https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
ArtigosDores

Dores nas Articulações: Tratamentos e Causas

A disfunção da articulação sacroilíaca, também comumente chamada de dores nas articulações, é uma condição que causa dor nas pernas e parte inferior das costas.

Estudos mostram que dores nas costas e na parte superior da perna são muito comuns. A cada ano essa condição, relacionada à doença de disco e degeneração das articulações, afeta milhões de pessoas.

A disfunção das articulações é a responsável por cerca de 30% das dores nas costas irradiando (o tipo que corre da parte baixa das costas para as pernas) (1).

Essa condição afeta mais mulheres jovens e de meia-idade do que qualquer outro grupo. Para se ter ideia, o início da dor nas costas e nas pernas geralmente começa entre 30 e 40 anos.

Essa dor pode ir e vir durante o resto da vida de uma pessoa, caso ela não tomar nenhuma medida para resolver suas causas subjacentes.

Nesse artigo apresentarei as causas e tratamentos para as dores nas articulações.  

Leia até o final e compartilhe!

Dores nas Articulações e os Sintomas

Embora algumas pessoas experimentam dor em ambas as pernas ou quadris, a maioria dos casos de disfunção nas articulações apresenta sintomas em apenas uma perna, juntamente com a parte lombar.

Figura apontando quadril dolorido
Dores nas articulações.

Os sinais e sintomas mais comuns de dor articular incluem:

– Dor lombar;

– Dor nos quadris, na bunda ou nas coxas – às vezes a dor irradia para as pernas, especialmente quando se desloca, mas geralmente fica acima dos joelhos;

– Redução da amplitude de movimento, assim como flexibilidade limitada;

– Dor ao se exercitar, dobrar-se, agachar-se, entre outros movimentos;

– Desconforto ao dormir;

– Perda de equilíbrio e estabilidade;

– Às vezes, entorpecimento, formigamento ou fraqueza muscular nas extremidades inferiores, por exemplo.

Causas das Dores nas Articulações

Dor nas articulações é causada principalmente por (2):

Hiperatividade, ou seja, quando há um excesso de movimento das articulações, especialmente de maneiras repetitivas;

Degeneração articular, por vezes causada por doenças articulares degeneradas, como osteoartrite, por exemplo;

Inflamação da articulação;

Hipomobilidade, está relacionada à amplitude normal de movimento;

Postura deficiente, o que aumenta a quantidade de estresse colocado nas articulações;

As pessoas com lesões na região lombar da coluna vertebral, por exemplo, podem perder o alcance normal de movimento em suas costas. Também pode acontecer naqueles que não curaram bem após a cirurgia lombar.

Quando isso acontece o corpo começa a compensar colocando mais peso e pressão sobre as articulações sacroilíacas. As articulações sacroilíacas ficam localizadas entre a pélvis e a base da coluna vertebral, ou seja, são articulações fortes e estáveis ​​que permitem pouco movimento.

Sendo assim, funcionam como amortecedores. 

Já os fatores de risco para a disfunção da articulação incluem:

Ser uma mulher, afinal, as mulheres têm pélvis mais largas, maior curvatura da coluna lombar e, geralmente, comprimentos de membros mais curtos. Além disso, as mulheres também experimentam alargamento da pelve durante a gravidez e aumento da pressão sobre a parte inferior do corpo (3).

Mas, não é só isso, ter um histórico de outras doenças espinhais, como artrite, osteoartrite ou osteoporose.

Traumatismo ou impacto importante que causa lesões nos ligamentos e articulações próximas à coluna vertebral.

Outro fator de risco é o fumo e uso de drogas, por exemplo.

Além disso, o uso prolongado de medicamentos, incluindo corticosteróides, ou o uso de drogas imunossupressoras e quimioterapia é um fator agravante.

Infecções bacterianas que afetam a coluna vertebral, bem como o histórico de câncer, também são agravantes.

O simples fato de engravidar, afinal, a gravidez, que adiciona peso e pressão para a região lombar.

Por fim, ter mais de 50 anos. Pois, com o avanço da idade você se torna mais propenso a lidar com problemas da coluna vertebral. O caso mais comum, por exemplo, é ter um nervo comprimido, devido aos efeitos degenerativos do envelhecimento.

No entanto, pesquisas mostram que as mulheres jovens e de meia-idade sofrem frequentemente de problemas articulares devido a fatores como problemas posturais e até mesmo gravidez.

Tratamentos para dores na articulação

 Dieta de vegetais é útil para diminuir dores nas articulações.

Dieta de reparo

O colágeno é a proteína natural mais abundante encontrada dentro de nossos corpos. É um importante bloco de construção de todos os tecidos, incluindo articulações e ligamentos. Está presente dentro das articulações e é uma das primeiras coisas perdidas devido ao envelhecimento e inflamação.

Sendo assim, fazer uma dieta de reparo é uma estratégia para repor a falta de colágeno. 

A melhor fonte natural de colágeno é caldo de osso. Afinal, o caldo de osso além de ser é rico em colágeno, também é fonte de glucosamina, condroitina, ácido hialurônico e aminoácidos. Ou seja, substancias que ajudam a tratar lesões articulares.

Outra maneira de ajudar a tratar as articulações é comer alimentos ricos em ômega-3. Os ácidos graxos ômega-3 interferem na ativação plaquetária mediada pelo colágeno (4). As melhores fontes são os peixes, como o salmão, cavala e sardinha, por exemplo.

Por fim, alimentos antioxidantes e antiinflamatórios ajudam a reparar os tecidos. Por isso, prefira fontes vegetais, frutas e ervas, como açafrão, gengibre, alho, entre outros.

Postura e fisioterapia

Além da alimentação é fundamental manter a postura. É preciso estar vigilante para manter a postura adequada quando estiver em pé, sentado ou durante o exercício.

Estar com a postura adequada é crucial para diminuir o estresse nas articulações. Com essa simples mudança você já pode ter benefícios. Afinal, é possível que sua dor articular seja causada por compensações musculares/articulares, especialmente aquelas decorrentes de anormalidades na região lombar inferior.

Por fim, para ajudar a superar isso, eu recomendo que você consulte um fisioterapeuta. Esses profissionais podem ajudar a corrigir problemas posturais ruins, como a postura dianteira da cabeça, por exemplo, e te ensinar a posicionar seu peso corretamente (4).

Neste vídeo eu conto mais detalhadamente sobre as dores nas articulações. Confira! 

Fique atento aos sintomas de dores nas articulações e procure orientação médica.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : articulaçãodestaquedor lombardores na articulaçãodores nas articulaçõesdr. juliano pimentelsaúde

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta

7 saúdes com Dr. Juliano Pimentel