close
ArtigosNotícias

Você provavelmente toca seu rosto 16 vezes por hora: veja como parar de tocar no rosto

Todos fazemos isso. Tocamos nossos rostos inúmeras vezes todos os dias. Coceira no nariz, nos olhos, na boca. No entanto, tocar no rosto pode aumentar significativamente o risco de infecção por vírus da gripe ou resfriado, mas principalmente do novo coronavírus.

Sua boca e olhos são áreas em que os vírus podem entrar no corpo com mais facilidade, e basta tocar neles com um dedo que já está infectado.

Duas maneiras de transmitir uma infecção

De acordo com os centros de controle e prevenção de doenças (CDC), o novo coronavírus, também chamado SARS-CoV-2, é transmitido de pessoa para pessoa, como muitas outras infecções respiratórias (1).

Isso inclui gotículas respiratórias produzidas quando alguém espirra e inspira nos pulmões de outras pessoas, tocando uma superfície contaminada por vírus e usando essa mão para tocar no rosto, principalmente seus olhos ou boca.

Embora possamos evitar facilmente estar perto de alguém que está obviamente doente ou tomar precauções contra vírus no ar usando uma máscara, é quase impossível evitar o vírus quando está na superfície.

Pare de tocar no rosto

Os cientistas que pesquisam esse comportamento descobriram que as pessoas estão constantemente tocando seus rostos.

Em um Estudo de 2008 Trusted Source, 10 indivíduos foram observados sozinhos em um ambiente de escritório por 3 horas (2). Os pesquisadores descobriram que tocavam o rosto uma média de 16 vezes por hora.

Outro estudo de 2015 Trusted Source observaram 26 estudantes de medicina de uma universidade da Austrália para descobrir que tocavam o rosto 23 vezes por hora (3). Quase metade dos toques no rosto envolvia a boca, nariz ou olhos, que são os caminhos mais fáceis para vírus e bactérias entrarem em nosso corpo.

Até mesmo profissionais médicos, foram encontrados tocando em seus rostos uma média de 19 vezes em 2 horas, sendo inconsistentes em observar a higiene adequada das mãos (4).

Lavar as mãos é fundamental

Então, tomamos precauções como lavando as mãos frequentemente e usando pelo menos 20 segundos para fazer isso (5). Mas isso só pode ajudar se também evitarmos tocar nossos rostos, pois não há como saber quando você pegou um passageiro minúsculo e potencialmente mortal.

De acordo com o CDC, a lavagem eficaz das mãos consiste em cinco etapas simples:

  • molha
  • passa sabão
  • esfrega
  • enxágua
  • seca

No entanto, lavar as mãos não é suficiente se você tocar no rosto com muita frequência, pois a chance de  contaminar nossas mãos entre as lavagens são extremamente altas. Basta tocar em uma maçaneta ou superfície semelhante e você corre o risco de infecção novamente.

Um novo anel, jóias ou até mesmo um elástico no pulso, por exemplo pode servir como lembrete para aumentar a conscientização das mãos e, idealmente, lembrar de não tocar seu rosto. Algo precisa ser diferente, no entanto, para incentivar comportamentos ‘diferentes’ e não automáticos.

Parar de tocar no rosto é um hábito que você pode quebrar

Confira as seguintes dicas para evitar tocar seu rosto durante o surto de coronavírus.

  • Esteja atento à sua intenção de manter as mãos afastadas do rosto. Apenas uma breve pausa pode te ajudar a ter mais consciência do que está fazendo com as mãos.
  • O que pode ajudar também é colocar lembretes como Post-it em sua casa ou escritório, para que você possa vê-los e lembrar que deseja manter as mãos afastadas do rosto.
  • Use de um desinfetante para as mãos perfumado ou um sabonete perfumado para ajudar a lembrar de manter as mãos afastadas do rosto. O cheiro chamará sua atenção para a localização das suas mãos.
  • Se você estiver em uma reunião ou sentado em uma aula, entrelace seus dedos e mantenha as mãos no colo.
  • Finalmente, se você sabe que costuma tocar seu rosto, usar luvas pode ser um lembrete físico eficaz.

Você pode usar luvas quando estiver em público e com maior probabilidade de ser exposto ao tocar em superfícies com o vírus. Assim que chegar ao seu destino descarte as luvas. Pode ser incomum, mas usar luvas em casa também pode te ajudar a quebrar o hábito de tocar seu rosto.

Por fim…

Seus olhos, nariz e boca são os caminhos mais fáceis para um vírus como o SARS-CoV-2 entrar no corpo.

Basta tocar essas áreas com as mãos depois de entrar em contato com a doença na superfície em que tocou.

Não importa com que frequência você lava as mãos, não é o suficiente para impedir a transmissão de uma infecção no seu sistema.

A melhor medida preventiva é evitar tocar o rosto o máximo possível. Além disso, você pode preparar seu sistema imunológico para evitar que o vírus tenha força em seu organismo.

A melhor maneira de fazer isso é eliminando o que prejudica seu corpo e inserir bons alimentos cheios de vitaminas que vão elevar sua imunidade.

>> Conheça o Detox 7 Dias.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : coçar o rostocoronacoronavírusgripemais saúderesfriadoresfriado comumsaúdetocar no rostovírus

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

5 Comentários

  1. Acho esses artigos maravilhosos. Sempre que aparece p min, leio todos. É um tema melhor que outro. Tem muito conteúdo importante p ler, não falta conhecimento. Gratidão

Enviar Resposta