https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
Artigos

Cuidados diários com os pulmões

Como o resto do nosso corpo, nossos pulmões precisam de cuidados diários. No entanto, muitas pessoas negligenciam isso. 

A função mais importante dos pulmões é retirar oxigênio do meio ambiente e transferir para a corrente sanguínea. Mas, não é só isso. 

O ar que respiramos contém oxigênio e outros gases. Quando esse ar entra nos pulmões, o oxigênio é movido para a corrente sanguínea e transportado pelo corpo.

Todas as célula do seu corpo precisam de oxigênio para viver. Em cada célula do corpo, o oxigênio é trocado por um gás residual chamado dióxido de carbono.

A corrente sanguínea carrega esse gás residual de volta para os pulmões, onde é removido da corrente sanguínea e depois exalado. Além disso, seus pulmões e sistema respiratório executam automaticamente esse processo vital, chamado de troca gasosa.

Além da troca gasosa, seu sistema respiratório desempenha outras funções importantes para a respiração. Esses incluem:

  • Trazer o ar para a temperatura corporal adequada e hidratar até o nível de umidade adequado.
  • Proteger seu corpo de substâncias nocivas. Isso é feito quando você tosse, espirra, filtra ou engole, por exemplo.
  • Apoiar seu olfato.

Quando seus pulmões funcionam bem, você nem sente. Por outro lado, se uma dessas atividades não for bem executada, você vai sentir.

Cuidando dos pulmões

Exercícios diários beneficiam os pulmões

Com a idade, a capacidade pulmonar tende a diminuir. Por isso, é importante ter uma rotina de cuidados para manter seus pulmões saudáveis. Hábitos saudáveis como uma alimentação balanceada, prática de exercícios e  o controle do estresse podem contribuir para respirar melhor.

Todo esse cuidado é necessário, afinal, a respiração fornece oxigênio a todas as células do corpo. Sem oxigênio suficiente, as pessoas estão mais sujeitas a problemas de saúde, incluindo doenças respiratórias, doenças pulmonares obstrutivas crônicas e até mesmo doenças cardíacas (1).

6 maneiras de cuidar dos pulmões

Beber água

Beber água suficiente é tão importante para os pulmões quanto para o resto do corpo.

Os pulmões consistem em 85% de água, ou seja, até para respirar seu pulmão precisa estar hidratado. É que para receber oxigênio e eliminar o dióxido de carbono, nossos pulmões devem ser continuamente umedecidos com água.

A água ajuda a manter a hidratação e limpeza do revestimento da mucosa dos pulmões. Então, já sabe, beba água.

Mexer seu corpo

A prática regular de atividade física é ótima para o funcionamento dos pulmões, bem como, para ter um coração mais saudável e melhor humor.

Afinal, quando você está fisicamente ativo, seu coração e pulmões trabalham mais para fornecer o oxigênio adicional que seus músculos exigem. Assim como o exercício regular fortalece os músculos, também fortalece os pulmões e o coração. 

Conforme sua aptidão física melhora, seu corpo se torna mais eficiente em levar oxigênio para a corrente sanguínea e para os músculos em atividade. Por esse motivo, é menos provável que você tenha falta de ar durante o exercício com o passar do tempo.

Alguns tipos de exercícios fortalecem os músculos do pescoço e do tórax, por exemplo. Além disso, beneficia o diafragma e os músculos entre as costelas que trabalham juntos para aumentar a inspiração e a expiração.

Faça pelo menos 20 minutos de movimento consistente e moderadamente intenso por dia. Uma caminhada rápida ou um passeio de bicicleta, por exemplo, são úteis.

Manter a postura

Mantenha a postura para ter pulmões saudáveis.

Como os pulmões são estruturas moles, eles ocupam apenas o espaço que você cria para eles.  Sendo assim, quanto mais espaço você proporcionar para que o pulmão se expanda, melhor será sua respiração. 

Por isso, manter a postura é tão útil. Ou seja, você precisa aprender a sentar, ficar em pé e deitar do jeito certo.

Contar suas respirações

Aumente a capacidade pulmonar, aumentando a duração das inspirações e expirações. Comece contando quanto tempo leva uma respiração natural. Se demorar até cinco para inspirar, conte até cinco para expirar. A ideia aqui é que tanto a inspiração, quanto a expiração tenham o mesmo comprimento.

Inspira por 4 segundos e expire por 4 segundos. Adicione mais um segundo na contagem a cada inspiração e expiração até que você sinta o tempo necessário para encher e esvaziar os pulmões.

Respiração diafragmática

A respiração diafragmática usa a consciência do músculo diafragma, que separa os órgãos do abdômen dos pulmões.

Essa técnica pode ser utilizadas, inclusive, por pessoas que apresentam problemas pulmonares relacionados à asma, enfisema e bronquite crônica, bem como por indivíduos saudáveis.

Para aplicar, encher os pulmões de ar e sinta o abdômen subir. Segure o ar dentro dos pulmões por dois tempos e expire pela boca, esvaziando os pulmões e a barriga. Ou seja, ao inspira o abdômen sobe, ao expirar o abdômen encolhe.

Respirar profundamente

Respirar profundamente aumenta a capacidade total dos pulmões.

Ao inspirar lentamente, expanda conscientemente a barriga com a consciência de abaixar o diafragma. Em seguida, expanda suas costelas, permitindo que as costelas flutuantes se abram como asas. Finalmente, permita que a parte superior do tórax se expanda e levante.

Depois disso, expire o mais completamente possível, deixando o tórax cair. Contraia as costelas e, por fim, leve os músculos do estômago para dentro e para cima para levantar o diafragma e expelir a última gota de ar.

Todas essas práticas serão úteis para manter sua vitalidade! 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : pulmãopulmõesrespiração

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta

7 saúdes com Dr. Juliano Pimentel