https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close

Não há como negar, as toxinas estão presentes no nosso dia a dia. Praticamente todo mundo está exposto a poluentes orgânicos.

As toxinas estão em casa, na comida, no ar, nos produtos, enfim…. elas se fazem presentes o tempo todo.

Identificar essas toxinas é o primeiro passo para entender como evitar o contato com elas.

Afinal, ter o inimigo visível é a melhor forma de lutar contra ele.

Neste artigo listei algumas considerações importantes sobre as toxinas e claro, o que você pode fazer para evitar o mal delas. 

Onde estão as toxinas?

As toxinas prejudicam o funcionamento do sistema imune.
As toxinas prejudicam o funcionamento do sistema imune.

A toxina é uma substância estranha e prejudicial que entra no corpo. Se não for removida pelo sistema imunológico, pode ser armazenada no corpo por anos sem mostrar nenhum sinal de que está lá. 

Inicialmente os sintomas podem não ser evidentes. Mas o acúmulo por um longo período de tempo, o corpo pode sinalizar a necessidade de uma desintoxicação.

Aqui no blog tem um artigo com os principais sinais de que seu corpo precisa de um detox, confira!

Mas, afinal, de onde vêm as toxinas?

Toxinas ambientais

Essas toxinas geralmente vêm de locais industriais onde há carros, poluição da água e do ar, radiação, pesticidas e herbicidas, por exemplo.

Além disso, elas estão também em produtos de limpeza, sprays para cabelo, perfumes e maquiagens que podem ser encontrados em casa.

Por esse e outros motivos é determinante para sua saúde saber a procedência dos alimentos e água que você e sua família consomem.

Em relação à poluição do ar, por exemplo, você pode fazer a esfoliação e limpeza da pele. E claro, evitar ficar próximo a fumaça de automóveis.

Além do mais, atualmente existem uma infinidade de produtos de beleza veganos e não tóxicos. Por isso, leia os componentes dos produtos que você usa. Afinal, eles podem estar prejudicando sua saúde e você nem percebe.

Toxinas do estilo de vida

As toxinas do estilo de vida geralmente vêm de produtos químicos que colocamos em nosso corpo. Açúcar, remédios controlados, alimentos processados, álcool, cafeína e tabaco, por exemplo.

Açúcar é muito tóxico para seu organismo, evite ao máximo alimentos ricos em açúcar. Uma dica é começar pelas bebidas, pare com o refrigerante e com os sucos. Além disso, elimine o açúcar do café e do chá. Esse é o primeiro passo para ter uma vida mais leve e um corpo menos tóxico.

Tomar medicamento específico para tratar uma situação na sua vida, ok. Agora, chegar ao ponto de tomar remédio controlado é péssimo para você. Quase todas as doenças podem ser evitadas, ou tem seus sintomas melhorados através de hábitos saudáveis.

Confira aqui alguns artigos que podem te ajudar a se livrar dos remédios de uso controlado.

  1. Diabetes como tratar
  2. Pressão alta
  3. Pare de tomar prazol

Reações metabólicas

Quando nossos corpos começam a quebrar proteínas, açúcares e gorduras, por exemplo, eles naturalmente começam a produzir lixo tóxico. 

Quando uma dieta não contém nutrientes suficientes, por exemplo, as toxinas se acumulam no corpo.

Sendo assim, uma dieta balanceada é necessária para seu corpo funcionar. Por isso sempre falo que o que você come determina a sua saúde. Isso não é balela, é a verdade.

A principal função da alimentação é a nutrição. Você precisa portanto, ingerir alimentos de qualidade.

Micróbios intestinais

As toxinas impactam o funcionamento intestinal.
As toxinas impactam o funcionamento intestinal.

O trato gastrointestinal está cheio de leveduras e bactérias que ajudam na digestão dos alimentos pelo corpo. 

Quando há um crescimento excessivo de bactérias no trato intestinal, as toxinas entram na corrente sanguínea e resultam em vários problemas de saúde.

No entanto, comer alimentos probióticos ajuda a controlar as bactérias intestinais. Tanto o açúcar, quanto o glúten são altamente inflamatórios intestinais, por isso, evite esses ingredientes na sua alimentação. 

Toxinas emocionais

Não são as circunstâncias estressantes que nos prejudicam, mas nossa reação às circunstâncias. 

A nossa reação nos primeiros 60 segundos durante um evento estressante determinará se vamos lidar com ele de forma positiva ou negativa. 

As “emoções tóxicas” são tão prejudiciais quanto uma toxina física. Algumas das emoções tóxicas mais comuns são amargura, raiva, tristeza, falta de perdão, ciúme, culpa, vergonha e até mesmo medo e rejeição.

Todos esses sentimentos afetam os sistemas nervoso e hormonal, que afetam a capacidade de desintoxicação do corpo.

Por isso, é importante cuidar até mesmo de como você reage à vida. Meditação e yoga, por exemplo,  melhoram a clareza mental para lidar com situações difíceis.

Por que são tão perigosas

Os Bifenilos policlorados ( PCB ), conhecidos também por Ascarel, são compostos orgânicos sintéticos. 

Eles são contaminantes de todo o ecossistema global, incluindo o ar, água, solo, plantas, animais, seres humanos e alimentos, por exemplo.

Essa toxina está presente em tinturas e agrotóxicos, por exemplo. Ainda que seu uso não seja regularizado, esse composto é lipofílico. Ou seja, ele se acumula na cadeia alimentar.

E são detectados nos mais diversos tipos de alimentos com bastante frequência. Aliás, essa é a principal fonte de contaminação dos seres humanos (1). 

O grande problema, é que os PCBs demonstraram suprimir nosso sistema imunológico e diminuir a função da tireoide. Além do mais, eles são classificados como ​​carcinógenos.

Sem contar que a exposição também pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, hipertensão e diabetes. Alguns estudos mostraram que a exposição ao PCB está associada a problemas cognitivos e à capacidade de aprender e lembrar.

Toxinas nos alimentos

Pesticidas causam doença de Parkinson, ansiedade, assim como depressão, TDAH, leucemia e linfoma não-Hodgkin.

Já os corantes alimentares artificiais aumentam os sintomas de TDAH em crianças. Os nitratos e nitritos podem interferir na função da tireoide e aumentar o risco de certos tipos de câncer.

Por fim, hormônio do crescimento e drogas antibacterianas usadas em gado, encontradas em alguns tipos de carne, aumentam ainda mais a carga tóxica no corpo.

De maneira geral, não podemos considerar as exposições a toxinas individualmente. Afinal, estamos expostos a muitas toxinas ao mesmo tempo.

As toxinas têm um efeito aditivo no corpo e podem levar muitos anos para manifestar os sintomas. Algumas substâncias tóxicas solúveis em gordura se sequestram nos tecidos do corpo e aí permanecem por anos.

Este acúmulo de tóxicos nos tecidos pode fazer com que as pessoas sejam expostas a doses mais altas do que a concentração do ambiente sugere.

Por isso, o detox a cada 3 meses é uma opção para equilibrar o organismo. Confira como você pode fazer o detox!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentação tóxicatóxicotoxinas

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta

7 saúdes com Dr. Juliano Pimentel