https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close

Meu filho vai nascer! E Agora? A emoção sempre toma conta quando está perto do bebê chegar.

Mas, e a parte prática? Você se preparou?

Quando o parto está próximo, tudo que foi planejado e cuidado intenso  ao longo de meses, está prestes a se concretizar. O bebê vai chegar. Com toda sua luz, alegria, amor; mas também com todo o choro, cólica, refluxo e todas as dúvidas e medo.

Esse artigo foi coproduzido com a médica Júlia Salgado Braga.

Leia até o final e compartilhe com sua amiga que está a espera do bebê.

Como se preparar para a chegada do bebê?

O bebê vai vai nascer!
O bebê vai vai nascer!

A melhor forma de se preparar para esse momento é com a consulta pediátrica neonatal.

Ao se consultar com o pediatra os pais conseguem saber exatamente o que esperar nos momentos seguintes do parto, podem tirar todas as dúvidas sobres os primeiros dias de vida de seu filho além de já deixar programado o acompanhamento pediátricos neonatal,  tendo a segurança de saber quem procurar em caso de uma emergência com seu novo bebê.

Agora que o bebê vai nascer alguns pontos importantes se destacam nessa nova empreitada:

 

  • mala do hospital
  • como preparar o ambiente domiciliar para chegada do bebê
  • como preparar irmãos mais velhos para a chegada do filho caçula
  • preparação de mamas e orientação quando a amamentação
  • que medicações ter para caso de urgência
  • o que fazer em caso de choro incoercível
  • como cuidar do coto umbilical
  • o que fazer se o bebê não quiser mamar
  • vacinas e exames iniciais
  • visitas e rotina nos primeiro dias de vida

Todas essas situações precisam ser perguntadas para o médico que está fazendo o acompanhamento com a família.

Afinal, são informações que precisam estar bem esclarecidas, principalmente se for o primeiro bebê da família.

Meu filho vai nascer, o que eu faço?

A espera de nove meses pelo bebê faz com que o olhar dos pais e da família se fixe totalmente para o novo membro da família.

No entanto, é fundamental que a mãe se prepare para o pós parto também. Se o bebê vai nascer, significa também que uma mãe recém parida vai existir neste ambiente.

Sendo assim, tão importante quanto se preparar física e emocionalmente para os cuidados com um recém nascido. É fundamental se preparar para esse nova fase com o bebê já fora da barriga.

A transição da gravidez para o pós-parto, que traz consigo uma variedade de novos sintomas e questões.

A primeira informação que você precisa saber é que, independente da via de parto, as primeiras seis semanas  após o parto são consideradas um período de “recuperação”. 

Mesmo que você tenha tido o parto mais fácil já registrado é preciso pensar que seu corpo foi esticado e estressado ao máximo. Sendo assim, precisa de uma chance de se recompor. 

O que esperar pós parto?

Vai nascer um bebê, vai nascer uma mãe.
Vai nascer um bebê, vai nascer uma mãe.

Não dá para saber como será o seu pós parto, afinal, por mais planejado que já esteja, até mesmo o parto pode mudar. Vale lembrar que cada nova mãe é diferente, então cada mulher se recupera em um ritmo e com sintomas pós-parto diferentes.

A maioria deles desaparece dentro de uma semana, enquanto outros como mamilos doloridos, dores nas costas e às vezes perineais podem continuar por semanas, por exemplo. Além disso, sintomas como seios gotejantes ou dor nas costas podem permanecer até o bebê ficar um pouco mais velho.

Dores

Se você teve um parto vaginal, provavelmente sentirá dor no períneo. A recuperação pode levar de três semanas se você não rasgou a seis semanas ou mais se você teve uma ruptura perineal ou uma episiotomia.

Por outro lado, se você teve parto cesáreo, a dor vai estar na cicatriz. É importante passar os primeiros três a quatro dias após o parto se recuperando. Geralmente leva de quatro a seis semanas até que você se sinta de volta ao normal. Dependendo se você empurrou e por quanto tempo, também pode ocorrer alguma dor perineal.

Órgãos soltos

Outro sintoma muito comum, é a sensação de que os órgãos estão soltos. Para amenizar essa sensação desconfortável você pode usar cintas ou calcinhas com cintura alta para prender a barriga.

Sangramento

Já o sangramento pós-parto pode durar até seis semanas. Será um período muito intenso feito de restos de sangue, tecido do útero e muco. O sangramento é mais intenso nos primeiros três a 10 dias. Depois vai diminuindo gradualmente, passando de vermelho a rosa, a marrom e a branco-amarelado.

Se você detectar coágulos grandes ou sangrar por mais de um absorvente a cada hora, chame seu médico imediatamente para descartar hemorragia pós-parto, por exemplo. Durante esse tempo, os absorventes internos estão proibidos, então você terá que confiar nos absorventes.

Intestino

A primeira evacuação pós-parto pode demorar, mas é importante não forçar. Para melhorar, coma muitos alimentos ricos em fibras (grãos inteiros, frutas, vegetais). Além disso, faça caminhadas e use amaciantes suaves de fezes para se manter regular. Evite forçar, o que não é bom para lacerações perineais ou cicatriz de cesariana, se houver.

Seios

Seja gentil com seus seios. Para seios doloridos, tente usar uma compressa quente ou compressas de gelo e uma massagem suave. Além disso, use um sutiã de amamentação confortável. Se estiver amamentando, deixe seus seios arejarem após cada sessão de amamentação e aplique um creme de lanolina para prevenir ou tratar os mamilos rachados.

Durante esse processo é importante ter pessoas que te ajudam a cuidar do bebê e a cuidar de si mesmo. Inclusive o acompanhamento médio é essencial.

Eu desenvolvi a fórmula do PURE DETOX, um suplemento que vai desinflamar e detoxificar o organismo, promovendo o combate às doenças do estilo de vida e queima de gordura.

Nele você encontra a quantidade de magnésio ideal para promover a saúde do seu corpo.

Conheça o PURE DETOX

Abraços e fique com Deus. 

Dr. Juliano Pimentel 

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : bebêgestanterecém nascidovai nascer

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta