close
ArtigosDores

Eczema: Causas, Sintomas e Tratamentos

Dr Juliano Pimentel

Os sintomas de eczema, que geralmente incluem secura da pele e prurido, afetam cerca de 20% das crianças e até 4% dos adultos. A eczema, juntamente com doenças relacionadas com a pele como dermatite e alergias, se desenvolve mais frequentemente em pessoas que já têm a pele muito seca, pele sensível ou sistema imunológico degradado.

Em adultos, os sintomas são geralmente recorrentes e mais graves do que em crianças. O tratamento do problema, geralmente, envolve a prescrição de cremes tópicos e, por vezes, medicamentos utilizados para matar bactérias ou alterar respostas imunes.

Existem também tratamentos naturais para eczema, que reduzem as alergias alimentares, ao melhorar a sua dieta.

Neste artigo, eu explico as causas, sintomas e tratamentos do eczema.

Não deixe de ler e compartilhar.

O que é Eczema?

Eczema não é uma condição específica, mas sim um termo coletivo para um grupo de doenças relacionadas com a pele que causam sintomas como inflamação, vermelhidão, secura e descamação. Um diagnóstico de eczema pode ser usado para descrever qualquer tipo de dermatite.

Enquanto cerca de 2% a 4% de todos os adultos desenvolvem eczema, o problema é muito mais comum em bebês e crianças, que normalmente possuem pele sensível.

Os sintomas mais comuns de eczema são todos relacionados a inflamação que ocorre na camada superior da pele. Uma vez que a barreira da pele se torna danificada e seca, devido a fatores como perda de umidade ou alergias que levam a uma resposta imune, a sensibilidade e irritação pode ser difícil de controlar.

Existem vários tipos comuns de eczema, que se desenvolvem por várias razões e podem ser tratados de diferentes maneiras, incluindo:

  • Eczema da mão;
  • Dermatite atópica (relacionada a alergias);
  • Dermatite de contato (causada principalmente por irritantes);
  • Dermatite seborréica (presente principalmente no couro cabeludo seco);
  • Eczema disidrótico (provoca bolhas cheias de líquido);
  • Eczema numular (causa uma erupção cutânea com bolhas em forma de moeda, parece semelhante a micose);
  • Neurodermatite (prurido a longo prazo devido a arranhões);
  • Dermatite de estase (ocorre nas extremidades inferiores).

Sintomas de Eczema

Os sintomas de eczema podem ser de curto prazo (aguda) ou crônica.

Sintomas como prurido e descamação tendem a ir e vir, causando surtos em resposta a fatores como estresse e baixa função imunológica. Embora os sinais de inflamação da pele possam permanecer por períodos de tempo, a maioria dos pacientes apresentam sintomas recorrentes, às vezes ao longo de anos, principalmente se as causas subjacentes são deixadas sem tratamento.

Os principais sintomas de eczema incluem (1):

  • Pele inflamada, vermelha e inchada;
  • Comichão. A coceira torna-se insuportável, é tentador arranhar a pele, mas isso realmente torna a irritação pior (conhecido como o “ciclo de coceira-arranhão”);
  • Bolhas ou crostas na pele;
  • Descamação da pele devido à secura severa. Quando o eczema se desenvolve no couro cabeludo (chamado dermatite seborréica), a caspa é comum;
  • Cortes e rachaduras na pele devido à secura, que às vezes pode levar a infecções bacterianas;
  • Alterações na cor e textura da pele, que fica mais áspera, mais escura e mais espessa;
  • Sensibilidade à produtos como shampoo, creme e produtos de limpeza;
  • Queimadura devido a irritação ou pele exposta;
  • Se a coceira e outros sintomas se tornam muito graves, às vezes os pacientes experimentam outros problemas secundários como aumento do estresse, problemas para dormir, constrangimento e dificuldade de concentração;
  • Eczema atópico, causado por alergias, às vezes pode ocorrer junto com outros sintomas como febre, fadiga, asma ou problemas respiratórios;
  • Eczema também é comum entre as pessoas com outras condições da pele, tornando o tratamento complicado, como herpes e verrugas.

Sintomas de eczema em bebês e crianças:

  • Quando bebês ou crianças desenvolvem eczema, eles são mais propensos a ter vermelhidão e secura em suas bochechas, cabeça (conhecido como cradle cap) ou queixo, além do dorso dos braços e pernas, tórax, estômago ou partes do costas;
  • Como em adultos, as crianças e os bebês são suscetíveis à formação de manchas de eczema de pele vermelha, sensível em áreas do corpo que são geralmente mais áspera e secas;
  • Eczema é mais provável de se desenvolver em bebês nos primeiros seis meses de vida, mas geralmente desaparece por conta própria, quando o sistema imunológico aprende a se adaptar e superar a inflamação da pele.

Fique atento aos sinais e procure orientação médica.

Causas de eczema

Eczemas afetam a parte visível, exterior da pele chamada, camada córnea.

A camada córnea pertence a parte da pele chamada epiderme, que fica em cima da camada média (chamada derme) e a camada mais interna (chamada de camada subcutânea).

A camada de córnea é importante para manter o corpo protegido de coisas como micróbios ou bactérias nocivas que podem entrar através de cortes e penetrar em camadas mais profundas da pele.

Porque é uma camada protetora, a córnea está constantemente renovando-se, trocando células antigas e danificadas por células novas e saudáveis. Este processo ajuda a manter a barreira da pele forte e resistente em pessoas saudáveis sem eczema, mas torna-se interrompido em pessoas com eczema devido à inflamação.

Quando alguém tem eczema, o processo de renovação de células da pele da córnea não funciona adequadamente. As razões para isso incluem (2):

  • Fatores genéticos, incluindo ter um gene mutado que resulta na produção reduzida de proteínas que ajudam a manter a camada córnea;
  • Redução da produção de soro (óleo), resultando em pele muito seca. Isso também pode ser devido à genética ou alterações no sistema imunológico;
  • Baixa função imunológica, que leva à inflamação em resposta a leveduras e bactérias que vivem na pele. a baixa função imunológica pode ser devido a fatores como medicamentos, doenças autoimunes, infecções não tratadas, deficiências nutricionais ou saúde intestinal pobre;
  • Alergias que causam a liberação de anticorpos e uma resposta imune prejudicial. As respostas alérgicas podem ser causadas por alimentos, exposição a produtos químicos ou contato com outras substâncias tóxicas, como perfumes químicos ou sabões.;
  • Uso indevido de antibióticos são outros contribuintes, que afetam negativamente o sistema imunológico (3).

 

Eczema ou Psoríase?

Eczema e psoríase causam tipos semelhantes de irritação da pele, incluindo sintomas como coceira e vermelhidão. Eczema é mais comum em lactentes e crianças, enquanto psoríase é mais comum entre pessoas com idades de 15-35.

Ambas as condições podem ser desencadeadas por baixa função imune ou estresse. No entanto, eczema é mais relacionada à irritação (de fatores como produtos de higiene) e alergias.

A causa exata da psoríase permanece controversa, mas acredita-se ser uma combinação de genética, infecções, estresse emocional e sensibilidade da pele.

Em comparação com a psoríase, o eczema tende a causar prurido intensos e persistentes, que causam muita coceira. Sangramento devido ao excesso de coceira é mais comum com eczema do que com psoríase (4).

Há também algumas diferenças em termos de onde os sintomas tendem a aparecer. Eczema mais comumente provoca sintomas nas mãos, rosto ou partes do corpo que dobram como os cotovelos e joelhos. Psoríase muitas vezes aparece em dobras cutâneas ou em lugares como o rosto e couro cabeludo, palmas e pés, e às vezes no peito, costas e unhas.

Tratamentos para eczema

Atualmente não há “cura” para o eczema, apenas maneiras de ajudar a gerenciar os sintomas. Dermatologistas recomendam limpar a pele afetada suavemente, evitando produtos irritantes, e às vezes falando com um médico sobre intervenções dietéticas ou medicamentos, se necessário.

Quando as prescrições são necessárias para controlar os sintomas de eczema, os tratamentos normalmente incluem uma combinação de:

Cremes: Estes são usados para adicionar mais umidade à pele seca.

Sabonetes e shampoos para pele sensível: Porque muitos produtos de beleza e limpeza contêm aromas sintéticos irritantes e aditivos que pioram os sintomas de eczema.

Procure sempre orientação médica antes de iniciar o tratamento.

Tratamentos naturais de eczema

Alguns tratamentos naturais ajudam a melhorar os sintomas de eczema.

  1. Não coce

Beauty girl with perfect skin scratching her neck
Coçar piora os sintomas de eczemas

A coceira causada por eczema pode fazer você arranhar a pele seca e descamada. Mas arranhar causa complicações, pois pode provocar feridas abertas que permitem que bactérias provoquem infecções, especialmente se o sistema imunológico já está enfraquecido.

  1. Reduza as alergias e inflamação

Alimentos, fatores ambientais e produtos de cuidados da pele podem causar reações alérgicas que desencadeiam sintomas de eczema. As alergias podem ser desencadeadas por:

  • Sabões, loções, detergentes, desinfectantes químicos, etc.
  • Poeira, pólen, mofo, pelos de animais ou detritos
  • Alimentos como aditivos sintéticos ou conservantes encontrados em produtos embalados, glúten, laticínios, mariscos ou amendoins.
  • Alimentos inflamatórios como açúcar e óleos refinados também podem contribuir para os sintomas. (Para saber mais sobre os malefícios do açúcar, preencha o formulário no final deste artigo)
  1. Aleitamento materno e dieta saudável

Pesquisas sugerem que o risco de desenvolver eczema em crianças é reduzido quando a criança é amamentada. Na infância e na idade adulta, uma dieta saudável com alimentos antiinflamatórios pode ajudar a aumentar a imunidade.

Os alimentos que podem ajudar a reduzir os sintomas de eczema são:

  • Ácidos graxos essenciais – Essas gorduras são encontradas em peixes e nozes;
  • Alimentos probióticos – Estes incluem iogurte e kefir;
  • Alimentos ricos em fibras – Vegetais, frutas, nozes, sementes e coco são boas fontes de fibra;
  • Alimentos ricos em antioxidantes – Consumir mais alimentos vegetais frescos e coloridos para reduzir a inflamação e obter muitas vitaminas, minerais e eletrólitos.

Complicações de eczema

Complicações às vezes podem desenvolver devido ao eczema, especialmente quando os sintomas se tornam graves e os arranhões são contínuos. Isso pode causar feridas, infecções, cicatrizes e propagação de sintomas.

Se você observar sintomas de eczema pela primeira vez e não tiver certeza da causa, fale com seu médico. É importante distinguir entre diferentes condições da pele, a fim de controlar os sintomas e tratar a causa subjacente.

Eczema é um termo coletivo para um grupo de doenças relacionadas com a pele que causam sintomas como prurido, vermelhidão, secura e descamação da pele.

Causas de eczema incluem alergias, irritação de produtos, função imunológica baixa e estresse.

Tratamentos naturais para eczema podem incluir a redução de estresse e uma dieta antiinflamatória.

Fique atento aos sintomas e procure orientação médica.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Ebook Açucar
BAIXE AGORA O MEU GUIA COMPLETO E SAIBA POR QUE VOCÊ DEVE PARAR DE COMER AÇÚCAR HOJE!!!
O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : destaquedoençasdr. juliano pimenteleczemasaúde

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta