close
AlimentaçãoFitness

Emagrecer com Alimentos Probióticos: É Possível?

Emagrecer com saúde é essencial para manter o peso, e a saúde do organismo. E como os alimentos probióticos podem ajudar a perder peso?

Em outros artigos eu abordei a importância dos probióticos, e que eles são as bactérias boas que lidam principalmente com o intestino; responsáveis pela absorção de nutrientes e por apoiar o sistema imunológico.

Veja aqui os benefícios dos probióticos no processo de emagrecimento.

Não deixe de ler e compartilhar!

Emagrecer com Alimentos Probióticos

Os probióticos são essenciais para sua saúde digestiva e evitam a sensação de inchaço na barriga.

Veja os benefícios para a saúde:

– Perda de Peso

– Emagrecimento Saudável

– Sistema imunológico mais forte

– Melhora na Digestão

– Aumento de energia, a partir da produção de vitamina B12

– Previne a Cândida

– Pele Saudável: uma vez que os probióticos melhoram eczema e psoríase

– Redução de resfriado e gripe

– Cura de intestino com vazamento, e doença inflamatória intestinal

Seu intestino contém bactérias benéficas e prejudiciais. Peritos digestivos concordam que o equilíbrio da flora intestinal, deve ser aproximadamente 85% boas bactérias e 15% bactérias ruins (1).

Se essa relação ficar fora de equilíbrio, a condição é conhecida como disbiose, o que significa que há um desequilíbrio de um certo tipo de fungo, fermento ou bactéria que afeta o corpo de forma negativa.

Ao consumir certos tipos de alimentos e suplementos probióticos, você pode ajudar a trazer esses índices de volta ao equilíbrio.

Probiótico e o Emagrecimento

As bactérias intestinais podem desempenhar um papel poderoso na regulação do peso.

Estudos em humanos e em animais descobriram que pessoas com peso normal possuem bactérias intestinais diferentes do que pessoas com excesso de peso ou obesas (2).

Certos probióticos podem inibir a absorção de gorduras alimentares, aumentando a quantidade de gordura excretada com fezes.

Em outras palavras, eles fazem você absorve poucas calorias dos alimentos da sua dieta (3).

Determinadas bactérias, como as da família Lactobacillus funcionam dessa maneira.

Os probióticos também podem combater a obesidade e o excesso de peso de outras maneiras:

– Reduz o apetite: os probióticos podem ajudar a liberar o hormônio de saciedade (leptina) GLP-1.

Aumento dos níveis desse hormônio pode ajudá-lo a queimar calorias e gordura.

– Redução da gordura: eles podem aumentar os níveis da proteína ANGPTL4. Isso pode levar à diminuição do armazenamento de gordura (4).

A obesidade está ligada à inflamação no cérebro. Ao melhorar a saúde intestinal, eles podem reduzir a inflamação sistêmica e proteger contra o excesso de peso e outras doenças (5).

Os probióticos podem reduzir o número de calorias que você absorve dos alimentos.

Eles também afetam hormônios e proteínas relacionadas ao apetite, e armazenamento de gordura. Podem reduzir a inflamação, o que pode diminuir as chances de obesidade.

Em um estudo foi concluído que comer iogurte com Lactobacillus, reduziu a gordura corporal em 3% a 4% ao longo de um período de 6 semanas (6).

Alimentos Probióticos

Emagrecer: Alimentos Probióticos como o picles. Imagem: (Divulgação)

Essa é a hora para consumir esses alimentos probióticos.

Na verdade, é importante comer variedades de probióticos, pois cada um oferece uma qualidade diferente de bactérias benéficas.

Confira a seguir os 7 tipos de bactérias amigáveis:

– Lactobacillus acidophilus

– Lactobacillus bulgarius

– Lactobacillus reuteri

– Streptococcus thermophilus

– Saccharomyces boulardii

– Bifidobacterium bifidum

– Bacillus subtilis

Confira a seguir uma lista com os principais alimentos probióticos, que vão ajudar a emagrecer:

1. Kefir

Semelhante ao iogurte, este produto lácteo fermentado é uma combinação única de leite e grãos de kefir fermentados.

Pesquisas afirmam que os derivados de kefir podem ser consumidos por pessoas que sejam intolerantes a lactose.

Você pode fazer muitos alimentos probióticos a partir dele, que é mais saudável que o leite comum de vaca; como queijo, sobremesas ou usar em receitas salgadas como omeletes, panquecas, entre outros.

2. Legumes Cultivados (chucrute)

Feitos a partir de repolho fermentado e outros vegetais, o chucrute é rico em ácidos orgânicos, que proporcionam alimentos com sabor ácido e apoiam o crescimento de bactérias boas.

Já o Kimchi é um alimento ácido coreano, feito com repolho, rabanete, pimenta e outros produtos que fermentam por volta de 3 a 14 dias (6).

Porém, é importante prestar atenção se eles não contêm glúten.

3. Kombucha

Kombucha, é uma bebida feita a partir da fermentação efervescente de chá preto, mas para deixá-lo mais saudável, a melhor opção é usar xilitol ou stevia na fermentação, ou outros substitutos naturais para o açúcar.

Conhecido como uma colônia simbiótica de bactérias e leveduras, e entre os seus benefícios encontramos: aumento de energia, desintoxicação do fígado e suporte digestivo.

4. Kefir de Coco

Feito pela fermentação do suco de cocos jovens com grãos de kefir, esta opção livre de lácteos tem alguns dos mesmos probióticos que o kefir de laticínios tradicional.

5. Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é ótimo para a perda de peso, é uma ótima adição diária que trará muitos benefícios, incluindo o fornecimento de probióticos.

6. Picles de Pepino

Esses saborosos fermentados também são uma fonte pouco reconhecida de probióticos. Escolha um fabricante de alimentos menor que use produtos orgânicos, ou melhor ainda, prepare em casa.

7. Azeitonas Verdes

As azeitonas verdes são uma excelente fonte alimentar. Como no caso do picles de pepino salgado, certifique-se de selecionar um produto que é orgânico primeiro.

Elas beneficiam na diminuição do inchaço abdominal e de problemas intestinais.

8- Chocolate Escuro

Ele é uma ótima fonte de probióticos e prebióticos; os probióticos são uma fonte de alimento para os micróbios do seu intestino, que convertem o açúcar adicionado em compostos anti-inflamatórios.

O chocolate com ao menos 70% ou mais de cacau é por natureza fermentado.

9- Ervilhas Verdes

A ervilhas verdes possuem um probiótico poderoso que estimula o seu sistema imunológico, ajuda a proteger a barreira da mucosa e ainda protege o seu corpo contra as toxinas (7).

Mas para emagrecer ou manter o peso ideal, você precisa antes de mais nada ter a determinação para não aumentar de peso. Determinar que a sua saúde vale a pena.

Essas dicas podem ajudar a emagrecer de forma saudável a ainda protegerá o seu organismo de muitas formas.

Fazem parte daquilo que eu sempre digo: uma alimentação de verdade, baseada em produtos naturais e nutritivos, aliadas ao hábito e consistência.

É o que ajudará você a não engordar mais e a manter a qualidade de vida.

Como você pode perceber, a alimentação saudável pode cuidar de você de dentro para fora.

E os alimentos probióticos ainda podem ajudar a emagrecer; porém, não é somente esse tipo de alimentação é que vai fazer você emagrecer e manter o peso ideal.

É preciso uma reeducação alimentar aliada a bons hábitos de vida, sair do sedentarismo e se cuidar mais!

 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : absorção de nutrientesalimentosalimentos probióticosbactériabactérias benéficasbactérias intestinaisbenefíciosbenefícios dos probióticoscaloriascândidadietadr. juliano pimentele-bookemagreceremagrecimentoflora intestinalfungogorduras alimentareshormônio de saciedadeinchaço na barrigainflamação no cérebrokefirkimchiKombuchaLactobacillusleptinaobesidadeperda de pesopesoprobióticosqueimar caloriasSaccharomyces boulardiisaúdesaúde digestivasistema imunológicosuplementos probióticos

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta