https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
Artigos

Falta de libido? Saiba como reverter essa situação

A falta de libido pode ser motivada por várias questões, desde condições emocionais até  físicas. É comum, porém, não é natural. 

Por isso, é primordial que você entenda o contexto da baixa libido. Há conflito entre o casal? Uma das partes está estressada com o trabalho? Como estão os hormônios e o sono?

O contexto sempre precisa ser levado em consideração para encontrar o motivador da baixa libido.

A seguir você vai conferir algumas do que fazer para resolver a falta de libido.

O que considerar se você está com falta de libido

1 – Como está sua relação?

Melhorar a relação ajuda na falta de libido. | Juliano Pimentel
Melhorar a relação ajuda na falta de libido.

Vamos concordar que se houver muita divergência no seu relacionamento e conflitos não resolvidos a probabilidade haver libido nessa relação é baixíssima.

Isso porque o desejo pelo outro envolve admiração, especialmente em relacionamentos mais longos.

Por isso, concentrar-se em melhorar o relacionamento pode aumentar o desejo sexual de cada parceiro. Isso pode envolver:

  • Conversar para resolver pendências;
  • Planejar um momento especial a dois;
  • Participar de atividades juntos fora do quarto;
  • Reservar tempo para um tempo de qualidade um com o outro.

2 – Você está bem nutrido?

Uma pessoa desnutrida não tem energia, não tem ânimo e não tem libido.

A má nutrição está relacionada a algumas condições que contribuem para a falta de libido.

A síndrome metabólica e as doenças cardiovasculares podem afetar o funcionamento sexual físico. A síndrome do ovário policístico também pode afetar os níveis hormonais, interrompendo a libido.

Comer uma dieta rica em vegetais, por exemplo, e pobre em açúcar e rica em proteínas magras prevenir distúrbios que afetam a libido.

3 – Seu peso está ideal?

Sobrepeso e obesidade, por exemplo, estão diretamente relacionados a falta de libido. Isso acontece devido a fatores hormonais, como baixas concentrações de testosterona.

Por isso, manter um peso corporal moderado pode melhorar o desejo sexual de uma pessoa, tanto física quanto psicologicamente. 

Comer uma dieta saudável e equilibrada, assim como fazer exercícios regulares ajuda a conseguir isso, além de aumentar os níveis gerais de energia de uma pessoa.

4 – Ansiedade

Altos níveis de ansiedade são uma barreira comum ao funcionamento sexual e à libido para homens e mulheres. Isso pode ser ansiedade devido ao estresse da vida ou ansiedade específica relacionada ao sexo, por exemplo.

Pessoas com um horário de trabalho intenso, bem como, responsabilidades de cuidar ou outras tensões da vida podem se sentir cansadas e, como resultado, ter um baixo desejo sexual.

A ansiedade e o estresse também podem tornar mais difícil para alguém obter ou manter uma ereção, impedindo a pessoa de fazer sexo.

A depressão e a ansiedade podem resultar em redução da libido e aumento da disfunção sexual.

As pessoas podem tomar várias medidas para gerenciar sua ansiedade e melhorar sua saúde mental, incluindo:

  • praticando uma boa higiene do sono
  • assim como, arranjar tempo para um passatempo favorito
  • exercitando-se regularmente
  • comer uma dieta nutritiva
  • trabalhando para melhorar os relacionamentos

Por fim, aprendendo a lidar com a ansiedade.

Eu sugiro que você comece pela leitura do livro: Ansiedade o fim da escravidão.

Nele você vai encontrar a solução que você precisa para ter uma vida com mais energia, confiança e sem falta de libido. 

Aproveite o desconto de 25%, toque na imagem abaixo para garantir seu livro!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : baixa libidoFalta de libidolibidorelacionamento

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta