close
ArtigosDores

Dor de Garganta: Causas, Sintomas e Tratamentos Naturais

Dor de Garganta: Causas, Sintomas e Tratamentos Naturais
Dr Juliano Pimentel

A dor de garganta é um dos sintomas médicos mais comuns, frequente tanto em adultos quanto em crianças. A inflamação da garganta normalmente é causada por um quadro de faringite e/ou amigdalite, ou seja, inflamações da faringe ou da amígdala, respectivamente.

Ela pode ser um sintoma muito doloroso, que incomoda o paciente. A maioria dos casos de dor de garganta indicam doenças infecciosas (virais ou bacterianas) ou inflamações leves, que cessam sem tratamento médico ou então com o uso de anti-inflamatórios.

Várias condições podem causar uma dor de garganta, e é preciso ficar atento caso o sintoma não desapareça.

Neste artigo vou abordar os sintomas, causas e tratamento da dor de garganta.

Não deixe de ler e compartilhar.

O que é Dor de Garganta?

garganta
A dor de garganta pode ser causada por vírus ou bactérias

Dores de garganta são causadas por bactérias ou vírus.

Alergias, poluição e secura da garganta também podem causar uma dor de garganta. A dor na região pode também ser sinal de uma gripe ou resfriado.

A dor de garganta causada por infecção bacteriana é mais comum em crianças ou durante os meses mais frios do ano.

Uma dor de garganta bacteriana é diferente de uma dor de garganta causada por uma infecção viral. Mas ambas são contagiosas e podem ser passadas de pessoa para pessoa (1).

Causas da Dor de Garganta

Em geral, as causas mais comuns para a dor de garganta são:

Infecções virais

A dor de garganta pode ser ocasionada por uma infecção viral (2). Entre as causas mais comuns estão:

  • Gripe ou resfriado, os tipos mais comuns de infecção viral;
  • Laringite (A maioria dos casos de inflamação nas cordas vocais é viral, os sintomas são voz rouca e tosse);
  • Faringite (geralmente é viral, e a pessoa sente dor para engolir e falar, além de sentir a inflamação que parece estar atrás da língua);
  • Amigdalite (casos de inflamação viral nas amígdalas são identificados por vermelhidão, inchaço ou secreções no local);
  • Mononucleose;
  • Parotidite infecciosa;
  • Herpangina;
  • Faringoamigdalite (infecção na faringe e na amígdala).

Infecções bacterianas

Uma infecção bacteriana pode também levar a uma forte dor de garganta, e as principais causas são:

  • Faringite (essa inflamação também pode ser bacteriana, e nesse caso é comum encontrar também pus, além dos sintomas já citados).
  • Amigdalite (as infecções bacterianas nas amígdalas são identificadas com a presença de pus);
  • Inflamação da epiglote (epiglotite);
  • Inflamação da úvula (uvulite);
  • Faringoamigdalite;

Em raros casos, doenças sexualmente transmissíveis (DST), como a gonorreia ou a clamídia, podem ocasionar dor de garganta. Se você se envolveu recentemente em comportamentos de alto risco sexual, pode considerar também essas doenças.

Irritações e lesões

Uma dor de garganta que dura mais de uma semana, também pode ser causada por substâncias irritantes ou lesões (3), como:

  • Baixa umidade, tabagismo, poluição do ar, forçar a voz;
  • Respirar pela boca, quando você tem alergias ou está com o nariz entupido, levando sujeira e bactérias para a garganta;
  • Refluxo de ácido estomacal para a garganta, o que pode ser um sintoma de doença do refluxo gastroesofágico. A dor de garganta nesse caso pode vir acompanhada de sintomas como azia, gosto ácido na boca ou tosse;
  • Um machucado físico, como um corte, causado ao engolir algo pontiagudo;
  • Síndrome da fadiga crônica, uma doença que provoca cansaço extremo.

Diagnóstico da Dor de Garganta

Se a dor de garganta persistir por mais de uma semana, você deve buscar atendimento médico para investigar as causas e fazer o tratamento adequado (4).

No exame físico, o médico pode pedir que você abra a boca para que examine a existência de pus ou inflamação. Ele também pode medir a sua temperatura para identificar se você tem febre.

Tratamento da Dor de Garganta

dr-juliano-caceres-gargarejos-e-saude-bucal-01
O gargarejo ajuda a aliviar a dor de garganta

O tratamento para dor de garganta depende da causa.

Se a causa for uma doença viral, como gripe, é importante não usar antibióticos para tratá-las, pois eles matam apenas as bactérias, e não os vírus.

Os medicamentos mais comuns no tratamento de dor de garganta incluem cataflam, diclofenaco, dipirona, paracetamol, entre outros.

Alguns tratamentos naturais também podem ser utilizados para a dor de garganta, como gargarejo, gengibre e limão, mas eles são apenas paliativos e não tratam a raiz do problema.

O mais indicado é que você procure seu médico para que ele faça o acompanhamento e receite o tratamento mais preciso para o caso, não se automedique.

Tratamentos Naturais para Dor de Garganta

Algumas técnicas naturais também podem ajudar a melhorar a dor de garganta. São elas:

  1. Compressa quente

A compressa quente ajuda em situações infecciosas, pois aumenta o fluxo sanguíneo, diminuindo o processo inflamatório, também relaxa o músculo contribuindo para amenizar dores como a de garganta.

  1. Tomar bastante água

Beber muita água ajuda a aliviar a dor de garganta.

Principalmente quando o clima está seco. Quando a umidade do ar cai muito, o corpo perde líquido e a garganta fica seca provocando incômodo e dor, para reduzir essa sensação beba no mínimo 2L por dia.

  1. Chás de alho

O chá de alho tem bom resultado para combater a dor de garganta e contribui para uma boa recuperação, pois ameniza a dor.

A água quente dilata os vasos sanguíneos reduzindo o processo de inflamatório, assim causando alívio. Já o alho melhora o sistema imunológico, pois é antioxidante e antiinflamatório natural.

  1. Inalação natural

A dor de garganta aumenta quando respiramos pela boca.

A inalação natural ajuda a descongestionar o nariz e ajuda a evitar a respiração pela boca. Use eucalipto, ou alfavaca, ou camomila e ou casca de laranja.

Para preparar sua inalação, coloque 1 litro de água em um recipiente. Em seguida, faça o chá com a erva de sua preferência.

Inale pelo nariz (evite respiração pela boca pois causa dor)

  1. Gengibre

O gengibre tem ação antibacteriana que contribuem para combater as dores de garganta.

Também alivia a coceira e irritação na garganta.

  1. Gargarejo

O gargarejo feito com vinagre misturado com água morna e sal é um dos remédios caseiros mais populares para combater a inflamação na garganta.

A receita caseira funciona porque o vinagre atua como bactericida, alterando, graças à sua acidez, o ambiente específico em que as bactérias estão se proliferando. A água morna, por sua vez, ajuda a dilatar os vasos sanguíneos na região das amígdalas, o que faz com que as células de defesa que se espalham pelo sangue e cheguem mais facilmente à região. Ela ajuda também na remoção do muco fixado na garganta.

O sal faz com que a mistura se torne menos agressiva ao corpo, uma vez que quando misturado à água se assemelha aos líquidos que existem em nosso organismo.

Essa mistura, além de combater as inflamações, ajuda a soltar o muco espesso, o que ajuda a aliviar a inflamação. Junto ao muco, são liberadas também as substâncias irritantes como fungos, bactérias e alérgenos, trazendo resultados significativos.

Prevenção Para a Dor de Garganta

beber-agua
Beber água é uma forma de ´prevenir a dor de garganta

Não há como prevenir uma dor de garganta, mas alguns cuidados ajudam a reduzir os riscos de que ela aconteça (5). Entre eles, estão:

  • Lave as mãos com frequência;
  • Mantenha distância de agentes irritantes, como cigarro, poluição e também do ar-condicionado, pois podem causar a dor de garganta;
  • Não force a voz;
  • Não respire pela boca;
  • Não fume ou utilize outros produtos de tabaco e evite a exposição ao fumo passivo;
  • Cuide do nariz entupido;
  • Cuidado com a troca de temperatura ambiente;
  • Beba muita água para evitar a desidratação.

Alimentos Que Você Deve Evitar

Evite o consumo de leite

Quando você está com dor de garganta, é importante evitar alguns alimentos que podem prejudicar a sua recuperação.

  • Açúcar – Diminui os glóbulos brancos que ajudam a combater a infecção;
  • Álcool – É desidratante e pode diminuir a função imunológica;
  • Cafeína – É desidratante e pode aumentar a dor na garganta;
  • Laticínios convencionais – Eles podem fazer com que o seu organismo produza muco, fazendo com que a dor de garganta prossiga.

Cortar estes alimentos da sua alimentação pode contribuir para a sua recuperação.

A dor de garganta pode ser um mal muito incômodo, causada por vírus ou bactérias.

Caso os sintomas persistam, é importante procurar orientação médica para iniciar um tratamento. Alguns remédios caseiros também são úteis para ajudar a aliviar a dor, enquanto cortar alguns alimentos pode acelerar sua recuperação.

Para quem está com dor, líquidos quentes ajudam a dilatar os vasos sanguíneos na região das amígdalas. Por isso, você pode usar os chás termogênicos que aceleram o seu metabolismo. Eu preparei um Guia GRATUITO com os 10 melhores chás para você incluir na dieta, baixe preenchendo o formulário abaixo.

Vídeo: Está Com DOR DE GARGANTA? | Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

BAIXE AGORA O MEU GUIA COM OS
10 MELHORES CHÁS PARA EMAGRECER!
O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : destaquedor de gargantadr. juliano pimentelgarganta inflamadasaúde

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

  1. O melhor para min é o gargarejo com vinagre água morna e sal, uso bastante esse método porquê sou alérgica a medicamentos. para min não existe antibiótico melhor do que esse dr. Parabéns!! adoro quando você posta métodos naturais para o nosso organismo. Um abraço dr sou sua fã ❤

Enviar Resposta