close
AlimentaçãoArtigosGlúten

Amido de Milho: Ele Realmente é Livre de Glúten?

Se você é celíaco ou simplesmente quer fugir dos malefícios do glúten, talvez se pergunte se o amido de milho possui glúten e se é um alimento saudável para ser consumido.

Ele é um ingrediente que muitas vezes é adicionado à sopas, massas, molhos e assados. Mas será que ele pode considerado uma alimentação saudável?

O amido também é popularmente conhecido como maisena e usado em diversos pratos ao redor do mundo. Para resumir ele é um hidrato de carbono extraído do endosperma do milho.

Ele é feito de milho e não contém realmente muitos nutrientes. É um amido processado comumente usado como ingrediente na culinária ou mesmo como agente de limpeza.

Leia nesse artigo se o amido de milho possui glúten, e os seus efeitos na saúde.

Não deixe de ler e compartilhar!

Amido de Milho Possui Glúten?

O milho tem três partes: o casco, que é a parte externa; o germe, que é frequentemente usado para alimentação animal ou para produzir óleo e o endosperma, que contém proteínas e amido.

Para fazer amido de milho, as cascas exteriores são removidas dos grãos de milho e os endospermas são moídos em pó branco e arenoso.

Este processo de refinação requer equipamento especializado que é usado para extrair o amido da semente e remover a proteína do amido, por isso é puro.

As pessoas fazem muitas perguntas sobre a fécula de milho porque muitas vezes é um ingrediente em alimentos embalados e processados, mas poucos sabem como é feito e processado.

Aqui estão algumas das questões mais comuns sobre o amido de milho:

– A amido de milho é sem glúten? Como a fécula de milho não contém proteínas e é composta de apenas carboidratos, é considerado um grão sem glúten.

Porém, o amido de milho assim como outros produtos podem ser processados junto com farinha branca, tornando-se um produto com glúten em sua composição.

– O amido de milho é vegano? Sim ele é vegano, pois não é feito com produtos de origem animal. Mas pode conter glúten devido ao seu processo industrial.

Perigos do Amido de Milho

O amido de milho é um alimento rico em carboidratos e não contém muitos nutrientes.

Embora a fécula de milho esteja geralmente presente em pequenas quantidades quando usada em receitas como espessante, é altamente processada e também pode ser geneticamente modificada.

E como eu sempre digo, os alimentos processados precisam ser evitados.

O amido de milho é um amido processado e só contém calorias e carboidratos – sem proteínas, fibras, vitaminas ou minerais.

Porém, como eu já disse antes, os carboidratos em excesso podem prejudicar muito a sua saúde, inclusive aumentando as chances de você desenvolver gordura no fígadodiabetes tipo 2 e obesidade.

Então, a resposta a esta pergunta é que não faz sentido comer um alimento que não possui nutrientes e ainda pode prejudicar a saúde.

O amido de milho também passa por um processo de extração, que geralmente envolve temperaturas muito elevadas e produtos químicos agressivos.

A precaução em relação ao amido de milho, é o perigo da alotriofagia uma substancia que gera um comportamento alimentar compulsivo nas pessoas, isso envolve um desejo fora do normal em comer substâncias não naturais e não nutritivas como amido, bicarbonato de sódio, argila, giz e até sujeira.

Esta condição foi observada em homens e mulheres de todas as idades e etnias, e pode causar riscos significativos para a saúde.

A pesquisa mostra que pacientes com alotriofagia são suscetíveis a distúrbios eletrolíticos e metabólicos, desgaste dentário, envenenamento por chumbo e mercúrio, obstrução intestinal e problemas gastrointestinais.

Os cientistas também acreditam que esse desejo alimentar anormal, esteja associada à anemia ferropriva (1).

Se você notar anseios por alimentos como amido de milho ou outras substâncias que não são alimentos e não fornecem valor nutricional, fale com seu médico (2).

Em resumo ele é um carboidrato que é extraído do endosperma de milho, que é encontrado no coração da semente.

É uma substância branca e em pó que serve como espessante ou aglutinante, razão pela qual é comumente usado na culinária.

Se você costuma usar amido de milho como um agente espessante e você está procurando por uma alternativa mais saudável, experimente usar ovos, banana ou sementes de chia (para essa opção, deixe a quantidade de semente que será usada, em um copo d’água até soltar um gel espesso).

Outra alternativa de amido de milho é a farinha de tapioca, que também é livre de glúten e vegana.

A farinha de tapioca também pode ser usada como aglutinante ou espessante para vários tipos de alimentos e receitas (3).

Por isso não seria uma boa ideia consumir amido de milho, ao invés disso escolha alimentos saudáveis e verdadeiramente naturais. Alimentos processados e industrializados precisam ser evitados por uma questão de saúde.

A sua saúde pode ficar prejudicada pelas escolhas alimentares que você faz.

Muitas pessoas consomem alimentos que não fazem bem para a saúde, engordam e causam diversos problemas de saúde, mas mudando a alimentação, você pode mudar a sua realidade.

E pensando em te ajudar a ter uma alimentação melhor e de qualidade, eu trago uma nova possibilidade transformadora.

Eu quero mostrar para você como realizar uma reeducação alimentar eficiente, os perigos do glúten para a saúde, manter uma vida de qualidade de verdade e muito mais! Venha conhecer!

Clique na imagem abaixo e adquira agora o meu LIVRO DIGITAL+ BÔNUS EXCLUSIVOS!

VIVA MELHOR SEM GLÚTEN V 2.0

 

Ebook Viva Sem Glúten, Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!
Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : aglutinantealimento rico em carboidratosalimentos processadosalotriofagiaAmido de milhoamido processadocaloriascelíacodiabetes tipo 2distúrbios eletrolíticosdr. juliano pimentelespessantefécula de milhofibrasglútenlivre de glutenmilhomineraisnutrientesobesidadePerigos do Amido de Milhoproblemas gastrointestinaisprodutos químicos agressivosproteína do amidosem proteínasvegano

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta