close
Alimentação

Refrigerante faz Mal a Saúde? Conheça 5 Malefícios

Dr Juliano Pimentel

Refrigerante contém um alto teor de açúcar e componentes que enfraquecem os órgãos e o seu funcionamento. Sendo assim, seu consumo faz mal à saúde e está ligado a danos metabólicos, doenças cardíacas, ganho de peso e outros problemas de saúde. É uma das piores opções para quem quer emagrecer.

Ou seja, beber refrigerante faz mal, engorda e causa doenças! 

Em apenas uma hora após a ingestão, o refrigerante consegue alterar a pressão arterial e levar embora nutrientes essenciais para o funcionamento do organismo. Além disso, ajuda o corpo a acumular gordura.

Uma lata de refrigerante possui o equivalente a 10 colheres de açúcar, o que é 100% a mais da quantidade de açúcar recomendada por dia. Diante do excesso de açúcar absorvido, o fígado fica sobrecarregado e acaba transformando-o em gordura.

A absorção de cafeína presente no refrigerante faz com que as pupilas dilatem e a pressão sanguínea aumente. Dessa maneira, o fígado responde bombeando mais açúcar no sangue.

As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina.

No prazo de uma hora, as propriedades diuréticas da cafeína entram em ação. Dessa maneira, o organismo eliminará os nutrientes presentes no corpo e que garantiam o bom funcionamento dos órgãos, como coração e os ossos.

Veja os malefícios do refrigerante.

Não deixe de ler e compartilhar.

Refrigerante e os Efeitos no Corpo 

Estudos avaliam que o consumo de refrigerante afeta o funcionamento do organismo como um todo. A seguir, confira uma lista com os cinco principais danos que o refrigerante pode causar.

Entre os malefícios estão: enxaquecas e dores de cabeça, depressão, ansiedade, perda de memória de curto prazo, esclerose múltipla, fibromialgia, perda de audição, ganho de peso, fadiga, tumores cerebrais, epilepsia, síndrome de fadiga crônica, linfoma, doença de Alzheimer, artrite e Parkinson (1).

Veja outros problemas mais latentes:

1 – Diabetes

Um estudo concluiu que beber refrigerante diariamente faz com que pessoas tenham 36% de chances de desenvolver síndrome metabólica, e aumenta em 60% o risco de diabetes tipo 2 em comparação com quem não ingere essa bebida (2).

Os adoçantes artificiais podem manipular a conexão intestino-cérebro. Isso pode levar a truques cerebrais que resultam em distúrbios metabólicos.

Os elevados níveis de açúcar também aumentam o nível de glicose no sangue e a resistência à insulina. Uma lata de refrigerante por dia resulta na ingestão de 1 kg de açúcar no final do mês.

2 – Problemas renais e nos pulmões

Pesquisadores da Harvard descobriram que a ingestão a longo prazo de refrigerante, causa uma redução de 30% na função renal. O estudo avaliou pessoas que consumiram regularmente refrigerante durante 20 anos (3).

Embora a ingestão de líquidos ajude no combate à pedra nos rins, o refrigerante tem um papel inverso.

ácido fosfórico presente nos refrigerantes é o responsável, já que os órgãos ficam sobrecarregados ao tentar equilibrar a presença desta substância no corpo. Sendo assim, fica propício o aparecimento de pedras.

Beber refrigerante, incluindo refrigerante diet e zero que aumentam o risco de asma e DPOC. Quanto mais refrigerante uma pessoa bebe, maior o risco. O consumo dela também agride os pulmões.

3- Doença cardiovascular

Pesquisadores da Universidade de Miami e da Universidade de Columbia, acompanharam mais de 2.000 adultos durante 10 anos e descobriram que os pacientes que consumiram refrigerante diariamente eram mais propensos a sofrerem derrameataque cardíaco doença cardiovascular.

O risco aumentou no caso dos pacientes que fumavam, sedentários, consumiam muito sódio e/ou que sofriam com o colesterol alto (4).

Além disso, o consumo de refrigerantes e bebidas muito doces podem causar pressão alta. O dano está relacionado a presença em excesso de sódio; além da redução dos níveis de óxido nítrico, que causam o efeito vasoconstritor (os vasos sanguíneos ficam mais fechados).

4 – Ossos desprotegidos

O ácido fosfórico presente principalmente nos refrigerantes à base de cola; aumenta a acidez do sangue, e, para neutralizá-la, o organismo usa o cálcio dos ossos. O que causa a osteoporose, deixando os ossos mais frágeis e desprotegidos.

Prejudica os dentes pois possui pH muito ácido, danificando o esmalte dos dentes. O excesso de açúcar presente no refrigerante serve como fonte de alimento das bactérias causadoras da cárie.

O ácido fosfórico atrapalha o estômago a produzir ácido gástrico, atrasando a absorção de nutrientes e o processo de digestão.

5 – Danifica o cérebro

O aspartame, um adoçante artificial comum em refrigerante, afasta no sistema os antioxidantes da defesa do cérebro.

O consumo prolongado de refrigerante leva a um desequilíbrio no estado antioxidante / pró-oxidante no cérebro, principalmente através do mecanismo que envolve o sistema dependente de glutationa (5).

Além dos danos citados, o gás presente nos refrigerantes é responsável por dilatar o estômago, prejudicando a absorção de nutrientes.

O que fazer?

0018
Refrigerante: Substitua pela água. Imagem: (Divulgação)

Se você deseja manter seu organismo livre dos danos, o primeiro passo é cortar o consumo de refrigerante

Substitua os refrigerantes por água, água de coco e chás sem açúcar.  A bebida deve ser evitada, principalmente, por crianças e gestantes. Pois, contribui para o aumento de peso e pode provocar retenção de líquidos.

O refrigerante na gravidez deve ser especialmente evitado, pois os adoçantes artificiais que são acrescentados em sua composição podem causar câncer e prejudicar o desenvolvimento do bebê. 

Para as crianças, o mesmo pode dificultar o desenvolvimento físico e mental, assim como facilitar o aparecimento de doenças como a obesidade e diabetes.

Para as pessoas que se exercitam, praticam esportes e procuram ganhar massa muscular e perder gordura, o refrigerante é um veneno, pois são calorias vazias, sem nutrientes e viciantes que são consumidas.

Refrigerante Diet e Zero

O refrigerante diet é, na verdade, uma armadilha.

Você deve fugir dessa armadilha, veja no artigo do link como o refrigerante diet e zero podem ser prejudiciais.

O refrigerante não precisa ser mais um vício na sua vida… Nem na vida da sua família!

Mas mesmo que você consuma de vez em quando alguns alimentos naturais, isso não é bastante para garantir a boa saúde e prevenir doenças. Se você costuma comer alimentos industrializados e processados, está à um passo ver a sua saúde minguar aos poucos.

Esse é o momento de transformar a sua saúde de forma efetiva!

Por isso eu trago a revolução da saúde, um projeto que pretende mudar a cara da alimentação e da saúde de todos!

Eu desenvolvi um e-book para ajudar você a fazer essa transformação, com todas as informações que você precisa e um guia passo a passo para implementar na sua vida.

Tenha Acesso Aos Bônus Exclusivos!!

Quer saber como conseguir? Então clique na imagem abaixo e adquira agora o meu livro digital:

VIVA MELHOR SEM GLÚTEN V 2.0

Ebook Viva Sem Glúten, Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Ebook Açucar
BAIXE AGORA O MEU GUIA COMPLETO E SAIBA POR QUE VOCÊ DEVE PARAR DE COMER AÇÚCAR HOJE!!!
O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : ácido fosfóricoacumular gorduraadoçantes artificiaisataque cardíacoaumento de pesoderramedestaquediabetes tipo 2doença cardiovasculardoença de Alzheimerdoenças cardíacasdr. juliano pimentelfibromialgiafunção renalpulmõesrefrigeranterefrigerante dietresistência à insulinasaúdesíndrome metabólica

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta