close
Alimentação

Metais Pesados: Sintomas de Toxicidade

Dr Juliano Pimentel

Devido às nossas dietas, exposição ambiental, e outras causas, quase todas as pessoas no mundo tem pelo menos vestígios de metais pesados no organismo. Os metais mais comuns são arsênio, bário, cádmio, cromo, chumbo, mercúrio, selênio, alumínio e prata.

Nesse artigo apresentarei os sinais dos metais pesados no organismo, e formas de eliminá-los da sua dieta.

Não deixe de ler e compartilhar.

Metais Pesados

Sintomas 

Níveis elevados de exposição a 23 metais ambientais considerados “metais pesados”, como chumbo, mercúrio, alumínio e arsênico, podem causar toxicidade aguda ou crônica.

Resultando em danos na função mental e nervosa, prejudicando também os órgãos vitais (1).

Faça o DownloadA exposição a longo prazo pode levar a processos degenerativos físicos, musculares e neurológicos.

Alguns dos sinais de aviso mais comuns, que você está lutando com a toxicidade de metais pesados ​​incluem (2):

– Fadiga crônica;

Doença autoimune;

– Problemas neurológicos;

– Dificuldade para se concentrar;

– Depressão, bipolaridade e ansiedade;

– Demência;

– Insônia;

– Gosto metálico na boca;

– Vômito;

– Dificuldade ao respirar;

– Tosse excessiva;

– Gengivas inchadas e com sangramento.

Danos pulmonares permanentes e morte, podem ocorrer dependendo da quantidade de mercúrio que tenha sido inalado. Danos cerebrais a longo prazo também são possíveis.

Como limitar a ingestão 

Se você deseja limpar os metais pesados ​​e outros produtos químicos do corpo, é importante seguir uma dieta de desintoxicação e outras medidas para livrar seu corpo de toxinas.

1- Reduzir exposição

Se você sabe que tem níveis elevados de metais no organismo, você precisa limitar a sua exposição.

Parar de comer peixes e outros alimentos com níveis elevados de metais e optar por outras opções de proteína livre de metais pesados; faça isso com orientação médica.

Quando se trata de mercúrio encontrado no peixe, por exemplo, é aconselhável que as mulheres que desejam engravidar, grávidas, as mães que amamentam e as crianças a não comerem peixes com alto teor de mercúrio e a comer quantidades limitadas de peixes e crustáceos (3).

2-Terapia quelante

A terapia de quelação é outra opção quando se trata de desintoxicação de metais pesados.

O tratamento com quelatação com ácido etilenodiaminotetracético (EDTA) foi desenvolvido e utilizado na década de 1950 para o tratamento de envenenamento por metais pesados, para eliminar os metais pesados ​​comuns, incluindo chumbo, mercúrio, cobre, ferro, arsênio, alumínio e cálcio.

A terapia envolve uma solução química chamada EDTA, que é administrada no corpo – normalmente injetado diretamente na corrente sanguínea; para que possa se ligar com excesso de minerais.

Uma vez ligado a toxinas no corpo, EDTA ajuda na desintoxicação (4).

3- Dieta Detox

– Alimentos ricos em vitamina C: Frutas e vegetais ricos em vitamina C podem reduzir os danos causados ​​pela toxicidade de metais pesados, agindo como um antioxidante (5).

– Coentro e outros vegetais verdes: Coentro e vegetais de folhas verdes como couve, espinafre e salsa são desintoxicantes e podem ajudar a reduzir o acúmulo de metais pesados ​​no corpo.

Faça o Download

– Alho e cebola: Estes vegetais contêm enxofre, que ajuda o fígado a desintoxicar-se de metais pesados ​​como chumbo e arsênio.

– Água: Beba no mínimo 2 litros de água por dia para ajudar a liberar as toxinas.

Alimentos tóxicos 

– Alimentos alérgicos:  Se o seu corpo está lutando contra alérgenos comuns, não será capaz de se desintoxicar dos metais pesados (6).

– Alimentos processados (não-orgânicos): Estes alimentos aumentam a exposição a produtos químicos que pioram os sintomas.

– Alimentos com aditivos: Aditivos são produtos químicos que podem agravar os sintomas de toxicidade e diminuir a capacidade do seu corpo para desintoxicar.

– Álcool: É tóxico para o corpo e pode fazer com que o seu fígado tenha dificuldade para processar outras toxinas.

Organismo em movimento

A evacuação regular é essencial para desintoxicação de metais pesados. Isso é importante para você não reabsorver o mercúrio que seu corpo está tentando se livrar.

Ao fazer dieta rica em fibras, beber bastante água e exercitar-se regularmente, você pode evitar a constipação e manter um dos seus melhores processos naturais de desintoxicação ativo.

Embora não haja nenhuma maneira de evitar totalmente os metais pesados na alimentação, tomar alguns cuidados podem reduzir naturalmente a sua ingestão.

Também é importante não se medicar ou fazer mudanças na alimentação sem orientação médica.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

BAIXE AGORA O MEU GUIA COM OS
10 MELHORES SUCOS DETOX PARA EMAGRECER COM SAÚDE!!
O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentaçãoarsênioatumDanos cerebraisdestaquedieta de desintoxicaçãodoença autoimunedr. juliano pimentelenlatadomercúriometais pesadossardinhasaúdeterapia de quelação

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta