close
AlimentaçãoDores

Sintomas de Dependência Alimentar

Dr Juliano Pimentel

Muitas pessoas sofrem com a dependência alimentar é um problema que afetar pessoas no mundo todo, causando diversos problemas de saúde. 

Vários estudos dos efeitos da compulsão excessiva em centros de prazer no cérebro, são feitos para que os médicos entendam melhor como evitar esse problema.

Veja aqui os sintomas para a dependência alimentar, e não deixe de visitar o médico.

Não deixe de ler e compartilhar!!

Dependência Alimentar

Experimentos em animais e seres humanos mostram que para algumas pessoas, os mesmos centros de recompensa e prazer do cérebro que são acionados por drogas viciantes como cocaína e heroína; também são ativados por alimentos, especialmente alimentos altamente palatáveis (1).

Alimentos altamente palatáveis são alimentos ricos em:

Açúcar;

– Gorduras;

– Sal;

Trigo.

Como drogas viciantes, alimentos altamente palatáveis provocam produtos químicos no cérebro para sentir-se bem, como a dopamina.

Uma vez que as pessoas experimentam prazer associado com o aumento da transmissão de dopamina no caminho de recompensa do cérebro de comer certos alimentos, elas rapidamente sentem a necessidade de comer novamente.

Dependência alimentar é um problema muito sério, de falta de controle do consumo de alimentos.

A dependência é muito semelhante a vários outros transtornos alimentares, incluindo a bulimia (2).

O vício em alimentos é o mesmo que o vício em drogas.

Sim, exatamente o mesmo. Os sintomas e processos de pensamento são completamente idênticos. É apenas uma substância diferente e as consequências sociais não são tão graves.

Dependência de alimentos pode causar danos físicos, e causar doenças graves como a obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardíacas, câncer, doença de Alzheimer, artrite e depressão, dentre outros.

O vício em alimentos pode arruinar a sua vida social.

A dependência alimentar pode levar à obsessão por comida e isolamento.

Sintomas da dependência alimentar

Não existe testes sanguíneos disponíveis para diagnosticar a dependência alimentar.

Assim como em outros vícios, ele é baseado em sintomas comportamentais

Aqui estão oito sintomas típicos de quem sofre com a dependência alimentar (3):

1-  Dificuldade para controlar a alimentação

Você frequentemente sente desejo de certos alimentos como pizza, sorvete, bolo, doces, apesar de estar saciado (a)? 

Isso acontece muitas vezes, e você sente dificuldades para controlar o consumo desses alimentos? (4).

Este desejo não é sobre a sua necessidade de energia ou nutrientes, é o seu cérebro pedindo algo que libera dopamina no seu “sistema de recompensa”.

2- Comer em excesso

Comer em excesso pode ser outro indicador de dependência alimentar.

Para algumas pessoas não existe comer fatia pequena de bolo, pizza ou uma porção pequena de sorvete; o indivíduo come em demasia, mesmo sem perceber. 

Este é um “tudo ou nada” fenômeno que é comum com viciados de todos os tipos. Não existe a moderação.

Você come em excesso, mesmo se sentindo satisfeito (5)

3- Sentir culpa, mas continua comendo

A culpa está presente muitas vezes após comer alimentos industrializados, ricos em açúcar, frituras e massas, mas a pessoa volta a comer mesmo assim. 

4- Inventar desculpas

Às vezes você inventa desculpas em sua cabeça para justificar o consumo excessivo dos alimentos.  

A decisão lógica que você tomou para se abster torna-se “desafiada” pela nova ideia – que você deve se entregar hoje e comer tudo o que é que você está desejando.

Nesses momentos, você começa a “pensar” sobre se você deve ou não deve fazer. Você pode vir acima com alguma desculpa sobre por que seria uma boa ideia ceder ao desejo e ter esse pedaço de comida.

5- Falhas repetidas

Você tem repetidamente tentado parar de comer muito, ou definir regras sobre certos alimentos, mas não teve êxito.

Para a maioria das pessoas com dependência alimentar, essas regras quase sempre falham.

6- Esconder o consumo

Você muitas vezes esconde de outras pessoas o consumo de alimentos ou a quantidade deles (6).

Isso aumenta o isolamento social, e a sensação de descontrole.

Essa pessoa deve procurar ajuda de amigos, familiares e de outros indivíduos que se encontram na mesma situação. Também é essencial procurar orientação médica e profissional.

 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

BAIXE AGORA O MEU GUIA COM OS
10 MELHORES CHÁS PARA EMAGRECER!

[/vc_column_text]

[/vc_column][/vc_row]

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : açúcaralimentaçãoartritedependência alimentardepressãodestaquedoenças cardíacasdoenças gravesdopaminadr. juliano pimentelobesidadesaúdesintomas comportamentaisSintomas da dependência alimentarvício em alimentosvida social

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta