close

No artigo de hoje vou falar sobre os benefícios da lavanda.

Vou compartilhar a razão pela qual a lavanda é tão amplamente usada e a sua enorme variedade de aplicações, desde fragrâncias, cosméticos e ervas medicinais.

Esta planta é cheia de óleos essenciais que podem ter efeitos poderosos no corpo humano e tem os perfumes mais originais e amados do mundo.

Benefícios da lavanda

Como a maioria das plantas medicinais, a lavanda contém diferentes substâncias ativas, e são os efeitos combinados dessas substâncias químicas que fazem com que essa planta funcione como um mecânico de automóveis experiente: hábil em afinar minuciosamente todo o corpo para fazê-lo funcionar sem problemas.

Para lavanda, os produtos químicos são:

  • polifenóis como o ácido rosmarínea
  • flavonoides como apigenina
  • aromas voláteis
Benefícios da lavanda
Benefícios da lavanda

Os principais componentes que aliviam a ansiedade são o linalol e o linalil acetato. Eles também são encontrados em outras plantas aromáticas relaxantes, incluindo frutas cítricas, como laranja amarga (neroli).

O óleo de lavanda também contém os terpenos cineole e cânfora. Estes também são encontrados em sálvia e alecrim europeus que aumentam a memória.

Ao comprar óleo essencial de alfazema, veja se você pode perguntar sobre sua formulação química. A composição dos óleos essenciais pode variar dependendo de muitos fatores (como o tempo de colheita), e um pouco de óleo pode ser adulterado com produtos químicos sintéticos.

O que a ciência diz para nós

Em 2017, foi publicado um artigo, em que sugeriram que os óleos essenciais devem ser “desenvolvidos como agentes multi-potentes contra distúrbios neurológicos, com melhor eficácia, segurança e custo-efetividade”(1).

Então, podemos usar a alfazema para proteger contra os estragos de distúrbios neurológicos? Há certamente um caso de medicina preventiva em todas as suas formas. E podemos começar a olhar para as plantas a partir de uma perspectiva científica. Os ensaios clínicos utilizam principalmente o óleo essencial, seja em forma de cápsula, inalado ou aplicado topicamente.

Embora muitos desses estudos usem amostras pequenas, a perspectiva da lavanda é muito promissora.

Mais benefícios da lavanda para a saúde

O cheiro e o sabor da alfazema são maravilhosos, mas o bônus vem de sua ampla gama de benefícios para a saúde, que exploraremos mais detalhadamente abaixo.

Reduz Ansiedade e Estresse

A lavanda pode ser usada para aliviar a ansiedade e o estresse. Já que, os compostos orgânicos naturais em suas folhas e flores podem ser moídos entre os dedos e esfregados nas têmporas. Esta aplicação tópica pode acalmar o corpo, bem como a mente, aliviando pensamentos ansiosos e equilibrando o humor. Além desta aplicação tópica, você também pode preparar o chá de alfazema e obter o mesmo efeito. Afinal, os componentes antioxidantes podem afetar o sistema endócrino para diminuir os níveis de hormônios do estresse no corpo.

Trata questões do sono

Se você luta regularmente com insônia, apneia ou padrões de sono inquietos, isso pode afetar negativamente sua vida. No entanto, ao preparar algumas flores de lavanda em água quente, você pode tomar um maravilhoso chá que foi usado para induzir o sono e relaxamento por milhares de anos.

Isso está intimamente ligado ao impacto da flor no sistema nervoso e também pode ajudar a limpar a mente de pensamentos negativos. Por esse motivo, é comumente usado em técnicas de meditação e seus óleos essenciais são usados ​​na aromaterapia .

Qualidades anti inflamatórias da lavanda

Todo mundo está procurando uma maneira confiável de relaxar o corpo e a mente, e a alfazema cuida dos dois. Se você adicionar passar o óleo de lavanda em seu corpo, por exemplo, e tomar um longo banho, os componentes anti inflamatórios podem ajudar a reduzir a inflamação. Isso acontece porque, as propriedades antioxidantes da lavanda são bastante potentes e é uma das aplicações mais confiáveis ​​de suas flores.

Cuidados com a pele

Uma maneira fácil e móvel de cuidar da sua pele é encher um frasco de spray com flores de lavanda (2). Quando sua pele estiver se sentindo seca ou irritada, por exemplo, simplesmente borrife um pouco da água infundida na área e aproveite o alívio rápido que ela proporciona. Isso também pode funcionar para condições crônicas como psoríase, bem como, eczema e acne.  

Protege a saúde do coração

As qualidades relaxantes de lavanda, que vêm a partir dos seus compostos orgânicos e antioxidantes, também ajuda o coração pela redução da pressão sanguínea e aliviar a tensão sobre os vasos sanguíneos (3). Além do mais, isso pode prevenir a aterosclerose e outros problemas cardiovasculares, diminuindo assim o risco de derrame e ataque cardíaco.

Previne Problemas Digestivos

Os polifenóis encontrados na lavanda têm uma ampla gama de efeitos no corpo. Afinal, eles podem prevenir o desenvolvimento de bactérias nocivas e o acúmulo de gases no intestino. Isso aliviará o desconforto estomacal, reduzirá o inchaço e eliminará cólicas. Mastigar as folhas ou beber chá também pode ser eficaz.

Formas disponíveis de lavanda

Preparações comerciais de lavanda são realizadas a partir de flores secas e os óleos essenciais da planta de alfazema. A seguir estão as várias formas de lavanda disponíveis no mercado:

  • Géis de banho
  • Assim como, Extratos
  • Óleo de aromaterapia
  • Sabonetes e loções, por exemplo
  • Chás
  • Bem como, Infusões
  • Por fim, Flores inteiras e secas

Tipos de lavanda

Dois dos tipos mais conhecidos de lavanda são alfazema (Lavandula latifolia) e lavanda verdadeira (Lavandula angustifolia), ambos com valor terapêutico.

  • Alfazema

Esta variedade tem folhas largas e um teor mais alto de 1,8-cineole (também chamado eucaliptol) e cânfora, tornando-a menos agradável. Ela produz três vezes a quantidade de óleo como lavanda verdadeira.

  • Alfazema francesa

Esta variedade tem folhas mais estreitas com pequenas flores escuras e é mais perfumada e aromática.

Embora, não seja comumente considerado uma substância alergênica, se você é suscetível a alérgenos na família das mentas, você pode experimentar os efeitos colaterais negativos do uso de lavanda também. Estes são geralmente de natureza leve e incluem constipação, dor de cabeça e aumento do apetite, enquanto a aplicação tópica pode causar irritação e vermelhidão. Por isso, preste atenção ao seu corpo quando fizer o uso da lavanda.

Abraços e fique com Deus.

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alfazemabenefícios da lavandabeneficios das plantasbenefícios de chásbenefícios plantas medicinaisbenefpicios da alfazemacháschás medicinaislavandaóleo essencialóleo essencial de lavandaóleos essenciaisplantas medicinais

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta