close
AlimentaçãoArtigos

Frutose – O doce perigo do consumo excessivo de açúcar disfarçado

Eu sempre falo sobre a importância de cortar o açúcar e qualquer tipo de adoçante, inclusive a frutose.

E digo isso, porque o açúcar e os adoçantes são uma maneira de intoxicar se corpo. Além disso, são altamente viciantes.

Tanto é que, muitas pessoas sentem uma “necessidade” de açúcar que naturalmente não é existente no nosso corpo. 

E nesse artigo quero explorar um pouco mais sobre a frutose.

Leia, comente e compartilhe este artigo!

Afinal, o que é a frutose?

A frutose ocorre naturalmente em frutas, sucos de frutas, mel e alguns vegetais. Mas, não se engane! Não é porque a frutose é natural que faz bem para sua saúde.

Para se ter ideia, a frutose pura é muito mais doce que outros tipos de açúcar. Tanto é que ela pode afetar negativamente os níveis de açúcar no sangue.

A frutose é o principal carboidrato presente nas frutas, e embora parte da frutose  presente em sua dieta seja derivada da fruta, grande parte do consumo na dieta é derivada da sacarose, ou seja, do ‘açúcar’ e de alimentos que contêm sacarose adicionada.

Isso acontece porque, quando a frutose se une à glicose, produz sacarose. Quando extraída e refinada, a sacarose produz açúcar de mesa.

Então, alimentos doces, como sobremesas, bolos, chocolate e outros produtos de confeitaria e bebidas açucaradas, como refrigerantes, bebidas esportivas e sucos de frutas, contêm grandes quantidades de frutose adicionada. 

E por que o consumo de frutose é preocupante?

A frutose aparece cada vez mais relacionada ao aumento de obesidade, diabetes e uma nova condição chamada doença hepática gordurosa não alcoólica.

Muitas pessoas não se preocupam com o consumo de açúcar e consequentemente frutose, porque entendem que o corpo precisa de glicose para manter a energia e o bom funcionamento.

No entanto, o que as pessoas não estão compreendendo é que FRUTOSE é diferente de GLICOSE

Preste atenção no que você vai ler a seguir:

Praticamente todas as células do corpo podem usar glicose como energia. Por outro lado, apenas as células do fígado quebram a frutose.

O que acontece com a frutose dentro das células do fígado é complicado. Um dos produtos finais é o triglicerídeo, uma forma de gordura.

Os triglicerídeos podem se acumular nas células hepáticas e danificar a função hepática. Os triglicerídeos liberados na corrente sanguínea podem contribuir para o crescimento de placas cheias de gordura dentro das paredes das artérias.

Deu para entender porque o consumo excessivo de frutose é tão preocupante?

Onde encontro frutose?

Ela é encontrada em alimentos saudáveis, como frutas e vegetais – que também contêm muitas vitaminas e minerais essenciais. E aparece também, como adoçante independente. 

Aqui é onde mora o maior perigo!

A frutose está presente em alimentos que você nem imagina!

Afinal, a frutose, como adoçante independente, é quase duas vezes mais doce que o açúcar de mesa e causa um aumento semelhante no açúcar no sangue que a sacarose.

Por isso, cada vez mais as pessoas estão adoecendo. Cada vez mais existe a necessidade de fazer um plano de detox para limpar o organismo e ajudar o fígado a metabolizar com todo seu potencial.

Além dos ingredientes doces que você já sabe que contém açúcar branco e consequentemente frutose como adoçante adicionado está presente em outros produtos, como:

Refrigerante 

Uma lata de refrigerante pode conter cerca de 50 gramas de açúcar adicionado. Ou seja, são 13 colheres de chá, o que excede o limite diário de nove colheres de chá de açúcar para homens e seis colheres para mulheres (1). 

Substitua o refrigerante por água com gás e frutas. 

Molho de salada 

Apenas uma colher de sopa de molho francês sem gordura contém três gramas de açúcar. A maioria das pessoas adiciona muito mais do que uma colher de sopa de molho e pode consumir facilmente mais da metade do limite diário de açúcar em uma única salada (2).

Substitua o molho de salada por ingredientes mais saudáveis, como azeite, vinagre balsâmico e suco de limão, por exemplo.

Frutas enlatadas

Apenas uma xícara de frutas enlatadas pode conter até 44 gramas de açúcar, o que é mais do dobro da quantidade encontrada em uma xícara de frutas frescas inteiras (3, 4).

Substitua as frutas enlatadas por frutas inteiras para não precisar se preocupar com ingredientes adicionados.

Refeições pré-preparadas 

Sabe esses tipos de refeições vêm em uma caixa junto com pacotes de molho em pó e temperos. Que você só precisa adicionar alguns ingredientes, como água ou leite, e cozinhá-lo por um curto período de tempo? 

Esses alimentos frequentemente contém adoçantes adicionado, além de muitos outros ingredientes artificiais. 

É muito melhor cozinhar uma refeição rápida com ingredientes alimentares reais.

Cereal 

Algumas marcas de cereal contém mais de 10 gramas de açúcar em apenas uma porção.

É fácil para algumas pessoas comer mais do que o tamanho da porção listada, o que pode colocá-las acima do limite diário de açúcar logo na primeira refeição do dia (5, 6).

A frutose está presente no cereal matinal e nas barrinhas de cerais.

Substitua o cereal por uma opção ainda mais saudável, como linhaça e outras sementes, por exemplo.

Molhos e condimentos 

O ketchup e o molho de churrasco, por exemplo, são dois itens com muita adição de frutose. 

Apenas duas colheres de sopa de molho de churrasco contém 11 gramas de açúcar, enquanto uma colher de sopa de ketchup contém três gramas (7, 8).

Além disso, ela pode aparecer também como xarope de milho rico em frutose (HFCS).

Xarope de milho rico em frutose (HFCS)

O xarope de milho com alto teor de frutose é um adoçante amplamente utilizado.

É produzido a partir de amido de milho através de um processo industrial e consiste em frutose e glicose.

Existem vários tipos diferentes de HFCS.

Duas variedades notáveis ​​são:

  • HFCS 55: Este é o tipo mais comum de HFCS. Contém 55% de frutose e 45% de glicose, o que o torna semelhante à sacarose na composição.
  • HFCS 90: Este formulário contém 90% de frutose.

O xarope de milho rico em frutose é encontrado em muitos alimentos como refrigerantes, pães, biscoitos, doces, sorvetes, bolos, barras de cereais e muitos outros. Esteja atenta.

O consumo exacerbado causa uma série de efeitos colaterais. Dos mais simples como o inchaço, até gordura no fígado e Alzheimer!

É preciso reduzir o consumo constante de frutose, principalmente através dos industrializados.

Além disso, você é fundamental fazer uma desintoxicação.

A compulsão por doce, por refrigerante, por molhos acontece porque você está intoxicada.

Faça um detox para limpar seu corpo. Só assim, você conseguirá se livrar desse vícios e manter sua saúde.  

Detox é uma alternativa de eliminar o vício em açúcar e diminuir o consumo de frutose.
Detox é uma alternativa de eliminar o vício em açúcar e diminuir o consumo de frutose.

Abraços e fique com Deus.

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : açúcaralimentaçãoalimentos industrializadosalto teor de frutoseAlzheimerdiabetesdr. juliano pimentelemagrecimentofrutoseobesidadesaúdevitamina C

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta