close
Dores

Discutir a Relação É Importante para o Relacionamento?

‘Precisamos conversar’; a frase é simples, são apenas duas palavras. Contudo, é suficiente para assustar tanto os homens quanto as mulheres. Discutir a relação ou ter uma D.R., alcançou um nível de terror quase mítico entre as pessoas, especialmente entre os homens. Muitas pessoas pensam que a conversa vem no pior momento possível, e algumas pessoas têm medo de tomar decisões que podem afetar o futuro do seu relacionamento.

Mas, discutir a relação não precisa ser tratado como um bicho de sete cabeças.

Não deveria ser assim. Esse processo é importante para manter a relação ativa e garantir a felicidade do casal. Por isso, mantenha a calma.

A razão pela qual discutir a relação é tão terrível, é porque quase sempre o fazemos de forma errada (1).

A chave para ter uma conversa produtiva é realiza-la de forma correta e no momento certo.

Vou mostrar a importância de se discutir a relação.

Não deixe de ler e compartilhar!

Discutir a Relação

D.R.: Discutir a Relação É Importante para o Relacionamento?

A D.R. quando realizada de maneira correta, discutir a relação pode trazer vários benefícios para o casal. Tais como:

– Mais união.

– Mais diálogo e compreensão.

– Melhora a forma de enxergar o outro.

– Gera mais segurança ao relacionamento.

– O casal adquire mais afeto.

– Há mais respeito na relação.

– Mais companheirismo para momentos aleatórios.

– Aumenta a harmonia.

– Aumenta o bem-estar entre o casal.

– Diminui a tensão no dia a dia.

– Vida sexual mais ativa e mais prazerosa.

Como Discutir a Relação

Como Discutir a Relação

Para conseguir obter os benefícios listados acima é preciso fugir dos maus hábitos e, principalmente falar sem pensar e quando se está irritado.

É preciso discutir a relação, mas é importante fazer isso de forma correta. Por isso, separei várias dicas para tornar a conversa muito mais fácil e eficaz para o diálogo.

1 – Quais são os seus Planos como Casal

Você deve primeiro analisar onde você quer que aconteçam mudanças no relacionamento e o que realmente une os dois.

Um grande erro que as pessoas cometem é não saberem o que querem dessa relação. Antes de discutir a relação, pense sobre a conexão que você deseja ter. Manter o namoro? morarem juntos? noivar?

Você pode considerar se o seu objetivo no relacionamento é compatível com seus outros objetivos na vida. A vida muda, os nossos desejos e objetivos também.

Depois de analisar o que você quer, entenda quais são os objetivos do seu parceiro em relação a vocês dois. Finalmente, certifique-se de que o que você quer de uma relação seja compatível com o que a outra pessoa quer.

2 – Assunto Certo na Hora Certa

É preciso discutir a relação em um momento apropriado para tal. Se seu parceiro está nervoso ou resolvendo muitos problemas de uma só vez. E ter uma D.R. em um momento de tensão, pode não ser uma boa ideia e não trará resultados positivos.

Pelo contrário, gerará mais problemas. Converse o assunto certo na hora certa. Se o momento está propicio, discuta a relação com calma e mostre ao seu parceiro a importância da conversa, antes mesmo de inicia-la.

Aprenda a como se comunicar com o seu parceiro.

3 –Dialogue e Ouça

A D.R. não é uma guerra, é um momento para conversar sobre melhorias no relacionamento, divergências ou dificuldade. Ouça, fale. Não é um momento de tensão. Ouça o que o seu parceiro tem a dizer e não o interrompa. Ambos precisam ser ouvidos e compreendidos.

Mantenha a postura. Não grite, não fale em tom ameaçador e nem utilize palavras ríspidas, mesmo que esteja nervosa (o) e a discussão tenha ido para um caminho diferente do iniciado.

4 – Fale das Insatisfações

Não guarde as insatisfações para depois. Para o bom funcionamento do relacionamento e para que ele caminhe em harmonia e sintonia, é preciso discutir o que está interferindo no caminho.

Guardar as insatisfações é guardar uma bomba que poderá destruir seu relacionamento no futuro.

Nesse caso, use a cautela e antes de mostrar as insatisfações, fale de pontos positivos e diga o que você valoriza no outro. Mostre para ele a importância de melhorar e o porque vocês precisam melhorar as insatisfações.

5- Exponha seus Sentimentos

Homens não gostam de discutir a relação por medo de expor seus sentimentos. Mas, gostam de quando as mulheres expõem seus sentimentos. É confuso, mas é real.

Então, ao discutir uma relação, exponha seus sentimentos, seus medos, angustias e, principalmente, aquilo que te faz bem. Ouvir elogios é fundamental para entender as críticas.

É difícil para muitas pessoas dizer o que querem em voz alta, ou mesmo admitir isso. Quando você expressa seus desejos, é importante fazê-lo diretamente de um lugar vulnerável.

Mas você também não deve sentir a necessidade de explicar demais ou pedir desculpas pelo que está dizendo.

6- Não se Faça de Vítima

Não use linguagem vitimista. Não agir como vítima é um princípio importante para manter uma relação saudável e madura. Não caia na armadinha de tentar manipular a outra pessoa.

Quando você fala sobre o que deseja, evite falar de maneiras que te fazem de vítimas ou infantis. Manter um papel de vítima leva a uma passividade crônica. É importante não ser passivo-agressivo na relação.

Não puna a outra pessoa por não saber instintivamente o que você quer ou por não ler a sua mente, comunique-se. Ninguém pode ou deve esperar que qualquer outra pessoa atenda todas as suas necessidades.

Em vez disso, você deve procurar formas de sentir-se pleno e inteiro, e não esperar que a outra pessoa fique com esse papel.

Claro, é natural querer sentir amor e conexão, mas há uma diferença importante entre dizer o que você quer como adulto e se sentir como uma criança dependente cuja sobrevivência depende do seu parceiro.

O Que Evitar ao Discutir a Relação

O Que Evitar ao Discutir a Relação
O Que Evitar ao Discutir a Relação

– Evite discutir em público, em festas ou reuniões de trabalho.

– Evite criar e alimentar climas de agressão, críticas destrutivas ou acusações.

– Não discuta quando estiver com raiva, o melhor é esperar os ânimos se acalmarem e conversar em outro momento.

– Não encare uma DR como ofensa pessoal.

– Não aponte só defeitos no seu parceiro.

– Não faça ameaças.

– Não grite.

– Não fale sobre os erros cometidos no passado.

– Não dê lição de moral ao seu parceiro.

– Não toque em assuntos delicados enquanto dirige.

Aproveite todas as dicas expressas nesse artigo e melhore a comunicação com o seu parceiro. Essa pode ser muito interessante se os dois trabalharem juntos. Fortaleça a sua relação.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : benefícioscasalconversa produtivaD.R.Discutir a relaçãodr. juliano pimentelfelicidadeparceirorelacionamento

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta