close
AlimentaçãoMetabolismo

Menopausa: A melhor Alimentação para Pré e Pós

Dr Juliano Pimentel

As mulheres que estão entrando no período de menopausa, precisam dar atenção aos hábitos alimentares. A alimentação adequada pode beneficiar o controle dos sintomas como: mudanças de humor, ondas de calor e ossos fracos.

Alguns fatores de risco e sintomas associados ao envelhecimento, e à menopausa não podem ser alterados. Mas uma boa nutrição pode ajudar a prevenir ou aliviar certas condições, que podem se desenvolver durante e após a menopausa.

Nesse artigo apresentarei uma alimentação de verdade para a pré e a pós-menopausa.

Não deixe de ler e compartilhar.

Menopausa e Alimentação de Verdade

Menopausa: Inclua os Peixes na alimentação. Imagem: (Divulgação)

Para a menopausa, algumas orientações dietéticas básicas são importantes e devem ser seguidas, tanto antes quanto depois.

Como as dietas das mulheres são frequentemente baixas em ferro e cálcio, segue abaixo algumas dicas de alimentação que são úteis para esse momento tão importante na vida das mulheres maduras (1):

– Cálcio: Coma alimentos ricos em cálcio, ele é encontrado em produtos como o kefir, peixe, brócolis e leguminosas.

– Ferro: Coma também alimentos ricos em ferro por dia. O ferro é encontrado na carne vermelha, aves, peixes como a sardinha, ovos, fígado de boi, lentilha, vegetais verdes folhosos, nozes, entre outros alimentos.

Fibras: Consuma alimentos ricos em fibras, como frutas frescas e legumes (abacate, maçã, banana, brócolis, quinoa, entre outros).

Beba bastante água: Como regra geral, beba ao menos dois litros de água todos os dias. Isso cumpre a exigência diária para a maioria dos adultos saudáveis.

– Peixes: As mulheres menopáusicas necessitam consumir mais alimentos ricos na vitamina D, ou fazer a suplementação para impedir a perda óssea. Alimentos ricos em vitamina D incluem peixes gordurosos e alimentos fortificados. Eles também possuem gorduras saudáveis e ferro. 

– Proteínas: As vitaminas do complexo B fornecem energia e regulam as mudanças de humor, enquanto as proteínas ajudam a estabilizar o açúcar no sangue (útil para mudanças de humor em mulheres na menopausa e para regular os hormônios na pós menopausa) (2).

– Linhaça: linhaça é rica em fibras, que é importante para prevenir doenças cardíacas e a constipação. A linhaça também contém alguns compostos semelhantes ao estrogênio, que podem ajudar a equilibrar as  alterações hormonais.

– Amêndoas: coma amêndoas para apoio nutricional durante a menopausa. As amêndoas são uma grande fonte de gordura saudável, que ajuda a combater os efeitos de secagem de baixos níveis de estrogênio. Também são ricos em magnésio, complexo de vitamina E, e riboflavina, que é essencial para a integridade vascular (3).

– Ovos: esses alimentos são uma grande fonte de vitamina D, bem como ferro e vitaminas do complexo B. Todos os nutrientes que precisamos para nos sentir enérgicos, e manter a saúde óssea e do corpo em geral estão presentes nos ovos.

– Frutas: frutas são essenciais para acalmar os hormônios e estão repletas de antioxidantes, são ricas também em água e fibras (4).

– Vegetais: muito baixos em calorias e ricos em fibras, os vegetais são úteis como nossas necessidades de calorias, pois diminuem o risco de ganho de peso à medida que envelhecemos.

– Brócolis: como mencionado, o cálcio é muito importante para aumentar a saúde óssea e brócolis é uma fonte muitas vezes esquecido de cálcio utilizável. As deficiências de cálcio são as principais causas da degeneração da —  – -Saúde óssea; os alimentos que tradicionalmente consideramos ricos em cálcio (como o leite) não são utilizáveis ​​por nossos corpos por serem muito processados ​​e perderem algumas propriedades (5).

– Fígado bovino e de galinha: fígado de vaca ou de galinha, oferece algumas das melhores fontes de minerais e vitaminas B. O fígado é uma fonte fantástica de complexo de vitamina C, ferro e muitos dos minerais necessários para o nosso corpo.

Concentre-se em alimentos reais, em uma alimentação de verdade. Além desses alimentos, selecionei mais 12 alimentos que podem te ajudar a nesse período. Clique AQUI para saber quais são. 

Não faça uso de alimentos processados ​​que podem tornar a menopausa desconfortável. Ao invés disso, invista em: fibra, água e proteína.

Também é importante procurar orientação médica.

E se o seu objetivo é cuidar mais da saúde e viver melhor através da alimentação saudável, eu tenho uma notícia!

Eu desenvolvi um e-book para ajudar você a fazer essa transformação alimentar; com todas as informações que você precisa e um guia passo a passo para implementar na sua vida.

Tenha Acesso Aos Bônus Exclusivos.

Para adquirir o e-book e ter mais saúde, clique na imagem abaixo e adquira agora o meu livro digital:

VIVA MELHOR SEM GLÚTEN V 2.0

Ebook Viva Sem Glúten, Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel 

BAIXE AGORA O MEU EBOOK SOBRE A DIETA DUKAN E CONHEÇA TODAS AS VERDADES SOBRE ELA!!!

[/vc_column_text]

[/vc_column][/vc_row]

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : alimentaçãoalimentos ricos na vitamina Damêndoascálciocomplexo de vitamina Edestaquedr. juliano pimentelestrogênioferrofibrasfrutashábitos alimentaresLinhaçamenopausamineraismulheresovospeixespós menopausaproteínasriboflavinasaúdesaúde ósseavitamina Cvitaminas do complexo B

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta