https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close

Uma das bebidas mais consumidas no Brasil e no mundo, a cerveja engorda sim e pode prejudicar sua saúde de várias maneiras.

Atualmente existem versões variadas da bebida, inclusive a cerveja artesanal com diversos sabores e ingredientes está ganhando cada vez mais destaque entre os amantes de cerveja. Mas existem rumores de que a cerveja engorda. Verdade ou mito?

A verdade é que dependendo do tipo de cerveja, um copo pode ter 150 calorias, em média. Além disso, os ingredientes da cerveja contribuem para o mau funcionamento do organismo. 

Se você gosta de ficar por dentro de informação de saúde e bem estar, faça parte do meu grupo do telegram. Lá você recebe pílulas diárias de informação e dicas de saúde. 

Cerveja Engorda?

Cerveja Engorda? Mito ou Verdade? Imagem: (Divulgação)

A cerveja engorda e pode causar danos à saúde e ao bom funcionamento do organismo.

Isso porque além de conter muitas calorias, a bebida é rica em glúten. Além disso, o problema de consumir a cerveja está também no fato da quantidade que se bebe e nos petiscos que a acompanham.

A cerveja é uma bebida alcoólica, e o álcool engorda. Aliás, todas as bebidas alcoólicas contêm álcool etílico que, quando metabolizado pelo organismo, transforma-se em carboidratos produzindo 7 quilocalorias por grama.

O que difere uma bebida de outra é justamente a quantidade de álcool. Quanto maior o teor alcoólico, mais calorias a bebida terá. Além disso, o álcool, além de não saciar o apetite é capaz de aumentá-lo.

A fome transforma o álcool em um inimigo direto de quem deseja emagrecer.

Pesquisas, inclusive, sugerem que beber muita cerveja, ou qualquer tipo de álcool, também está associada com piores hábitos alimentares.

A cerveja no organismo

Pessoas que bebem excessivamente, por exemplo, acabam comendo refeições menos saudáveis ​​e equilibradas ao longo do dia. Principalmente se estiverem em barzinhos e restaurantes, além de fumarem mais cigarros.

Além disso, os petiscos comercializados, geralmente não são muito saudáveis.

Por fim, beber demais também está associado a um estilo de vida sedentário, que tem um grande impacto sobre a sua saúde. (1)

A verdade é que qualquer bebida alcoólica vai fazer você engordar se você comer alimentos juntos com o álcool. Ou seja, isso afeta a capacidade do seu corpo para metabolizar calorias (fazendo com que eles sejam armazenados como gordura ao invés de glicogênio no fígado).

No entanto, como a cerveja tem um alto poder calórico, em comparação com outras bebidas alcoólicas, ela pode engordar mais do que outras bebidas.

As calorias na cerveja podem ser convertidas em gordura por um efeito conhecido como Hepática de novo lipogênese (2).

Ou seja, beber álcool reduz a quantidade de gordura que seu corpo queima como energia.  Nossos corpos não podem armazenar álcool. Então, quando você bebe álcool seu corpo quer se livrar dele.

Além disso, todos os outros processos que ocorrem no corpo como a queima de gordura, são interrompidos enquanto o organismo tenta se livrar do álcool.

Bebidas alcoólicas, assim como bebidas açucaradas ou grandes porções de alimentos podem aumentar a gordura da barriga. No entanto, o álcool parece ter uma associação especial com a gordura visceral (3).

Danos À Saúde

Cerveja Engorda e os Malefícios. Imagem: (Divulgação)

De acordo com os Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC), o consumo excessivo de álcool pode ser responsável por muitas mortes. Afinal, tudo que é exagero faz mal.

Beber em excesso é associado com o desenvolvimento de múltiplos problemas médicos, funcionais e psiquiátricos. Aos quais os adultos mais velhos são especialmente vulneráveis (4).

Doenças crônicas e condições de saúde graves, incluindo hipertensão arterial também fazem parte dos riscos em potencial. Além dessas,  doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, doença hepática, problemas digestivos e até mesmo câncer podem ser causados pelo consumo de cerveja. Os principais tipos de câncer são de estômago, fígado, pulmão, mama e câncer de esôfago, por exemplo (5).

Ele também pode ser associado a muitos transtornos mentais. De acordo com estudos, quem ingere muito álcool possui quatro vezes mais probabilidades de ter um transtorno de humor (como depressão e transtorno afetivo sazonal) e três vezes mais probabilidade de ter um transtorno de ansiedade (5).

Para evitar o excesso de peso, limite o consumo de cerveja ou evite-a.

Cerveja sem glúten é menos pior

Além do mais, você pode optar pela versão sem álcool e sem glúten.

As cervejas artesanais trazem novidades para quem deseja cuidar da saúde, você encontra versões veganas, não pasteurizadas, orgânicas e não filtradas.

Se for beber algumas dessas qualidades de cervejas, beba com moderação pois nada em excesso é bom para o organismo (6).

Lembre-se também de melhorar as suas escolhas alimentares e não beber álcool antes de dirigir.

Mude seus hábitos e procure orientação médica, se preciso.

Cuide-se hoje! Substitua essas bebidas por aquelas que não prejudiquem a sua saúde, e não aumentam o risco de doenças crônicas.

Porém, como eu sempre falo, não basta comer de vez em quando os alimentos naturais e saudáveis para evitar a obesidade e outras doenças. Ou seja, é preciso comer sempre.

Um conselho que posso te dar para ter uma vida melhor são as lives do STSD. Conheça o programa que proporciona a você Saúde Todo Santo Dia

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : Álcoolalimentaçãobarzinhosbebida alcoólicacarboidratoscervejacerveja artesanalcerveja engordadestaquedoença hepáticadr. juliano pimentelemagrecerengordaengordarglicogêniohipertensão arterialmetabolizar caloriasnão beber álcool antes de dirigirpetiscosrefeições saudáveissaúdesem-glúten

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta

7 saúdes com Dr. Juliano Pimentel