mantendo os níveis de açúcar no sangue estáveis ​​e a pele brilhando.

Contendo vitamina K e folato, o abacate ajuda a prevenir coágulos sanguíneos no cérebro (protegendo contra o derrame), bem como a melhorar a função cognitiva, especialmente tanto a memória quanto a concentração.

Eles também são ricos em vitamina B e vitamina C, que não são armazenados em seu corpo e precisam ser reabastecidos diariamente. Além disso, eles têm a maior proteína e menor teor de açúcar de qualquer fruta.

Beterraba

Essas raízes são algumas das plantas mais nutritivas que você pode comer. Eles reduzem a inflamação, são ricas em antioxidantes que protegem o câncer e ajudam a livrar o sangue de toxinas.

Além disso, ajuda a melhorar a concentração com a alimentação. Afinal, os nitratos naturais na beterraba realmente aumentam o fluxo sanguíneo para o cérebro, ajudando no desempenho mental.

Além do mais, durante os treinos intensos, as beterrabas realmente ajudam a aumentar os níveis de energia e desempenho.

Água

A melhor opção de como melhorar a concentração com a alimentação é bebendo água.

Sério, às vezes tudo que você realmente precisa é de um copo de água para começar o dia. É preciso estar atento ao consumo frequente de água durante o dia.

Afinal, a sede e a desidratação podem causar fadiga. Por isso, beber água é uma das maneiras práticas para melhorar a concentração com a alimentação.

Então, antes de fazer qualquer coisa, beba um copo alto de água. E para ficar ainda melhor, esprema um pouco de limão fresco.

Açafrão

O açafrão é um ingrediente-chave que tem vários benefícios para o cérebro. Ou seja, um tempero que ajuda a melhorar a concentração com a alimentação.

Isso porque, verificou-se que a curcumina, o ingrediente ativo da cúrcuma, atravessa a barreira hemato-encefálica, o que significa que ela pode entrar diretamente no cérebro e beneficiar as células (4).

É um potente composto antioxidante e anti-inflamatório que tem sido associado aos seguintes benefícios cerebrais:

  • Pode beneficiar a memória: a curcumina pode ajudar a melhorar a memória das pessoas com Alzheimer. Também pode ajudar a limpar as placas amiloides que são uma característica da doença (5, 6).
  • Facilita a depressão: aumenta a serotonina e a dopamina, que melhoram o humor. Um estudo descobriu que a curcumina melhora os sintomas de depressão tanto quanto um antidepressivo em seis semanas (7, 8).
  • Ajuda a crescer novas células cerebrais: A curcumina estimula o fator neurotrófico derivado do cérebro, um tipo de hormônio de crescimento que ajuda as células do cérebro a crescer. Pode ajudar a retardar o declínio mental relacionado à idade, mas mais pesquisas são necessárias (9).

Para colher os benefícios da curcumina, acrescente açafrão a pratos de batata, carnes para torná-los dourados ou faça chá de açafrão.

Brócolis

O brócolis é embalado com compostos vegetais poderosos, incluindo antioxidantes. Ou seja, apresenta elementos ideais para melhorar a concentração com a alimentação (10).

Também é muito rico em vitamina K, fornecendo mais de 100% da Ingestão Diária Recomendada (RDI) em uma porção de 1 xícara (91 gramas) (11).

Essa vitamina lipossolúvel é essencial para a formação de esfingolipídios, um tipo de gordura que é densamente compactada nas células do cérebro (12).

Alguns estudos em adultos idosos associaram uma maior ingestão de vitamina K a uma melhor memória (13, 14).

Além da vitamina K, o brócolis contém vários compostos que lhe conferem efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes, que podem ajudar a proteger o cérebro contra danos (15).

Chocolate amargo

É isso mesmo! Chocolate pode melhorar sua concentração. Isso porque o

chocolate amargo e cacau em pó são embalados com alguns compostos para aumentar o cérebro, incluindo flavonoides, cafeína e antioxidantes.

Os flavonoides são um grupo de compostos vegetais antioxidantes.

Os flavonoides do chocolate se concentram nas áreas do cérebro que lidam com a aprendizagem e a memória.

Os pesquisadores dizem que esses compostos podem melhorar a memória e também ajudar a retardar o declínio mental relacionado à idade (16, 17, 18, 19).

De fato, uma série de estudos confirma isso (20, 21, 22).

O chocolate também é um estimulante legítimo, de acordo com a pesquisa.

Um estudo descobriu que os participantes que comeram chocolate experimentaram sentimentos positivos aumentados, em comparação com os participantes que comeram biscoitos (23).

No entanto, ainda não está claro se isso é devido a compostos no chocolate, ou simplesmente porque o sabor gostoso deixa as pessoas felizes (24).

O fato é que…

Muitos alimentos podem ajudar a manter seu cérebro saudável.

Alguns alimentos, como as frutas e verdura, assim como chá e café, têm antioxidantes que ajudam a proteger o cérebro de danos.

Se você ainda não tem o hábito de tomar chá, comece hoje mesmo!

Eu montei um material com várias receitas de chás, que você pode inserir na sua dieta durante o dia.

Experimente, você vai perceber no seu corpo os benefícios do consumo de chá.

Além de todos esse alimentos, outros que podem melhorar a concentração com a alimentação são nozes e ovos.

Já que contêm nutrientes que suportam a memória e o desenvolvimento do cérebro.

Você pode ajudar a sustentar a saúde do cérebro e aumentar o estado de alerta, a memória e o humor ao incluir estrategicamente esses alimentos em sua dieta.

Abraço e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : açafrãoáguaalimentaçãoantioxidantesbenefícios do abacatechocolate amargoconcentraçãocúrcumadiabetesdr. juliano pimentelinflamaçãomelhorar a concentraçãomemória e concentração

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta