https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
Artigos

Dor de cabeça de ansiedade é mais comum do que você imagina.

Dor de cabeça de ansiedade, será que esse é seu caso?

Costumo dizer que a dor não é nossa inimiga, ao contrário, é um indicativo de que algo não está legal. É um aviso para que você resolva um problema.

Só que nos últimos tempos, as pessoas estão tão habituadas a tomar analgésico para qualquer dor que não “escutam” o próprio corpo. 

É claro que nem toda dor de cabeça é consequência de ansiedade, você precisa investigar. Mas, neste artigo vou te contar algumas características deste tipo de dor. Assim você pode observar suas dores e ajustar seus hábitos para não sofrer tanto com esses sintomas. 

Qual a relação entre dor de cabeça e ansiedade?

Dor de cabeça de ansiedade.
Dor de cabeça de ansiedade.

A ansiedade é conhecida por causar preocupação excessiva, irritabilidade e inquietação. Mas também pode causar sintomas físicos como dor de estômago, fadiga e respiração superficial.

Dores de cabeça de ansiedade são outro sintoma físico comum.

Se você está estressado ou preocupado com alguma coisa, pode ter dores de cabeça tensionais. Experimentar dores de cabeça graves ou frequentes também pode piorar os sintomas de ansiedade.

Pra você ter ideia de como essa relação é frequente, existe um dado da American Migraine Foundation,  de que quase metade de todos os americanos que vivem com enxaqueca também têm ansiedade. Nesta mesma pesquisa é relatado que as pessoas que têm ataques de enxaqueca podem ter até cinco vezes mais chances de ter ansiedade do que as pessoas que não têm (1).

O que causa uma dor de cabeça de ansiedade?

Existem 05 gatilhos que fazem com que sua dor de cabeça seja por causa da ansiedade: estresse, sensibilidade à dor, tensão  muscular, pouco sono, baixos níveis de serotonina. 

Dores de cabeça que ocorrem com ansiedade podem acontecer como uma resposta física ao sofrimento emocional que você está enfrentando.

Acredita-se também que as pessoas que têm dores de cabeça regularmente podem ser mais sensíveis à dor. Essa sensibilidade pode levar a mais sensibilidade em seus músculos.

A tensão muscular é um aspecto da dor de cabeça de ansiedade. Por isso, quando você se sente ansioso, seu corpo responde, preparando-se para lidar com a fonte de sua preocupação.

Com ansiedade de longo prazo, seu corpo tende a ficar em estado de alerta aumentado. A tensão em seus músculos permanece, em vez de relaxar normalmente após a ameaça diminuir. 

Muitas pessoas com ansiedade têm dificuldade para dormir. Este é outro gatilho comum para ataques de enxaqueca.

A alteração dos níveis de serotonina no cérebro também pode desempenhar um papel nas dores de cabeça da enxaqueca. A serotonina é uma substância química no cérebro que tem muitos papéis importantes em seu corpo.

Ter muita ou pouca serotonina no cérebro pode afetar a saúde física e mental. Diminuições súbitas nos níveis de serotonina no cérebro podem causar dores de cabeça através da liberação de neuropeptídeos ou vasos sanguíneos contraídos.

Como prevenir uma dor de cabeça de ansiedade

Pode não ser possível prevenir totalmente as dores de cabeça, mas existem alguns passos que você pode tomar para ajudar a diminuir a frequência e a gravidade da dor de cabeça de ansiedade.

1 – Reconheça seus gatilhos

Se você tiver enxaquecas, saber o que as desencadeia pode ajudar, os mais comuns são:

  • estresse, sono insuficiente ou de baixa qualidade, alterações hormonais, cafeína e álcool.

2 – Pratique o relaxamento

Reservar um tempo no seu dia para relaxar pode ajudar a reduzir os sintomas da dor de cabeça de ansiedade.

Os exercícios físicos que podem ajudá-lo a relaxar incluem ioga, tai chi e técnicas de respiração profunda. Massagem e terapia de calor também podem ser benéficas.

Você também pode praticar exercícios de atenção plena como meditação, terapia de relaxamento progressivo e imaginação guiada.

3 – Pratique o autocuidado

A ansiedade pode afetar seu sono, seu apetite e sua saúde geral. Praticar o autocuidado pode ajudar a reduzir os sintomas de ansiedade, incluindo dores de cabeça.

  • Tente ter entre sete e nove horas de sono reparador todas as noites.
  • Arranje tempo para atividade física regular, mesmo que seja uma caminhada de 10 minutos por dia já ajuda.
  • Certifique-se de que está ingerindo água suficiente, de alimentos ou líquidos, para evitar a desidratação. Especialmente água.
  • Evite pular refeições. Coma refeições nutritivas em horários regulares, tanto quanto possível. Algumas pessoas que vivem com enxaqueca acham que uma dieta para enxaqueca pode ajudar a diminuir as dores de cabeça.
  • Quando dores de cabeça ou ansiedade são graves o suficiente para afetar a vida diária, consulte um médico ou terapeuta.
Para finalizar, te aconselho a ler meu livro: Ansiedade, o fim da escravidão!
Aproveite o preço de lançamento e adquira o seu, será um divisor de águas em sua vida. 

 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : ansiedadedor de cabeça

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta