Selecione a página

Doenças do estilo de vida

Doenças do estilo de vida

Diante de algum problema de saúde, o foco da população está treinado em se voltar para o remédio que vai curar. Mas, acontece que cerca de 70% dos problemas que matam, são doenças do estilo de vida.

Se você nunca ouviu esse termo: doenças do estilo de vida, peço que leia atentamente este artigo até o final. Você vai se surpreender com as alterações do seu dia a dia, que podem melhorar sua saúde como da água para o vinho.

Antes de seguir com o conteúdo, quero te fazer um convite para participar do meu grupo no Telegram. Lá você recebe pílulas diárias de saúde e fica por dentro das lives que eu faço diariamente. 

Doenças do estilo de vida

Doenças do estilo de vida matam.

Doenças do estilo de vida matam.

Doença do estilo de vida são doenças associadas à maneira como uma pessoa ou grupo de pessoas vive.

Nas últimas décadas, por exemplo, o estilo de vida das pessoas se tornou sedentário e suas dietas pouco saudáveis. Além disso, houve um aumento no uso de tabaco e no consumo abusivo de álcool. 

Como resultado,  esses fatores de risco contribuem significativamente para as crescentes doenças relacionadas ao estilo de vida,  incluindo obesidade, hipertensão, diabetes, câncer, doenças pulmonares crônicas, doenças cardiovasculares e doenças de cólon.

Além desses dois pontos principais de má alimentação e sedentarismo, há ainda a complicação do uso de medicamentos exacerbados.

É preciso compreender que a única função dos remédios é remediar, ou seja, controlam você dentro dos sintomas.

Se você está com azia, por exemplo, um prazol será útil para amenizar o sintoma. No entanto, esse medicamento não vai te tirar desse ciclo de dores e incômodos que são provocados pelo seu estilo de vida. 

De maneira geral, tirando os remédios antibióticos, os outros medicamentos não foram feitos para curar você.

Sendo assim, qualquer sintoma que você tenha, pode ser associado a doenças do estilo de vida, e é resolvendo a causa que os sintomas vão desaparecer.

Hábitos mais prejudiciais que causam doenças do estilo de vida

Você já deve estar cansado de saber que precisa exercitar e comer de maneira saudável. Mas, então, porque você ainda faz tudo errado?

Sim, existe uma resposta para isso.

Nos últimos anos você se habituou ao estilo de vida que tem hoje. Foram anos e anos, “resolvendo” a ansiedade comendo doce, comemorando o dia de folga com cerveja, se preparando para o dia de trabalho com pãozinho e café com leite.

Perceba que são anos repetindo a mesma coisa e você acredita verdadeiramente que precisa de tudo isso para viver.

A verdade, porém, é que esses hábitos estão contribuindo para a formação das doenças do estilo de vida. 

Sair desse ciclo não será do dia para noite, afinal, chegar onde está também foi demorado. No entanto, existem algumas técnicas que podem te ajudar a lidar melhor com essas situações.

Saindo do ciclo 

Se você está acima do peso, tem diabetes, pressão alta, problemas na tireoide, azia, má digestão, intestino preso ou solto, gordura no fígado, problemas no coração e outras doenças “comuns”, saiba que nada disso será resolvido com medicamento.

Lembre-se que remédios servem para remediar, por isso, devem ser usados por um período e não pra sempre.

Um paralelo interessante do medicamento é pensar nele como uma muleta usada por uma pessoa recém operada. Ou seja, o paciente usa a muleta como apoio, enquanto faz fisioterapia e se sente pronto para andar sem o suporte.

O mesmo vale para o medicamento de hipertensão, diabetes, dores em geral, tireoides e outros. Devem ser usados para evitar complicações, mas enquanto isso, o indivíduo precisa fazer o necessário para não precisar desse suporte daqui algum tempo.

O paciente com doenças do estilo de vida precisa passar por um período de “fisioterapia” que são adaptações dos hábitos.

Os hábitos vão variar de acordo com a doença, no entanto existe uma base que todos devem seguir, que são alimentação, atividade física, suplementação, sono e emoções. 

Alimentação

Alimentos de verdade para combater as doenças do estilo de vida

Alimentos de verdade para combater as doenças do estilo de vida

Os hábitos alimentares talvez seja o mais difícil, porém, é o mais necessário também. Porque a alimentação impacta muito também nos hábitos sociais.

Estamos acostumados a comer porque está triste, feliz, reunir família para comer. E está tudo bem, desde que você tenha consciência sobre o que está sendo consumido. 

1 – Para começar, aumente o consumo de água, de dois a três litros diários. 

2 – O segundo passo será aumentar o período de jejum no seu dia. Uma maneira simples de executar isso, é fazer a última refeição às 20:00 horas e a primeira refeição, por volta das 12:00 do dia seguinte. 

Dessa maneira você consegue ficar 16 horas em jejum. Esse período será ótimo para seu corpo. Os primeiros dias serão mais difíceis, tente ficar o máximo de tempo que conseguir. E lembre-se que a primeira refeição do dia deve ser rica em gorduras boas. 

Ou seja, prefira comer abacate, coco, ou adicione uma colher de óleo de coco no seu café. 

3 – O terceiro passo será substituir os carboidratos simples por carboidratos complexos. E não estou falando sobre farinhas integrais, nada disso.

Crie o hábito de comer batatas, mandioca, inhame, quiabo. Além disso, acione também vegetais com menos carboidratos como abóbora, cenoura, beterraba. 

O objetivo é tirar o macarrão, pães, salgados e outros alimentos farináceos. Durante esse período aposte em verduras, carnes, frutas e sementes.

O importante é fazer o mínimo de refeições o mais nutritivas possível. Conheça 5 opções de farinhas sem carboidrato.

Atividade física 

Você precisa mexer seu corpo pelo menos 40 minutos por dia, escolha a atividade que você mais gosta, que dá mais prazer e se comprometa em fazer diariamente. 

Suplementação 

As vitaminas e os minerais são fundamentais para que seu corpo reaja da maneira necessária para promover saúde para você. Quando você faz essas alterações na alimentação, a suplementação vai melhorar seu humor, sua memória, a libido e as funções do corpo.

Se você já fez os dois primeiros passos já pode então comprar um suplemento. Eu desenvolvi a fórmula do PURE DETOX, um suplemento que vai desinflamar e detoxificar o organismo, promovendo o combate às doenças do estilo de vida e queima de gordura.

Conheça o PURE DETOX

Cuide do seu sono

Dormir bem é essencial para combater as doenças do estilo de vida, por isso, adote táticas para melhorar a qualidade do sono. Leia este artigo sobre a higiene do sono.

Cuide das emoções

Se você fizer os três primeiros passos e melhorar sua alimentação e ingestão de água, fazer atividade física e suplementar com o pure detox, quase que automaticamente você já terá uma qualidade do sono e emoções melhores.

Por fim, faça meditação, ioga, terapia, oração, melhore sua conexão com seu corpo, sua mente e seu espírito. Isso vai te ajudar a diminuir os níveis de ansiedade, estresse e preocupação.

Abraços e fique com Deus. 

Dr. Juliano Pimentel 

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

Anúncio

Sobre o autor

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com nosso consultor!