close

Os diversos tipos de leite vegetal que existem são uma opção prática e muito nutritiva para o dia a dia; aprenda as receitas de: leite de coco, amêndoas, leite de castanha de caju e castanha do Pará.

Eles são recomendados para quem é intolerante à lactose, ou simplesmente deseja ter uma alimentação mais saudável.

Muito além do leite de soja, existem outros diversos tipos de leites de origem vegetal, como de nozes, amendoim, aveia, semente de girassol, entre outros.

Hoje eu vou passar para vocês as receitas de leite de coco, amêndoas, castanha de caju e castanha do Pará.

Não deixe de ler e compartilhar!

Leite Vegetal

Os leites vegetais são uma ótima opção para quem é intolerante a lactose, tem colesterol alto, é vegano, ou quer adotar uma alimentação mais saudável.

Justamente devido à sua origem vegetal, eles não possuem colesterol e lactose. Em outras palavras, são livres dos grandes vilões da alimentação.

Além disso, possuem baixo teor de gordura e são ricos em vitamina B e ferro, uma ótima alternativa saudável para o dia a dia.

Enquanto os leites vegetais não são tão populares e com preços acessíveis nos supermercados, uma opção é prepara-lo em casa mesmo.

Você vai precisar de poucos utensílios para isso, basta ter um pano bem fino para coar, uma peneira para servir de apoio para o pano (opcional), um recipiente para colocar o leite e, é claro, um liquidificador para triturar os grãos ou sementes que você queira extrair o leite.

O processo de produção é bem fácil, os grãos ou sementes selecionadas por você devem ser colocados de molho na água por no mínimo 4 horas para poderem amolecer.

Depois você coloca tudo no liquidificador e tritura, por fim é só coar com o pano e pronto!

A quantidade de água utilizada na hora de triturar os grãos irá determinar a intensidade do sabor do leite, por isso, se você quer ele com sabor mais forte use menos água, caso contrário use mais água para deixar o sabor mais suave.

Confira as receitas

leite de coco
Leite Vegetal de coco. Imagem: (Divulgação)

1-LEITE DE COCO

O coco é rico em vitaminas A e E, potássio e cálcio.

O leite de coco caseiro é bem mais saboroso ao ser feito e consumido na hora, além de não possuir os emulsificantes e conservantes dos industrializados.

Ao ser armazenado na geladeira ele irá se separar em duas partes, a de cima irá se solidificar porque é onde tem o óleo do coco, que em temperaturas abaixo de 25°C se solidifica.

E a parte de baixo é a água, mas é só mexer bem a mistura antes de tomar.

Ingredientes:

1 xícara de polpa de coco;

3 xícaras de água filtrada (600 ml).

Como fazer:

1- Retire a polpa do coco;

2- Bata no liquidificador com a água até triturar tudo;

3- Coe com ajuda de um pano fino.

Rende em média: 850 ml de leite

2-LEITE DE AMÊNDOAS

É um dos leites vegetais mais nutritivos por possuir alto teor de magnésio, cálcio, ferro e vitamina E.

As amêndoas diminuem o mau colesterol, previnem a osteoporose e ajudam quem possui anemia, são também benéficas para os músculos e para o cérebro por possuírem potássio.

É mais saboroso consumir bem gelado.

Ingredientes:

1 xícara de amêndoas de molho por no mínimo 4 horas;

3 xícaras de água filtrada (600 ml).

Como fazer:

1- Retire as amêndoas da água e transfira para o liquidificador;

2- Adicione a água filtrada e bata bem até ficar bem triturada;

3- Por último, coe com um pano fino.

Rende em média: 750 ml de leite

Leite de Castanha do Pará

3-LEITE DE CASTANHA DO PARÁ

Essa é outra variedade de leite vegetal que vai trazer sabor e benefícios para a saúde. Ele é que rico em selênio, vitamina B1 e E, é o leite vegetal que tem o sabor mais forte.

Ingredientes:

1 xícara de castanha do Pará de molho por no mínimo 4 horas;

3 xícaras de água filtrada (600 ml).

Como fazer:

1- Retire as castanhas da água e transfira para o liquidificador;

2- Adicione a água filtrada e bata bem até ficar bem triturada;

3- Por último, coe com um pano fino.

Rende em média: 750 ml de leite

4-LEITE DE CASTANHA DE CAJU

O leite de castanha de caju é o leite vegetal mais cremoso que existe.

As castanhas se dissolvem completamente na água, por isso não precisa coar. Esse leite protege os vasos sanguíneos, facilitando a circulação do sangue. Além de fornecer proteínas e diminuir o mau colesterol.

Ingredientes:

1 xícara de castanha de caju crua de molho por no mínimo 4 horas;

3 xícaras de água filtrada (600 ml).

Como Fazer:

1- Retire as castanhas da água e transfira para o liquidificador;

2- Adicione a água filtrada e bata bem até ficar bem triturada.

Rende em média: 750 ml de leite

Gostou das receitas? Deixe sua opinião nos comentários.

O leite vegetal realmente traz muitos benefícios para a saúde, substitua o leite comum por esses leites realmente saudáveis e saborosos.

E para ajudar você que se preocupa com uma alimentação saudável e low carb, para você e para a sua família, eu convido você a adquirir o e-book da minha esposa, Carol Pimentel.

O livro digital contém mais de 70 receitas deliciosas e low carb, desenvolvido para quem deseja ter uma alimentação extremamente saudável focada em eliminar o sobrepeso, evitar problemas de saúde e reverter os danos causados pela má alimentação passada.

Neste livro você vai aprender as melhores receitas de doces e salgados, sem medo de engordar.

Receitas simples e fáceis de preparar, e o melhor de tudo: Super acessíveis!

Clique na imagem abaixo e adquira agora o seu livro digital.

GOSTOSURAS LOW CARB

Abraços e fique com Deus!!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : amêndoascolesterol altodestaquedr. juliano pimentelGostosuras Low Carbintolerante a lactoseleite de amendoasleite de castanha de cajuleite de cocoleite de coco caseiroleite vegetalleitesleites de origem vegetalmagnésiomau colesterolosteoporoseproteínasreceitasveganovitamina BVitamina B1vitamina evitaminas A

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta