close
AlimentaçãoArtigos

Saúde da Pele: Conheça os 9 Melhores Alimentos

Dr Juliano Pimentel

A nutrição é importante para a saúde. Uma dieta insalubre pode danificar o metabolismo, causar ganho de peso, afetar órgãos como o coração e fígado e ainda prejudicar a saúde da pele.

Comendo os alimentos adequados, você cuida do seu corpo, de dentro para fora.

Como eu sempre falo, o que você come pode afetar significativamente a saúde e o envelhecimento de sua pele.

Neste artigo, eu compartilho os 10 melhores alimentos para manter sua pele saudável.

Não deixe de ler e compartilhar.

Confira quais são os alimentos que ajudam a deixar sua pele mais bonita.

Saúde da Pele e a Alimentação

Existem alimentos naturais apropriados para melhor a saúde da pele.

  1. Peixe

Peixes gordos, como salmão, cavala e arenque, são excelentes alimentos para a pele saudável. Eles são fontes de ácidos graxos essenciais omega-3, que são importantes para a manutenção da saúde da pele (1).

Ácidos graxos essenciais são necessários para manter a pele espessa, flexível e hidratada. Na verdade, uma deficiência em gorduras omega-3 pode causar pele seca (2).

As gorduras omega-3 encontradas nos peixes reduzem a inflamação, que pode ser a causa de vermelhidão e acne, e pode até mesmo tornar sua pele menos sensível aos raios solares prejudiciais do sol (3).

Alguns estudos descobriram que esses peixes podem ajudar a combater doenças inflamatórias e autoimunes que afetam a pele, como psoríase e lúpus (4).

Peixes gordos são também fonte de vitamina E, que é um dos mais importantes antioxidantes para a pele.

Consumir vitamina E suficiente é essencial para proteger a pele contra os danos causados por radicais livres e inflamação (5).

Eles também são uma fonte de proteína de alta qualidade, que são necessária para construir as proteínas estruturais que mantêm a força e a integridade da pele.

Por último, o peixe é fonte de zinco, um mineral importante para a regulação da inflamação, a produção de novas células da pele e sua saúde geral.

A deficiência de zinco pode levar à inflamação da pele, lesões cutâneas e cicatrização retardada da ferida (6).

  1. Abacate

Os abacates são ricos em gorduras saudáveis. Estas gorduras beneficiam muitas funções em seu corpo, incluindo a saúde de sua pele (7).

Obter o suficiente dessas gorduras é importante para manter a pele flexível e hidratada.

Um estudo feito com mais de 700 mulheres descobriu que a alta ingestão de gordura total, especificamente os tipos de gorduras saudáveis encontradas nos abacates estavam associadas à uma pele mais flexível e saudável (8).

Evidências preliminares também mostram que os abacates contêm compostos que podem proteger a pele contra danos causados pelo sol, que podem causar sinais de envelhecimento, como rugas (9).

Eles são também uma boa fonte de vitamina E, que é um antioxidante importante que ajuda a proteger a pele dos danos oxidativos. A vitamina E é também um nutriente que falta para a maioria da população.

Curiosamente, a vitamina E parece ser ainda mais eficaz quando combinada com vitamina C.

A vitamina C é igualmente essencial para a pele saudável. Sua pele precisa dela para criar colágeno, que é a principal proteína estrutural que mantém sua pele forte e saudável (11).

A deficiência de vitamina C é rara atualmente, mas os sintomas comuns incluem seca, áspera, pele escamosa e hematomas.

A vitamina C é também um antioxidante que protege a sua pele dos danos oxidativos causados pelo sol e radicais livres, que causam sinais de envelhecimento.

  1. Nozes

Nozes têm muitas características que as tornam um alimento excelente para a pele saudável. Elas são uma boa fonte de ácidos graxos essenciais, que são gorduras que seu corpo não pode produzir.

Na verdade, elas são mais ricas também em ácidos graxos omega-3 e omega-6 (13).

Uma dieta rica em gorduras omega-6 promove a inflamação, incluindo as condições inflamatórias da pele como a psoríase. As gorduras omega-3, por outro lado, ajudam a reduzir a inflamação no corpo, incluindo na pele (14).

Enquanto os ácidos graxos omega-6 são abundantes na dieta ocidental, fontes de ácidos graxos omega-3 são raros. Nozes contêm uma boa proporção desses ácidos graxos, e pode, portanto, combater a resposta inflamatória.

Além do mais, as nozes contêm outros nutrientes que sua pele precisa para funcionar adequadamente e permanecer saudável.

Um desses nutrientes é o zinco, que é essencial para que a pele funcione adequadamente como barreira, bem como para cicatrização de feridas e combate a bactérias e inflamações (15).

Nozes também contêm pequenas quantidades de antioxidantes vitamina E, vitamina C e selênio, além de 4-5 gramas de proteína.

  1. Batata-doce

O betacaroteno é um nutriente encontrado nas plantas. Ele pode ser convertido em vitamina A no corpo, e é encontrado em laranja e vegetais, como cenoura, espinafre e batata-doce (16).

Elas são uma excelente fonte desse nutriente. Carotenoides como betacaroteno ajudam a manter a pele saudável, agindo como um protetor solar natural.

Quando consumido, este antioxidante é incorporado em sua pele e protege as células da exposição do sol. Isso pode ajudar a prevenir queimaduras solares, morte celular e os efeitos resultantes da pele seca e enrugada.

  1. Pimentões vermelhos ou amarelos

Como a batata-doce, o pimentão é uma excelente fonte de betacaroteno.

Eles também são uma das melhores fontes de vitamina C, antioxidante que é necessário para a criação do colágeno de proteína, que mantém a pele firme e forte.

Um copo de pimentão fornece um impressionante 317% da RDI para a vitamina C (17).

Um grande estudo observacional feito em mulheres descobriu que comer muita vitamina C foi associado com uma menor chance de pele enrugada e seca.

  1. Brócolis

O brócolis está cheio de muitas vitaminas e minerais importantes para a saúde da pele, incluindo zinco, vitamina A e vitamina C (18).

Ele também contém luteína, um carotenóide que funciona como betacaroteno. Ele protege a pele de danos oxidativos, que podem fazer a pele ficar seca e enrugada. Cuidam da saúde da pele e de outras áreas do seu organismo.

Mas os brócolis também contém um composto especial chamado sulforafano, que parece ter alguns benefícios impressionantes para a saúde. Pode até ter efeitos anticancerígenos, inclusive em alguns tipos de câncer de pele (19).

Sulforaphane é também um poderoso agente protetor contra danos causados pelo sol. Funciona de duas maneiras: neutralizando os radicais livres nocivos e ativando outros sistemas de proteção no corpo (20).

No laboratório, o sulforafano reduz o número de células da pele mortas pela luz UV em até 29%, e a proteção dura até 48 horas. Há também evidências de que ele ajuda a manter os níveis de colágeno na pele (21).

  1. Tomate

Os tomates são uma grande fonte de vitamina C e contêm todos os principais carotenóides, incluindo licopeno, eles podem ajudar a melhorar a saúde a pele também.

Betacaroteno, luteína e licopeno protegem a pele contra danos causados pelo sol e também podem ajudar a prevenir o enrugamento (22).

Porque os tomates contêm todos os carotenóides principais, são um alimento excelente para manter a pele saudável.

No entanto, os carotenóides precisam de gordura para ser absorvido, por isso certifique-se de com azeite ou outra gordura.

  1. Chocolate escuro

Os efeitos do cacau na pele são bastante impressionantes. Um estudo descobriu que após consumir cacau por 6-12 semanas, os participantes experimentam uma pele mais espessa e hidratada.

A pele também se tornou menos áspera e escamosa, menos sensível a queimaduras solares e com melhor fluxo sanguíneo, o que traz mais nutrientes para a pele (25).

Vários outros estudos têm produzido resultados semelhantes, incluindo melhorias no aparecimento de rugas (26).

A evidência mostra que o cacau pode ser uma ferramenta poderosa para manter sua pele nova e protegida de danos.

Escolha o chocolate amargo com pelo menos 70% de cacau.

  1. Chá Verde

Outro alimentos natural que pode ajudar a saúde da pele é o chá verde. O chá verde também pode ter a capacidade de proteger sua pele de danos e envelhecimento.

Os compostos poderosos encontrados no chá verde são chamados de catequinas, e eles trabalham para proteger e melhorar a saúde de sua pele de várias maneiras.

Como vários outros alimentos que contêm antioxidantes, o consumo regular de chá verde pode ajudar a proteger sua pele contra os danos causados pelo sol (27).

Um estudo de 12 semanas feito com 60 mulheres descobriu que beber chá verde diariamente poderia reduzir a vermelhidão da exposição ao sol em até 25%. Também melhorou a umidade, rugosidade, espessura e elasticidade da pele (30).

Embora o chá verde seja uma ótima opção para a pele saudável, evite bebê-lo com leite. Há evidências de que o leite pode reduzir os efeitos benéficos de seus antioxidantes (31).

O que você come pode ter um efeito enorme na saúde de sua pele.

Certifique-se de que você está recebendo nutrientes essenciais suficientes para proteger a pele. Os alimentos nesta lista são ótimas opções para manter sua pele saudável, e são todos nutritivos de de verdade.

A saúde da pele é uma resposta á saúde do seu organismo, e ao tipo de alimentação que você consome.

E se você quer aumentar ainda mais a sua ingestão de nutrientes, experimente os sucos detox. Preencha o formulário abaixo e veja o Guia GRATUITO com as 10 melhores receitas de suco detox para incluir já na sua alimentação.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

BAIXE AGORA O MEU GUIA COM OS
10 MELHORES SUCOS DETOX PARA EMAGRECER COM SAÚDE!!

[/vc_column_text]

[/vc_column][/vc_row]

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : abacatesalimentosantioxidantebrócolischá verdechocolate escurocolágenodeficiência de zincodestaquedr. juliano pimentelGorduras ômega-3gorduras saudáveisluteínanutrientespelepele flexívelPimentões vermelhosprotege as célulasproteger a pelerugassaúdesaúde da pelesinais de envelhecimentovitamina Cvitamina e

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta