close
AlimentaçãoArtigosMetabolismo

Hábitos Saudáveis: Como Ter Uma Vida Longa e Feliz?

Dr Juliano Pimentel

Hábitos saudáveis como: alimentação e estilo de vida podem ser determinantes para a longevidade, e a sensação de felicidade. Para manter a qualidade de vida e viver mais, sua mente, corpo e alimentação precisam estar alinhados.

Lembre-se: tudo está conectado, não adianta cuidar do corpo e esquecer da mente, e vice-versa.

No artigo de hoje, eu mostro os hábitos saudáveis que ajudam você a viver mais e melhor.

Não deixe de ler e compartilhar!

Principais Hábitos Saudáveis

  1. Comer o necessário

habitos-saudaveis-dr-juliano-pimentel-2
Hábitos Saudáveis: Excessos nunca são bons. Imagem: (Divulgação)

Os hábitos alimentares são fundamentais para determinar a longevidade. Existe uma ligação entre a ingestão de calorias e a qualidade de vida.

Pesquisas mostram que uma redução de 10-50% na ingestão normal de calorias, pode aumentar a vida útil máxima e prevenir doenças (12, 3, 4).

A diminuição calórica alimentar está relacionada à redução do excesso de gordura corporal; o excesso de peso e obesidade podem causar doenças que diminuem o tempo de vida (5, 6, 7).

Ao invés de contar calorias, eu sempre aconselho aos meus pacientes que consumam alimentos de verdade, responsáveis por promover a saciedade por mais tempo. Qualidade é mais importante que a quantidade.

  1. Nozes

habitos-saudaveis-dr-juliano-pimentel-3
Hábitos Saudáveis: Nozes contêm proteínas, fibras e antioxidantes. Imagem: (Divulgação)

Nozes são potências nutricionais. Elas são ricas em proteínas, fibras, antioxidantes e compostos de plantas benéficas.

São também uma grande fonte de várias vitaminas e minerais, tais como o magnésio, potássio e vitaminas B6 e E (8).

Vários estudos mostram efeitos benéficos das nozes em doenças cardíacas, pressão arterial elevada, inflamação, diabetes, síndrome metabólica, níveis de gordura da barriga e até mesmo para alguns tipos de câncer (9, 10, 11, 12).

Em relação ao envelhecimento, um estudo recente observou que os indivíduos que consumiam pelo menos 3 porções de nozes por semana tiveram um risco 39% menor de morte prematura (13).

  1. Cúrcuma

Quando se trata de propriedades antienvelhecimento, a cúrcuma (açafrão-da-terra) é sem dúvida, o tempero mais popular. Ela contém um composto bioativo potente, chamado curcumina.

Possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias; a curcumina é benéfica para manter o cérebro, coração e função pulmonar, protege o organismo contra o câncer e combate as doenças relacionadas à idade (1627). 

  1. Atividade física

Ser fisicamente ativo te mantém saudável
Hábitos Saudáveis: Fuja do sedentarismo. Imagem: (Imagem: (Divulgação)

Ser fisicamente ativo (a) aumenta a qualidade de vida, aumenta a disposição, longevidade e previne doenças (28,29).

E mais, algumas pesquisas ligam atividades de alta intensidade à um risco 5% menor de morte precoce, em comparação com atividades de intensidade baixa ou moderada (31).

  1. Não fumar

habitos-saudaveis-dr-juliano-pimentel-7-2
Hábitos Saudáveis: Evite o tabagismo. Imagem: (Divulgação)

O tabagismo está ligado a doenças e à morte precoce (34).

No geral, homens e mulheres que fumam podem perder até 10 anos de suas vidas, e serem três vezes mais propensos à morrer prematuramente, que aqueles que nunca fumaram.

Felizmente, nunca é tarde demais para parar. Um estudo relata que os indivíduos que pararam de fumar aos 35 anos de idade prolongaram suas vidas em até 8,5 anos.

Além disso, parar de fumar aos 60 anos pode adicionar até 3,7 anos a sua vida. (37,38).

O importante é parar de fumar, e adotar um estilo de vida realmente saudável.

  1. Ingerir álcool moderadamente

O consumo abusivo de álcool está ligado a problemas no fígado, coração e pâncreas, assim como um aumento do risco de morte prematura.

Por outro lado, o consumo moderado de álcool é associado à redução várias doenças, bem como uma diminuição de 17-18% no risco de morte prematura (39,40). 

O vinho é benéfico devido ao seu elevado teor de antioxidantes polifenólicos (41).

Aqui o importante é a moderação. Não há qualquer necessidade de começar a beber, caso você não tenha o costume de consumir álcool.

  1. Priorizar a felicidade

Sentir-se bem pode aumentar significativamente sua longevidade. De fato, os indivíduos mais felizes tiveram uma redução de 3,7% em morte prematura durante um período de 5 anos de estudo.

Aqueles que se sentiam mais felizes aos 22 anos de idade, foram 2,5 vezes mais propensos a ainda estarem vivos seis décadas mais tarde. 

  1. Combater o estresse crônico e a ansiedade

tumblr_inline_od1857pft81trxaj1_1280
Hábitos saudáveis: cuide da ansiedade e da depressão. Imagem: (Divulgação)

Ansiedade e estresse podem diminuir significativamente a sua vida útil.

Por exemplo, mulheres que sofrem de estresse ou ansiedade têm probabilidade 2 vezes maior de morrer de doença cardíaca, acidente vascular cerebral ou câncer de pulmão.

Da mesma forma, o risco de morte prematura é até 3 vezes maior para homens ansiosos ou estressados, em comparação com indivíduos mais relaxados (44).

Se você está se sentindo estressado, o riso e o otimismo são dois componentes-chave para a solução. Indivíduos pessimistas têm um risco 42% maior de morte prematura do que as pessoas mais otimistas.

Dar risadas e manter uma visão otimista da vida pode reduzir o estresse, e potencialmente prolongar a sua vida (45).

  1. Cuidar do seu círculo social

Pesquisadores relatam que a manutenção de redes sociais saudáveis aumenta sua longevidade em até 50%.

Ter apenas 3 laços sociais já melhora (e muito) a sua qualidade de vida.

Estudos apontam as interações sociais saudáveis como sendo positivas ao coração, cérebro, hormônios e função imunológica, o que pode diminuir o risco de doenças crônicas (4748).

  1. Aumentar a sua consciência

A consciência aqui refere-se à capacidade de uma pessoa para ser autodisciplinado e organizado.

Com base em dados de um estudo que acompanhou 1.500 meninos e meninas, as crianças que foram consideradas persistentes, organizados e disciplinados; aumentaram sua expectativa de vida em 11% em comparação com as outras crianças (49).

Isso pode ajudar a controlar a pressão arterial e reduzir o risco de problemas psiquiátricos, reduzir o risco de diabetes, problemas cardíacos ou articulares (5051).

Felizmente, a consciência pode ser desenvolvida em qualquer fase da vida, mesmo através de passos pequenos como arrumar a mesa ou planejar o dia seguinte.

  1. Líquidos saudáveis

O café e o chá ajudam a diminuir o risco de doenças crônicas.

Os polifenóis e catequinas encontradas no chá verde podem diminuir o risco de câncer, diabetes e doenças cardíacas.

Da mesma forma, o consumo de café com moderação, pode ajudar a reduzir o risco de diabetes de tipo 2, doença cardíaca, alguns tipos de câncer e doenças cerebrais, tais como a doença de Alzheimer e de Parkinson (52).

Só vale ressaltar que o excesso de cafeína também pode causar ansiedade e insônia, então é bom moderar a sua ingestão.

E, claro, procure não adoçar as bebidas, assim os chás podem te auxiliar também a emagrecer de forma saudável.

  1. Boa noite de sono

O sono é crucial para regular a função celular e ajudar seu corpo a se curar.  

Um estudo recente relata que a longevidade está ligada a padrões de sono regulares, como ir para a cama e acordar na mesma hora todos os dias (53).

Dormir bem faz parte dos hábitos saudáveis que todos devem aderir.

A duração do sono também parece ser um fator importante.

Os pesquisadores acreditam que dormir muito pouco, pode causar inflamação e aumentar o risco de diabetes, doenças cardíacas e obesidade. 

Por outro lado, o sono excessivo pode estar ligado à depressão, desemprego, baixa atividade física e condições de saúde não diagnosticados, que podem afetar negativamente a sua vida.

A longevidade é parcialmente determinada pela genética.

No entanto, uma grande parte de quanto tempo você vive e da sua qualidade de vida está dentro do seu controle. Se você quiser chegar à velhice com saúde, certifique-se de colocar essas dicas em prática.

 

Mas se você quer mesmo aumentar a longevidade, a sensação de felicidade, prevenir doenças e muitos outros benefícios; eu tenho um convite especial para você!

A sua saúde precisa de atenção, e mesmo que você consuma de vez em quando alguns alimentos naturais, isso não é bastante para garantir a boa saúde e a prevenção de doenças.

Se você costuma comer alimentos industrializados e processados, está à um passo ver a sua saúde minguar aos poucos.

Eu desenvolvi um e-book feito especialmente para ajudar você a fazer essa transformação, com todas as informações que você precisa e um guia passo a passo para implementar.

Você ainda vai ter acesso aos Bônus Exclusivos!!

Clique na imagem abaixo e adquira agora o meu livro digital:

VIVA MELHOR SEM GLÚTEN V2.0

Ebook Viva Sem Glúten, Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

BAIXE AGORA O MEU GUIA COM OS
10 MELHORES CHÁS PARA EMAGRECER!

[/vc_column_text]

[/vc_column][/vc_row]

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : antioxidantescúrcumacurcuminadiabetesdoenças crônicasdr. juliano pimentelexcesso de gordura corporalhábitos alimentareshábitos saudáveislongevidademineraisníveis de gordura da barriganozesricas em proteínassaciedadesaúdevida longa e feliz

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta