close
ketogenic-diet-vancouver-2

Pode uma dieta cetogênica contra o câncer?

O câncer é a segunda principal causa de morte no mundo e a dieta cetogênica pode ajudar no combate da doença.

E nesse contexto há algumas pesquisas iniciais sugerindo que uma dieta cetogênica com muito pouco carboidrato pode ajudar a prevenir a doença.

Lembrando que você nunca deve atrasar ou evitar o tratamento médico convencional do câncer em favor de um tratamento alternativo como a dieta cetogênica. No entanto, você deve conhecer e discutir todas as opções de tratamento com seu médico (1, 2, 3, 4).

Gostou do tema deste artigo?

Leia, comente e compartilhe

Uma breve visão geral da dieta cetogênica

A dieta cetogênica é uma dieta muito pobre em carboidratos, porém rica em gorduras. Essa substituição do carboidrato pela gordura leva ao estado metabólico chamado cetose.

Depois de vários dias, a gordura se torna a principal fonte de energia do seu corpo. Sendo assim, isso causa um aumento significativo nos níveis de compostos chamados cetonas no sangue (5).

dieta cetogênica contra o câncer.
Dieta cetogênica contra o câncer.

Em geral, uma dieta cetogênica usada para perda de peso é cerca de 60-75% de calorias como gordura, com 15-30% de calorias provenientes de proteínas e 5-10% de calorias de carboidratos.

No entanto, quando uma dieta cetogênica contra o câncer, o conteúdo de gordura pode ser significativamente maior. Pode chegar inclusive a 90% das calorias, porém, o conteúdo de proteína é menor (6).

O papel do açúcar no sangue no câncer

Muitas terapias contra o câncer são projetadas para direcionar as diferenças biológicas entre células cancerígenas e células normais.

Quase todas as células cancerosas compartilham uma característica comum. Elas se alimentam de carboidratos ou açúcar no sangue para crescer e se multiplicar (7).

Por isso, a dieta cetogênica é benéfica contra o câncer. Pois, quando você ingere uma dieta cetogênica, alguns dos processos metabólicos padrão são alterados e os níveis de açúcar no sangue diminuem (8, 9).

Ou seja, a dieta cetogênica causa uma falta de “combustível” para as células cancerígenas e isso pode enfraquecê-las.

Como em todas as células vivas, o efeito a longo prazo dessa “fraqueza” pode ser que as células cancerígenas cresçam mais lentamente. E mais, podem também diminuir de tamanho ou possivelmente até morrer.

Por isso, parece possível que uma dieta cetogênica possa ajudar a reduzir a progressão do câncer. Porque causa uma rápida diminuição nos níveis de açúcar no sangue (2, 3, 4).

Outros benefícios de uma dieta cetogênica contra o câncer

Existem vários outros mecanismos que podem explicar como uma dieta cetogênica pode ajudar no tratamento do câncer.

Em primeiro lugar, eliminar carboidratos pode reduzir rapidamente a ingestão de calorias. Reduzindo assim, a energia disponível para as células do seu corpo.

Por sua vez, isso pode retardar o crescimento do tumor e a progressão do câncer.

Além disso, dietas cetogênicas podem fornecer outros benefícios.

Insulina controlada

A insulina é um hormônio anabólico. Isso significa que, quando está presente, faz as células crescerem, inclusive as cancerosas. Portanto, insulina mais baixa pode retardar o crescimento do tumor (10, 11).

Cetonas Aumentadas

Células cancerosas não podem usar cetonas como combustível. Pesquisas mostram que as cetonas podem reduzir o tamanho e o crescimento do tumor (12).

A dieta cetogênica e câncer em seres humanos

Atualmente, as pesquisas mostram que a dieta cetogênica pode reduzir o tamanho do tumor e a taxa de progressão em certos tipos de câncer.

Dieta Cetogênica contra o Câncer

Um dos estudos de caso documentados foi realizado em uma mulher de 65 anos com câncer no cérebro.

Após a cirurgia, ela recebeu uma dieta cetogênica e durante esse tempo, a progressão do tumor diminuiu.

No entanto, 10 semanas após o retorno a uma dieta normal, ela experimentou um aumento significativo no crescimento do tumor (13).

Relatos de casos semelhantes examinaram as reações a uma dieta cetogênica em duas meninas que estavam em tratamento para câncer cerebral avançado (14).

Além disso, os pesquisadores descobriram que a captação de glicose diminuiu nos tumores de ambos os pacientes.

Uma das meninas relatou melhora na qualidade de vida e permaneceu na dieta por 12 meses. Por fim, durante esse período, sua doença não apresentou mais progressão (15).

Outros cânceres

Um estudo monitorou o crescimento do tumor em resposta a uma dieta rica em carboidratos versus uma dieta cetogênica em 27 pacientes com câncer do trato digestivo.

O crescimento do tumor aumentou em 32,2% em pacientes que receberam a dieta rica em carboidratos, no entanto, diminuiu em 24,3% nos pacientes em dieta cetogênica (16).

Em outro estudo, três de cinco pacientes em uma dieta cetogênica combinada com radiação ou quimioterapia apresentaram remissão completa. Curiosamente, os outros dois participantes descobriram que a doença progrediu após interromperem a dieta cetogênica (17).

Existem também alguns mecanismos que sugerem que uma dieta cetogênica pode ajudar a prevenir o desenvolvimento do câncer em primeiro lugar.

Primeiramente, pode reduzir vários dos principais fatores de risco para o câncer.

A dieta cetogênica pode diminuir os níveis de IGF-1

O fator de crescimento semelhante à insulina 1 (IGF-1) é um hormônio importante para o desenvolvimento celular. Além disso, também reduz a morte celular programada.

Esse hormônio pode desempenhar um papel no desenvolvimento e progressão do câncer, por exemplo (18).

A dieta cetogênica reduz os níveis do fator de crescimento semelhante à insulina 1, diminuindo assim os efeitos diretos da insulina sobre o crescimento celular. Isso pode reduzir o crescimento do tumor e o risco de câncer a longo prazo (19, 20).

Pode ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue e o risco de diabetes

Outras evidências sugerem que pessoas com níveis elevados de açúcar no sangue, assim como diabetes têm um risco aumentado de desenvolver câncer (21).

Além do mais, a dieta cetogênica pode ser muito eficaz na redução dos níveis de açúcar no sangue e no controle do diabetes (22).

Pode diminuir a obesidade

Por fim, a obesidade também é um fator de risco para câncer (23).

Como a dieta cetogênica é uma poderosa ferramenta de perda de peso, pode considerar que ela também ajuda a reduzir o risco de câncer combatendo a obesidade (24).

Além da dieta cetogênica contra o câncer você pode também inserir o consumo de chás.

Chás e dieta cetogênica contra o câncer.
Chás e dieta cetogênica contra o câncer.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : açucar no sanguealimentação para diabetesanticancerígenoscâncercâncer no cérebrocetogênicacetogênica contra o câncerdiabatesdiabetesdieta cetogênicadieta cetogênica passo a passodieta clássica cetogênicadr. juliano pimentelperder pesosaúde

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta