close
Alimentação

Como planejar as Compras Vai te Ajudar a Emagrecer?

Dr Juliano Pimentel

Comer saudável pode ser um desafio. Mas comer saudável com um orçamento apertado pode ser ainda mais difícil. Veja como planejar suas compras pode ser benéfico.

Felizmente, isso não tem que ser o caso, pois é perfeitamente viável manter uma alimentação saudável com um orçamento baixo, se você está informado e estrategicamente armado. 

Não deixe de ler e compartilhar.

Planejar suas compras e os Benefícios

Quando você vai às compras, instituir essas dicas pode transformar uma tarefa que inicialmente parecia difícil em algo simples e de baixo custo (1).

1.Planeje refeições com antecedência

Levar 15 a 20 minutos para definir um menu para a próxima semana pode resultar em grandes economias. O truque aqui é usar os folhetos semanais de vendas para planejar as refeições que sua família irá desfrutar. Se pimentões e frango estão em promoção, por exemplo, tente fazer pimentões recheados e frango com molho de pimenta vermelha assada durante a semana.

Certifique-se de comprar coisas à venda em promoção apenas quando eles se encaixam em seu menu. Não adianta comprar maçãs porque estão baratas, sendo que você não gosta de maçãs.

  1. Faça uma lista de compras

Depois de decidir quais são as refeições da semana, faça uma lista de compras detalhadas. Dividir a lista por seção de supermercado é muitas vezes mais fácil. Listar tudo o que você precisa comprar irá reduzir o tempo de compras e ainda te ajuda a comer saudável em um orçamento mais baixo, pois contribui para eliminar compras por impulso. Não está na lista? Fica fora do carrinho de compras (2).

  1. Não faça compras com o estômago vazio

Não faça compras com fome. Isso porque quando se está de estômago vazio, os produtos nos corredores de petiscos começam a ficar mais “atrativos” e você pode não aguentar, levando porcaria para casa. Coma uma refeição antes de fazer compras, ou leve um lanche com você.

  1. Comprar na temporada

Quando o alimento é típico da estação, é muito mais barato e mais frescos. Experimente também frutas e legumes que você não costuma comprar normalmente adicionando variedade (e diferentes tipos de nutrientes) para sua dieta. Estoque os seus alimentos favoritos e congele-os para poder consumir quando eles não estiverem mais disponíveis.

  1. Alimentos produzidos localmente

Comprar no mercado local pode ajudá-lo a comer alimentos mais frescos.

É mais prático do que frequentar grandes supermercados e os preços podem te surpreender.

  1. Pesquise antes de comprar

Se houver itens básicos que você usa com frequência – como óleo de coco – verifique os preços online antes de comprar na loja. Muitas vezes, varejistas oferecem o mesmo item à preços mais acessíveis na loja online do que na loja física. Aproveite essa vantagem. Além disso, é importante você realizar uma pesquisa de preço antes de sair às compras (3).

  1. Seja criativo

Frango, carne bovina e ovo devem fazer parte da sua alimentação de verdade. E você pode comprá-los gastando menos.

Muitas vezes comprar o frango inteiro sai mais barato do que comprar peças específicas, como o peito. Você pode obter várias refeições de um frango inteiro, além de fazer o caldo de ossos de frango caseiro a partir dele. Não fique apenas em cortes como se fossem seios desossados e sem pele, pois estes são mais caros. Em vez disso, opte por coxas de frango ou peitos com ossos, que são mais baratos (4).

O mesmo vale para a carne bovina. Prefira cortes mais magros e utilize-os em diversos pratos. Essa diversificação poderá trazer mais sabor aos seus dias e mais economia ao seu bolso.

 

Dicas simples:

Elimine bebidas caras

– Cultive seus próprios temperos;

– Cozinhe mais

– Congele alimentos em porções individuais.

 

Lista do que comprar

ve4
Selecione legumes e frutas frescas

Compre alimentos de verdade e frescos, ricos em nutrientes:

  • Carnes: frango, carne de vaca, cordeiro, etc;
  • Peixes e frutos do mar: salmão, truta, camarão, etc;
  • Ovos;
  • Legumes: brócolis, couves, cenoura, cebola, etc;
  • Frutas: maçãs, abacates, bananas, laranjas, peras, morangos, etc;
  • Leguminosas: lentilhas, feijões, amendoim, etc;
  • Nozes: amêndoas, nozes, macadâmias, etc.
  • Gorduras saudáveis: azeite, abacate, manteiga, óleo de coco;
  • Ervas, especiarias e condimentos: Sal, alho, pimenta, vinagre, mostarda, etc;
  • Grãos sem glúten: quinoa, arroz, milho, sorgo, tapioca, araruta, amaranto, bem como aveia (se rotulado sem glúten);
  • Chocolate amargo.

 

Comece o seu processo de emagrecimento planejando e comprando quais ingredientes farão parte das suas refeições. Esse processo não precisa ser difícil e nem caro.

 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentaçãocomprasdestaquedietadr. juliano pimentelemagrecimentoplanejar suas comprassaúde

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta