close
Alimentação

Deficiência de Ferro: Quais São os Sintomas

Dr Juliano Pimentel

O Ferro é um mineral essencial, pois é o principal componente dos glóbulos vermelhos; onde ele se une à hemoglobina e transporta o oxigênio para as células do corpo. Infelizmente a deficiência de ferro é mais comum que a falta de outros nutrientes no organismo.

Ela afeta mais de 25% das pessoas no mundo todo, atingindo principalmente as mulheres.

Por volta de 10% das mulheres sofrem com a falta de ferro no organismo.

Nas crianças, esta porcentagem é ainda maior, subindo para 47%. É importante dar atenção à qualidade nutricional dos alimentos consumidos por elas.

Nas mulheres em período menstrual, 30% podem sofrer com a deficiência de ferro, devido à perda de sangue. Além disso, até 42% das mulheres grávidas podem ser afetadas.

Por isso, eu escolhi fazer sobre a deficiência de ferro neste artigo e alertar contra esse perigo.

Não deixe de ler e compartilhar.

Faça o Download

Deficiência de Ferro e os Sintomas

A deficiência em ferro é fortemente ligada ao desenvolvimento da anemia, que é uma doença relacionada à falta de produção de glóbulos vermelhos saudáveis.

O ferro desempenha um grande papel na produção de glóbulos vermelhos.

Os sintomas da anemia geralmente incluem cansaço, fraqueza, enfraquecimento do sistema imunológico e comprometimento da função cerebral (1).

Outros sintomas de deficiência de ferro são:

– Fadiga crônica e baixa energia;

– Palidez, pele amarela;

– Falta de ar;

– Batimentos cardíacos anormais;

Sinais de desequilíbrio hormonal;

– Problemas para fazer exercícios físicos;

– Fraqueza muscular;

– Alterações de apetite;

– Problemas para dormir;

– Problemas para se concentrar, aprender ou lembrar das coisas;

– Feridas na boca ou na língua;

– Mudanças de humor.

Outros sintomas em que se sinta muito cansado e fatigado.

Como Você Perde Ferro

Algumas situações podem ser responsáveis pela falta de ferro no organismo. Elas são:

– Dietas veganas ou vegetarianas, pois o ferro está principalmente presente em proteína animal (por isso, os adeptos desse tipo de alimentação, precisa consumir mais proteína vegetal);

– Exercício em excesso; às vezes essa prática pode danificar os glóbulos vermelhos;

– Grávidas ou mulheres que estão amamentando;

– Pacientes que sofreram com a insuficiência renal;

– Pacientes em tratamento de diálise – pois este pode remover o ferro do corpo;

– Se você teve úlceras no passado;

– A presença de distúrbios gastrointestinais que possam limitar a sua capacidade de absorver nutrientes, como doença celíaca, doença de Crohn ou colite ulcerativa;

– A perda de muito sangue por algum motivo, seja um ferimento, uma cirurgia ou a doação de sangue.

A melhor forma de ter certeza de que não falta ferro no seu organismo é comer quantidades adequadas de alimentos ricos nesse nutriente todos os dias. (2)

Dicas

Como falei anteriormente, as mulheres precisam de mais ferro que os homens, devido ao período menstrual em que perdem muito sangue e a amamentação; por isso, precisam repor essa quantidade de ferro perdida.

Alguns alimentos são ricos em ferro e precisam ser consumidos regularmente e de forma balanceada, com outros alimentos naturais e nutritivos.

A ingestão de ferro em excesso também pode ser prejudicial à saúde, por isso eu sempre alerto para o equilíbrio alimentar.

A quantidade recomendada de ferro por dia é (3):

  • Crianças de 4 a 8 anos: 10 miligramas
  • Crianças de 9 a 13 anos: 8 miligramas
  • Mulheres de 19 a 50 anos: 18 miligramas
  • Mulheres grávidas: 27 miligramas
  • Mulheres lactantes: 10 miligramas
  • Homens de 19 a 50 anos: 8 miligramas

Porém, muitos fatores no seu histórico de saúde e estrutura corporal podem influenciar na quantidade correta por dia para o seu organismo; por isso, visite o médico especializado para avaliar a melhor quantidade de ferro para você consumir.

Bons alimentos ricos em ferro são fígado, bife de carne orgânica, lentilhas, espinafre, sardinhas, pistache, entre outros.

Mas o ideal é que você siga uma alimentação variada, com base em alimentos de verdade, como carnes orgânicas, aves, ovos caipiras, peixe, muitas frutas e legumes.

Coma também alimentos com vitamina C, pois eles ajudam muito na absorção do ferro, que são folhas verdes e frutas cítricas.

Não hesite em procurar um médico se você sentir fortes sintomas da falta de ferro – eles podem causar problemas piores.

Siga uma alimentação de verdade, balanceada, e procure sempre a ajuda de um profissional para orientá-lo.

Uma alimentação natural vai transformar a sua vida, dar disposição e qualidade de vida.

Faça o Download

 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

 

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentaçãoanemiaDeficiência de FerrodestaqueDietas veganasdoença celíacadoença de crohndr. juliano pimentelenfraquecimento do sistema imunológicoferromineral essencialmulheres grávidasproteína animalsaúdeSinais de desequilíbrio hormonalsintomasvegetarianas

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

2 Comentários

Enviar Resposta