https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
ArtigosMetabolismo

Conheça a relação entre a menopausa e a tireoide

Toda mulher sabe que um dia a menopausa vai chegar. O que a maioria talvez desconheça é que a menopausa e a tireoide estão completamente relacionados.

Em muitos casos, os sintomas sentidos durante a menopausa são na verdade sintomas de hipotireoidismo. 

A relação entre a menopausa e a tireoide acontece devido ao hormônio estrogênio.

Confira como o estrogênio se relaciona com a menopausa e a tireoide. 

Leia até o final e compartilhe com sua amiga que está na menopausa.

A menopausa

Sintomas da Menopausa e tireoide podem ser confundidos. 

A menopausa é o fim permanente da menstruação. No entanto, a menopausa é oficialmente reconhecida após um ano sem ciclos menstruais. Esse é um processo fisiológico normal à medida que as mulheres envelhecem. 

A menopausa acontece pois os ovários não produzem mais os dois principais hormônios sexuais que são progesterona e estrogênio. Geralmente por volta dos 50 anos, a reserva ovariana (número de óvulos remanescentes nos ovários) fica baixa.

O primeiro sinal da menopausa é uma mudança no padrão normal da menstruação. Ou seja, a mulher pode ter períodos mais leves ou intensos, diferente do normal.

Além disso, a frequência de seus períodos também pode ser afetada. A menstruação pode descer  a cada 2 ou 3 semanas, ou pode não aparecer por meses seguidos, por exemplo. Sendo assim, com o tempo os períodos deixam de ser completos. 

Essa mudança hormonal afeta o corpo de várias maneiras. Para se ter ideia cerca de 8 em cada 10 mulheres terão sintomas adicionais por algum tempo antes e depois do fim da menstruação.

Os principais sintomas são sensações curtas e repentinas de calor, geralmente no rosto, pescoço e tórax, que podem deixar sua pele vermelha e suada.

Além disso, suores noturnos, dificuldade em dormir, problemas de memória e concentração, baixa libido e secura vaginal são muito comuns nesse período. 

Mas, não para por aí. Dores de cabeça, mudanças de humor, palpitações, rigidez, dores nas articulações,  assim como a redução da massa muscular também são queixas recorrentes da menopausa. 

Estrogênio, menopausa e a tireoide

A glândula tireoide produz hormônios tireoidianos que regulam o metabolismo e, portanto, controlam como o corpo utiliza a energia. Ao fazer isso, ele influencia o sistema reprodutivo, quase todos os órgãos (incluindo rins, cérebro e coração). 

Além disso, está relacionada também às  funções biológicas, como apetite, equilíbrio hormonal, digestão, batimento cardíaco e força muscular.

Para a tireoide funcionar perfeitamente o T3 precisa ser transformado em T4 que é a forma ativa do hormônio. Porém, durante a menopausa os níveis de estrogênio ficam muito baixos e o processo de conversão de T4 em T3 é mais demorado.

De maneira geral, a relação entre a menopausa e a tireoide se dá pela baixa do estrogênio. Afinal, estrogênio baixo dá margens para o desenvolvimento de hipotireoidismo.

Os principais sintomas do hipotireoidismo são cansaço, sensibilidade ao frio, ganho de peso, constipação e depressão.

Além disso, é comum ter os movimentos e pensamentos mais lentos, bem como dores musculares e fraqueza.

Outro ponto que é preciso estar atento é na pele que pode ficar seca e cabelos e unhas quebradiços. Sem contar a perda da libido, dor, dormência e sensação de formigamento na mão e nos dedos, por exemplo.

Sintomas de menopausa e a tireoide

Por ser um momento diferente na vida da mulher, é comum ela ter sintomas de hipotireoidismo e problemas relacionados à glândula tireoide e associar aos sintomas da menopausa. 

O grande problema disso é que os sintomas da menopausa vão passar com o tempo. Por outro lado, os sintomas do desequilíbrio tireoidiano podem piorar caso não haja tratamento. 

Os distúrbios da tireoide podem causar sintomas semelhantes aos da menopausa. Por isso, mulheres de 50 anos precisam estar ainda mais atentas e realizar os exames de tireoide

Antes de ir, assista a este vídeo que gravei sobre hipotireoidismo. E compartilhe esse artigo com as mulheres acima de 50 anos que você conhece e quer bem!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : menopausatireoide

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta

7 saúdes com Dr. Juliano Pimentel