close
ArtigosMetabolismo

Hábitos que podem prejudicar o funcionamento da tireoide 

Alguns hábitos diários podem estar prejudicando o funcionamento da tireoide e você nem sabe!

A tireoide é uma glândula em forma de borboleta situada na parte frontal do pescoço. Sua tireoide está abaixo do pomo de Adão, ao longo da parte frontal da traqueia. 

A tireoide tem dois lobos laterais, conectados por uma ponte (istmo) no meio. Quando a tireoide está de tamanho normal, você não consegue senti-la.

A tireoide é uma glândula que coordena um grande número de funções em nosso corpo. Para funcionar, ela teria que receber um estímulo que vem da hipófise. A hipófise é uma glândula endócrina, de funções múltiplas, localizada na parte inferior do cérebro.

Então, a hipófise manda um sinal para que a tireoide funcione, esse sinal é um hormônio chamado TSH.

Como a tireoide tem várias funções, o funcionamento da tireoide também pode ser prejudicado por diferentes motivos.

Iodo e o funcionamento da tireoide

Para entender porque esses hábitos prejudicam a tireoide, é interessante conhecer como a tireoide funciona.

A função da glândula tireoide é tomar iodo, encontrado em muitos alimentos, e convertê-lo em hormônios tireoidianos: tiroxina (T4) e triiodotironina (T3). 

As células da tireoide são as únicas células do corpo que podem absorver o iodo. 

Essas células combinam iodo e o aminoácido tirosina para formar T3 e T4. T3 e T4 são então liberados na corrente sanguínea e são transportados por todo o corpo, onde controlam o metabolismo (conversão de oxigênio e calorias em energia).

Você deve saber disso, pois, a grande maioria dos hábitos que prejudicam a tireoide, eles atuam justamente dificultando a absorção do iodo pelo organismo.

Na aula de química, provavelmente, você conheceu a tabela periódica. Pois bem, repare na imagem que na mesma coluna do Iodo, estão também cloro, bromo, flúor e outros elementos que nosso corpo absorve no dia a dia.

Todos esses elementos podem dificultar a absorção do iodo pelo organismo. Por isso, o ideal é limitar o contato excessivo principalmente como flúor e cloro.  

 

Hábitos que prejudicam o funcionamento da tireoide 

1 – Alimentação 

A soja é um tipo de alimento que possui propriedades positivas, mas de modo geral, as propriedades ruins impactam muito o organismo humano. Por isso, o mais recomendado é evitar a todo custo o consumo de soja e derivados.

E em relação ao funcionamento da tireoide a soja também é prejudicial. Isso porque para que a tireoide funcione perfeitamente bem é preciso uma completa absorção de iodo.

No entanto, a soja dificulta essa correta absorção do iodo pelo organismo (1). Além do mais, prejudica outros hormônios e o sistema digestivo.

Elimine o consumo de óleo de soja, soja, tofu e outros derivados.

É muito comum também encontrar profissionais que orientam a redução do consumo de de crucíferos como brócolis, couve e acelga, por exemplo. Isso porque, foi demonstrado que esses vegetais, em certas situações, interferem na maneira como a glândula tireoide usa o iodo (2).

Fato é que, esses alimentos são fundamentais para a saúde geral. E para que esses alimentos interfiram com o iodo e, portanto, a produção de hormônios na tireoide seria necessário consumir uma quantidade excessiva e irreal desses vegetais.

No entanto, ter essa informação é importante para você que tem distúrbios na tireoide pode variar os vegetais que você consome. 

2 – Medicamentos

Outro ponto interessante para prestar atenção quanto aos hábitos diários que prejudicam a tireoide é em relação aos medicamentos. 

Antidepressivos e ansiolíticos geralmente são remédios que possuem compostos químicos que contêm substâncias com maior concentração de flúor e cloro (3). 

Pode observar que geralmente o nome do composto começa com “clor…” ou “fluo…”.

Obviamente, se você está consumindo esses medicamentos é porque você precisa, mas o ideal é que o uso dos medicamentos não seja prolongado.

Sabendo disso, o ideal é conversar com os profissionais que te ajudam no tratamento e pensar em um plano de tratamentos mais natural e que não prejudique a tireoide

3 – Contato com flúor e cloro

O creme dental, a água, a piscina contém concentrações de flúor e cloro que podem sim prejudicar a maneira como o iodo agirá.

Por outro lado, sabemos que o flúor é necessário para a saúde dos dentes, porém, você pode reduzir esse contato e observar se existe uma melhora da função da glândula tireoide

Existem cremes dentais sem flúor e também piscinas em que água não é tratada com cloro.

4 – Qualidade do sono

Uma boa noite de sono reparador  é importante para todos, mas é especialmente importante se você tiver hipotireoidismo, afinal, a fadiga é uma marca registrada da condição.

Como os hormônios da tireoide estão envolvidos em muitos processos corporais, quando estão baixos, você pode ter sintomas diurnos e noturnos, incluindo fadiga durante o dia e sono insuficiente à noite.

Dormir bem vai te ajudar a amenizar os sintomas de fadiga ao longo dia. Para isso, priorize seu sono, mantenha seu quarto fresco, escuro, use óleos essenciais e faça a higiene do sono.

5 – Exercícios físicos

Se você tem hipotireoidismo, fazer qualquer atividade física é provavelmente a última coisa em que você pensa. Afinal, sintomas como fadiga, inchaço e dores nas articulações e nos músculos não fazem você querer se levantar e ir embora.

Porém, fazer exercícios vai te ajudar a se sentir bem melhor! 

Comece por atividades de baixo impacto como:

caminhada é um dos exercícios mais fáceis de fazer, ajuda seu coração bater mais forte e queima cerca de 280 calorias por hora. 

Se você tiver inchaço nos tornozelos ou pés a hidroginástica é uma boa opção, pois a água mantém você para cima e diminui o impacto nas articulações.

A ioga pode alongar e fortalecer os músculos. Além disso, ajuda você a se concentrar na respiração. Um estudo descobriu que pessoas com hipotireoidismo tiveram melhor força pulmonar após praticar respiração de ioga por 6 meses.

Por fim, mas não menos importante, evite o consumo de álcool e outros tipos de drogas.

Aqui no blog tem outros artigos que podem ser úteis para você que tem alguma alteração no funcionamento da tireoide.

Melhores alimentos para tireoide

Glândula Tireoide: Entenda A Sua Importância

Tireoide – Sinais De Problemas Da Glândula Tireoide

Vídeo completo sobre TIREOIDE DE HASHIMOTO

 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : dr. juliano pimentelfuncionamento da tieoidetireoide

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta