https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
Artigos

3 Bons motivos para você colocar suas pernas para cima

Se você passa muitas horas sentado ou em pé, provavelmente já sabe que colocar as pernas para cima é um grande alívio.

E além de ser uma maneira de relaxar ao final do dia, colocar as pernas para cima tem alguns benefícios para sua saúde.

Quais são os benefícios para a saúde de colocar suas pernas para cima?

Sentar ou deitar com as pernas elevadas pode trazer vários benefícios potenciais para a saúde. Vamos explorá-los.

Benefícios de colocar as pernas para cima | Juliano Pimentel
Benefícios de colocar as pernas para cima.

1 – Melhora o fluxo sanguíneo

Colocar as pernas para cima pode ajudar a melhorar o fluxo sanguíneo nas extremidades inferiores. Como? A resposta simples é a gravidade.

O sangue sem oxigênio retorna ao seu coração através de suas veias. Ao contrário de suas artérias, a pressão nas veias é relativamente baixa. Sendo assim, para ajudar a mover o sangue, suas veias usam pequenas válvulas e a contração dos músculos circundantes para ajudar a mover o sangue de volta ao coração.

Quando você está sentado ou em pé, o sangue com falta de oxigênio em suas pernas também deve trabalhar contra a gravidade para retornar ao seu coração.

Por isso, elevar as pernas as coloca acima do nível do coração. Isso significa que a gravidade agora está trabalhando a seu favor. Isso pode ajudar a melhorar o fluxo sanguíneo nas veias das pernas.

2 – Reduz o inchaço

O inchaço pode ocorrer devido ao acúmulo de excesso de líquido (edema) ou inflamação. Além disso, é possível que lesões ou certas condições de saúde possam causar inchaço nas pernas.

Da mesma forma que ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo, por isso, elevar as pernas acima do nível do coração pode ajudar a drenar o excesso de líquido com mais eficácia.

Chás Que Ajudam a Desinchar

3 – Reduz a pressão

Períodos prolongados em pé ou sentado podem fazer com que o sangue se acumule nas veias das pernas. Isso pode levar a um aumento da pressão nessas veias que, por sua vez, pode contribuir para o desenvolvimento de condições como varizes.

Porém, elevar as pernas pode ajudar a diminuir a pressão nas pernas, permitindo que o sangue acumulado seja drenado.

Por isso, se você estiver em pé por um tempo, sentar-se com as pernas levantadas também pode ajudar a aliviar a pressão e a sensibilidade dos pés cansados.

Em que condições pode ajudar?

Agora que exploramos os potenciais benefícios para a saúde de elevar as pernas, vamos dar uma olhada em algumas das condições de saúde para as quais isso pode ser útil.

1 – Condições das veias

Longas horas do dia sentado ou em pé são fatores de inatividade que podem aumentar o risco de desenvolver uma condição venosa. Elevar as pernas pode ajudar a prevenir ou aliviar as condições das veias, como:

  • Tromboflebite superficial. A tromboflebite superficial é um coágulo de sangue em uma veia logo abaixo da pele que pode causar inchaço e sensibilidade. Mas, fique atento, pois enquanto alguns são de baixo risco, outros podem estar associados à trombose venosa profunda.
  • Trombose venosa profunda (TVP). TVP é quando um coágulo de sangue se forma em uma das veias profundas da perna. Esses coágulos podem bloquear o fluxo sanguíneo, causando inchaço ou dor nas pernas. Além disso, esse coágulo também pode se mover para os pulmões, causando uma embolia pulmonar.
  • Varizes. As varizes acontecem quando o sangue se acumula em suas veias. Essas veias estão localizadas logo abaixo da superfície da pele e parecem inchadas, azuis e torcidas. As varizes podem causar sintomas que geralmente são piores após longos períodos sentados ou em pé, por exemplo.
  • Insuficiência venosa crônica (IVC). A IVC acontece quando o sangue não pode retornar efetivamente ao coração, o que faz com que ele se acumule nas pernas. Ou seja, pode causar uma variedade de sintomas nas pernas, incluindo dor, inchaço e varizes.

2 – Celulite

A celulite é uma infecção da pele que geralmente é causada por bactérias. As bactérias entram em seu corpo através de rachaduras na pele e podem causar sintomas como sensibilidade, assim como vermelhidão da pele e inchaço.

A própria infecção é tratada com antibióticos. No entanto, se a celulite se desenvolver em seu braço ou perna, seu médico pode recomendar a elevação do membro afetado acima do coração para diminuir o inchaço.

3 – Linfedema

O linfedema é uma condição que pode ocorrer devido a danos no sistema linfático. Sendo assim, pode fazer com que o fluido linfático se acumule em seu corpo, o que pode levar ao inchaço em muitas partes do corpo, incluindo as pernas.

O linfedema é uma condição progressiva, o que significa que piora gradualmente ao longo do tempo.

No entanto, a elevação da perna pode ajudar a reduzir o inchaço nos estágios iniciais da doença, mas não é eficaz nos estágios posteriores.

4 – Lesões

Se você teve uma lesão que afeta sua perna, provavelmente sentirá sintomas como dor, sensibilidade e inchaço. Sendo assim, elevar as pernas pode ajudar a aliviar esses sintomas.

5 – Pós cirurgia

A elevação da perna após a cirurgia também pode ajudar a aliviar a dor e o inchaço. Além disso, coágulos sanguíneos (como TVP ou tromboflebite) são uma preocupação após cirurgias, especialmente com cirurgia de quadril ou perna.

Embora seja importante fazer movimentos suaves e não ficar em uma posição por muito tempo, a elevação periódica das pernas pode ajudar a diminuir o risco de coágulos sanguíneos.

6 – Durante a gravidez

Inchaço nas extremidades inferiores é comum durante a gravidez. Isso pode ser devido ao aumento da retenção de líquidos, alterações hormonais e pressão do útero em expansão. Por isso, a elevação da perna pode ajudar a aliviar esse inchaço.

Como elevar as pernas

Exatamente quanto tempo e com que frequência você deve elevar as pernas pode depender da condição que você está tentando resolver.

Aqui está um exemplo de como elevar as pernas para aliviar os sintomas das varizes.

  1. Mova-se para uma posição confortável reclinada ou deitada.
  2. Posicione as pernas de modo que fiquem acima do nível do coração. Use um travesseiro para conseguir isso. Se você não conseguir elevar as pernas ao nível do coração, por exemplo, tente descansar as pernas em uma mesa de centro, pufe ou sofá. Pois isso ainda ajudará a diminuir a força da gravidade.
  3. Seno assim, mantenha as pernas elevadas por cerca de 15 minutos.
  4. Faça isso 3 a 4 vezes por dia, se possível.

Visceral – A Gordura que Mata - 9788552955375 - Livros na Amazon BrasilPor fim, certifique-se de ter suporte adequado para as costas e pernas antes de tentar a elevação da perna. Se você tiver uma condição de saúde subjacente, por exemplo, converse com seu médico antes de tentar a elevação da perna.

Outra forma de manter a boa saúdeprevenir doenças e melhorar a qualidade do seu sono, é por evitar os alimentos industrializados e processados, e por mudar os tipos de alimentos que você consome.

Quanto Mais Informação Você Tiver, Melhor Será O Tratamento. 

Uma excelente fonte de sobre esse tema é o livro: VISCERAL a gordura que mata.

Espero que esse material seja útil para te manter mais saudável.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : elevar as pernaspernas para cima

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta