close
Dores

Calvície Feminina – Tire as Dúvidas!

A calvície feminina preocupa você ? Está perdendo fios de cabelo mais que o comum? Esse problema é motivo de sofrimento de inúmeras mulheres, e é um assunto muito importante.

Um couro cabeludo saudável tem cerca de 80 por cento dos seus folículos pilosos no estágio de crescimento, enquanto os outros 20 por cento estão no estágio de repouso. O desgaste e a perda de cabelo ocorrem quando esse estado de crescimento vital diminui consideravelmente ou para.

Embora a perda de cabelo possa parecer um problema mais proeminente nos homens, as mulheres são quase tão propensas a perder, ou a sofrer com a diminuição dos fios de cabelo. A maioria das mulheres percebe isso em seus anos 50 ou 60, mas pode acontecer a qualquer idade e por uma variedade de razões.

Não deixe de ler e compartilhar.

Calvície Feminina

A maioria das pessoas perde entre 50 e 100 fios de cabelo todos os dias, de acordo com a American Academy of Dermatology. Nos dias em que o cabelo é lavado, as pessoas podem perder até 250 fios. Contudo, há outras razões para a  calvície feminina (1) .

A causa pode estar relacionada a um ou mais desses itens:

1. Hereditariedade

A hereditariedade é um dos principais fatores de calvície feminina. Ambos esses padrões de perda de cabelo previsíveis e graduais estão ligados a uma histórico familiar de perda de cabelo.

2. Desequilíbrios hormonais

A Gravidez Pode Causar Calvície Feminina Temporária
A Gravidez Pode Causar Calvície Feminina Temporária

Os desequilíbrios e as alterações hormonais podem contribuir para diminuir o cabelo.

Algumas alterações hormonais são temporárias, como na gravidez ou na menopausa, e o desgaste do cabelo ou a perda resultante dessas mudanças temporárias também devem ser temporários.

No entanto, se você tem um desequilíbrio contínuo de hormônios, pode ser um problema de tireoide que precisa ser corrigido. A síndrome dos ovários policísticos (PCOS) é outra das possíveis causas de desbaste do cabelo para as mulheres.

Ele está ligado a um desequilíbrio hormonal que pode fazer com que os cabelos cresçam nos lugares errados (como o rosto), mas fino em locais desejáveis ​​(como o couro cabeludo) (2)

3. Outras condições médicas

Problemas de saúde que podem causar queda de cabelo, incluem problemas de tireoide (hipotireoidismo e hipertireoidismo), PCOS, lúpus, certos tipos de câncer, doenças das glândulas pituitárias, envenenamento por metais pesados, HIV e outras doenças médicas crônicas (3).

4. Medicamentos

Converse com Seu Médico: Excesso de Medicação Pode Causar Calvície Feminina
Converse com Seu Médico: Excesso de Medicação Pode Causar Calvície Feminina

Muitos tipos diferentes de medicamentos podem contribuir para o desbaste do cabelo (5), incluindo alguns dos seguintes tipos de medicamentos:

– medicamentos para acne; antibióticos; antidepressivos; antifúngicos; anticoagulantes (anticoagulantes); medicamentos de quimioterapia; medicamentos que reduzem o colesterol; para epilepsia (anticonvulsivantes); para pressão arterial elevada (anti-hipertensivos); terapia de reposição hormonal – estrogênio ou progesterona para mulheres, andrógenos e testosterona para homens; imunossupressores; estabilizadores de humor; contraceptivos orais; medicamento para doença de Parkinson e medicamentos tireoidianos

5. Outros fatores de risco

Existem vários fatores de risco para a calvície feminina, como:

– Fatores físicos ou emocionais

– Pele excessiva de cabelo e / ou tratamentos capilares

Outros possíveis fatores de risco incluem idade, estresse, nutrição inadequada e certas condições médicas crônicas, como diabetes e lúpus (6).

Prevenção

A maneira mais eficiente para prevenir a calvície feminina é eliminar fatores de risco. Confira a seguir maneiras eficiente de prevenir esse problema, principalmente se você tem chances hereditárias.

1. Medicamentos

É importante prestar atenção ao tipo de medicamento que você toma, alguns podem causar a calvície. Existem muitos medicamentos que foram associados à perda de cabelo.

Certifique-se de conhecer os possíveis efeitos colaterais de seus medicamentos atuais, bem como seus suplementos. Converse com seu médico.

2. Reduza o estresse

A Yoga é Uma Forma Para Tratar a Calvície
A Yoga é Uma Forma Para Tratar a Calvície

Ao diminuir o seu estresse diário você pode ter um impacto direto na saúde de seus cabelos, bem como em todo o seu corpo.

O jornal e o yoga são excelentes analgésicos naturais. O exercício diário também é crucial para a redução do estresse, além de incentivar a boa circulação, que ajudam a promover o crescimento saudável do cabelo.

3. Equilíbrio de Hormônios

O equilíbrio de seus pode ajudar a corrigir problemas de saúde da tireoide ou outras causas subjacentes ligeiramente ligadas ao horizonte de cabelos finos.

4. Alimentação Saudável

O kiwi É Indicado Para a Prevenção da Calvície

Aumente a ingestão de alimentos ricos em nutrientes. Existe uma ligação muito forte entre o que você come, e a saúde do seu cabelo.

Para evitar a calvície, coma esses alimentos que podem ajudar na prevenção:

– Peixes: como o salmão é carregado com ácidos graxos anti-inflamatórios, omega-3, que são excelentes para a saúde do cabelo.

– Carne alimentada com pasto – A proteína rica em ferro, como a carne alimentada com grama, pode realmente ajudar a saúde do seu cabelo.

– Legumes ricos em ferro – Você pode melhorar seus níveis de ferro, incluindo lentilhas, couve, espinafre e outros vegetais verdes de folhas escuras na sua dieta.

Uma boa opção é iniciar a Dieta Dukan, para se alimentar melhor.

– Produção rica em vitamina C – incluem goiaba, pimenta vermelha, kiwi, mamão e brócolis.

– Alimentos ricos em vitamina A – entre os alimentos incluem abóbora, batata-doce e couve.

– Alimentos ricos em biotina – incluem leveduras nutricionais e gemas de ovos.

– Alimentos ricos em zinco – incluem carne, sementes de abóbora e grão-de- bico.

Dicas

Calvície Feminina – Tire as Dúvidas!

Algumas dicas que podem ajudar:

– Coma uma dieta equilibrada e uma alimentação de verdade.

– Evite penteados apertados.

– Evite torcer compulsivamente, esfregando ou puxando seu cabelo.

– Trate seu cabelo gentilmente quando estiver lavando e escovando. Um pente de dente largo pode ajudar a evitar puxar o cabelo.

– Confira se seu condicionador e shampoo estão adequados com o seu tipo de cabelo.

– Evite tratamentos abrasivos e severos para os seus cabelos como: uso constante de secadores de cabelo e chapinhas, permanentes, e outros produtos químicos. Não deixe de consultar um médico e manter sempre uma boa alimentação.

Espero ter ajudado!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : calvície femininadieta equilibradadr. juliano pimentelhormônios

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta