close
ArtigosDores

Bílis: Saiba o que É E Qual a Sua Importância para a Saúde

A bílis é um fluído produzido pelo fígado que se armazena na vesícula biliar. A sua importância se dá diante da sua atuação na digestão de gorduras, e na absorção de substâncias nutritivas da dieta ao passarem pelo intestino.

Conhecido como bile ou bílis, ela faz parte do nosso organismo e manter o bom funcionamento dela é essencial para a saúde.

Ela faz parte dos agentes de limpeza do corpo, assegurando que tudo que não possui mais utilidade ou é prejudicial seja eliminado.

A vesícula biliar mantém a bile produzida no fígado, até que seja necessária para digerir alimentos gordurosos no duodeno do intestino delgado.

A bílis na vesícula biliar pode cristalizar e formar cálculos biliares, que podem tornar-se dolorosos e potencialmente fatais.

Nesse artigo explicarei mais sobre a importância da bílis.

Não deixe de ler e compartilhar!

Bílis e a Sua Importância

Bílis e a Saúde.
Bílis e a Saúde. Imagem: (Divulgação)

Existem duas funções fundamentalmente importantes da bílis: (1)

  • Bile contém ácidos biliares, que são essenciais para a digestão e absorção de gorduras e vitaminas lipossolúveis no intestino delgado.
  • Os resíduos, incluindo a bilirrubina, são eliminados do corpo pelas fezes.
  • Ajuda na desintoxicação do fígado.
  • Regula as bactérias intestinais.
  • Transporta o excesso de colesterol para fora do corpo, e o despeja no trato gastrointestinal onde pode ser desmantelado com outros resíduos dispensáveis (2,3).

Função

1- Armazenamento

O fígado secreta constantemente a bile, até 1 litro em um período de 24 horas, mas a maior parte é armazenada na vesícula biliar.

Este órgão só pode conter 30 a 60 ml de bile, e é capaz de armazenar as grandes quantidades de bile do fígado concentrando-a. Além disso, a vesícula biliar é capaz de conseguir isso por reabsorção de água, sódio, cloreto e outros eletrólitos através do forro.

Os outros constituintes da bile, como os sais biliares, colesterol, lecitina e bilirrubina, permanecem na vesícula biliar.

A vesícula biliar funciona como um vaso de armazenamento para a bílis, produzida pelo fígado.

A bílis é produzida por células de hepatócitos no fígado, e passa através dos canais biliares para o ducto cístico.

Do ducto cístico, ela é empurrada para a vesícula biliar pelo peristaltismo (contrações musculares que ocorrem em ondas ordenadas).

Ela é então lentamente concentrada pela absorção de água, através das paredes da vesícula biliar.

A vesícula biliar armazena a bílis concentrada, até que seja necessário digerir a próxima refeição.

2- Produção Biliar

As células do fígado (hepatócitos) produzem bile que se acumulam e drenam para dentro do ducto hepático.

A partir daqui, pode entrar no intestino delgado para atuar sobre as gorduras viajando pelo ducto biliar comum, ou pode entrar na vesícula biliar através do ducto cístico, onde é armazenado.

O fígado fabrica entre 600 ml e 1 litro de bile em um dia. À medida que a bile viaja pelos dutos, o revestimento destas passagens, secreta íons de água, sódio e bicarbonato na bile, diluindo-a.

Essas substâncias adicionais ajudam a neutralizar o ácido do estômago, que entra no duodeno com alimentos parcialmente digeridos do estômago.

3- Sais Biliares

Os sais biliares são constantemente reciclados no corpo. E por isso, são secretado no duodeno juntamente com outros compostos como bile.

Ele se liga com lipídios para formar micelas e eventualmente retorna para a corrente sanguínea. Mas, ao passar pela cirurgia do portal, os sais biliares entram no fígado.

Para depois atravessar os seios venosos do fígado e é absorvido pelas células do fígado (hepatócitos).

Está pronto para ser segregado novamente pelas células do fígado para fazer a bile. Isso permite que mais de 90% dos sais biliares sejam reciclados dessa maneira (circulação enterohepatica da bile), e após cerca de 15 ciclos, é descartado nas fezes.

O fígado, no entanto, produz constantemente pequenas quantidades de sais biliares para reabastecer as quantidades que não podem ser re-circuladas.

4-Concentração Biliar

A vesícula biliar tem que concentrar a bile, para que possa armazenar os sais biliares e os resíduos da bile do fígado. Isso orque, ele transporta ativamente o sódio através da mucosa da vesícula biliar.

Os outros constituintes, como água, cloreto e eletrólitos, em seguida, difundem através do revestimento da vesícula biliar.

Ao fazer isso, a bile da vesícula biliar é 5 a 20 vezes mais concentrada do que a bile do fígado.

Neste ponto, a bílis da vesícula biliar é composta principalmente de sais biliares e menores volumes de bilirrubina, colesterol, lecitina e outros eletrólitos permanecem na vesícula biliar.

5- Cálculos Biliares

Os cálculos biliares são massas duras de sais biliares, pigmentos e colesterol que se desenvolvem dentro da vesícula biliar.

Estas massas sólidas se formam quando os componentes da bile cristalizam.

Crescendo lentamente ao longo de muitos anos à medida que ocorre maior cristalização, inclusive os cálculos podem atingir uma polegada de diâmetro.

A maioria dos cálculos biliares permanece na vesícula biliar e é inofensiva, mas podem ser expulsos da vesícula biliar com a bile e potencialmente bloquear o pescoço da vesícula biliar ou um dos ductos biliares.

No entanto, o bloqueio da vesícula biliar ou ducto cístico pode resultar em colecistite, uma inflamação dolorosa da vesícula biliar.

Pior ainda, o bloqueio do ducto biliar comum pode resultar em icterícia e danos no fígado, enquanto o bloqueio da ampola de Vater pode levar à pancreatite.

Tanto o dano no fígado como a pancreatite são condições potencialmente fatais.

Dessa maneira, após conhecer a importância da sua bílis é essencial garantir o bom funcionamento dela. Por isso, invista em uma alimentação de verdade e pratique exercícios físicos.

Como Cuidar da Saúde da Bílis

Como melhorar a produção da bílis (4).

1-Dieta Anti-inflamatória

2-Hidratação

3-Manter o peso ideal

4-Alimentos saudáveis

Eles ajudam na produção da bílis: beterraba, aipo, toranja, pepino, cenoura, rabanete, alcachofra, aspargo e limão, por exemplo.

5-Ervas

6-Limão e vinagre de maçã

7-Alimentos probióticos

8-Jejum Intermitente

9-Alimentos ricos em clorofila

10- Alimentos ricos em fibras

11-Controle o estresse

12-Alimentos ricos em magnésio

Cuide de você agora e viva melhor no futuro, escolha uma vida mais saudável.

O que Comer ao Retirar a Vesícula Biliar

Evite alimentos como:

  • Frituras
  • Alimentos industrializados e processados
  • Carne gordurosa
  • Chocolate
  • Leite e os derivados

Por isso, busque a alimentação saudável como essa descrita acima para cuidar da bílis, como as sementes, legumes, alimentos que ajudem a produzir bílis, brócolis, sementes, probióticos, alimentos desintoxicantes, repolho, nozes, fibras e magnésio (6).

E não se esqueça de conversar com o seu médico para saber qual é a melhor escolha alimentar. Afinal, a escolha depende do seu histórico médico.

Conheça os SUCOS DETOX que selecionei, neste material. Ao desintoxicar seu organismo a produção de bílias por desintoxicar o organismo você ajudará no funcionamento da sua bílis.

Sucos Vegetais para ajudar o funcionamento da Bílis
Sucos Detox para ajudar o funcionamento da Bílis

Abraços e fique com Deus!
Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentos probióticosAlimentos ricos em clorofilaalimentos ricos em fibrasalimentos ricos em magnésiobilebíliscálculos biliarescolesteroldietadieta anti-inflamatóriadr. juliano pimentelducto císticoervasexercícios físicosgordurahemoglobinaintestinointestino delgadojejum intermitentemanter o peso idealO que Comer ao Retirar a Vesícula BiliarpancreatiteProdução de Ácido estomacalvesícula biliarvinagre de maçãvitaminas

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta