close
Dores

Labirintite: Quais São as Causas, Sintomas e Tratamentos

Dr Juliano Pimentel

Você sabe o que é labirintite? Labirintite é um termo usado para se referir a uma doença que pode comprometer tanto o equilíbrio quanto a audição, porque afeta o labirinto, estrutura da orelha interna constituída pela cóclea (responsável pela audição) e pelo vestíbulo (responsável pelo equilíbrio).

Processos inflamatórios, infecciosos e tumorais, doenças neurológicas e alterações genéticas podem provocar crises de labirintite.

A labirintite se manifesta, em geral, depois dos 40-50 anos, decorrente de alterações metabólicas e vestibulares. Níveis aumentados de colesterol, triglicérides e ácido úrico podem acarretar alterações dentro das artérias, que reduzem a quantidade de sangue circulando nas áreas do cérebro e do labirinto.

Alguns fatores de risco para o desenvolvimento de labirintite são hipoglicemia, diabetes, hipertensão, otites, uso de álcool, cigarro, café e de certos medicamentos, estresse e ansiedade.

Neste artigo, eu irei falar sobre as causas, sintomas e tratamentos da labirintite.

Não deixe de ler e compartilhar.

Labirintite: O que é

A labirintite é uma doença do ouvido que afeta o labirinto e suas estruturas responsáveis pela audição e pelo equilíbrio (1).

É importante destacar que as pessoas costumam chamar qualquer distúrbio na região do ouvido interno de labirintite. O termo correto é labirintopatia, sendo labirintite uma delas.

Causas

As causas da labirintite ainda não são claras.

Porém, pesquisas mostram que infecções e inflamações estão entre as principais causas para a doença, como a otite média e o resfriado.

Outros fatores, ainda que com menos frequência, também podem provocar a infecção, como tumores, doenças neurológicas, alterações genéticas, alergias e o uso de medicamentos perigosos para a saúde do ouvido interno (2).

Na labirintite, as áreas do ouvido interno ficam inflamadas e irritadas, fazendo os nervos do vestíbulo enviarem sinais incorretos ao cérebro, como se o corpo estivesse se movendo.

No entanto, outros sentidos, como a visão, não detectam esse movimento, causando uma confusão entre os sinais recebidos pelo cérebro e, consequentemente, a perda das noções de equilíbrio.

Fatores de Risco

Alguns fatores considerados de risco aumentam as chances de uma pessoa desenvolver labirintite (3):

  •          Bem como, ter idade acima dos 40 ou 50 anos
  •         Hipoglicemia
  •         Colesterol alto, Hipertensão, bem como, Diabetes e Triglicérides
  •         Otite
  •         Consumo exacerbado de álcool
  •         Tabagismo, ou seja, fumar cigarro
  •         Consumir café em excesso
  •         Uso de medicamentos, como alguns antibióticos, anti-inflamatórios e remédios para estresse e ansiedade, por exemplo
  •         Altas taxas de ácido úrico
  •         Má alimentação, bem como consumo exagerado de açúcar
  •          Por fim, Jejum prolongado        

Sintomas de Labirintite

Os sintomas iniciais da labirintite incluem tonturas, diminuição da audição e vertigens, e costumam piorar com o estresse, movimentos bruscos da cabeça, em lugares lotados, ao utilizar o computador no escuro ou durante a menstruação (4).

A labirintite é uma infecção e inflamação de uma estrutura do interior do ouvido chamada de labirinto, e os seus sinais são mais intensos nos primeiros 4 dias de infecção, diminuindo ao longo de 3 semanas até desaparecerem.

O principal sintoma da labirintite é a vertigem, em que a pessoa sente que tudo ao seu redor está girando. Muitas vezes ela pode vir acompanhada de outros sintomas, como (5):

  •         Náuseas e vômito, por exemplo;
  •         Assim como, Alterações gastrintestinais;
  •         Perda de audição, bem como Zumbidos no ouvido e Líquido ou secreções saindo do ouvido;
  •         Queda de cabelo;
  •         Dor de cabeça;
  •         Febre acima de 38º C
  •         Suor;
  •         Por fim, diminuição do equilíbrio e tontura.

Os sintomas podem voltar a aparecer ao longo de vários meses ou até mesmo anos.

A fase aguda da doença surge de repente e costuma durar de minutos a dias, dependendo da intensidade da crise. Quando desencadeada por gripe ou resfriado, os sintomas da labirintite geralmente demoram cerca de uma a duas semanas para aparecer. Labirintite não causa desmaios, mas a recomendação é que a pessoa evite deitar para não agravar a tontura.

Fique atento aos sintomas e procure orientação médica.

Diagnóstico 

Avaliação clínica e o exame otoneurológico completo são essenciais para estabelecer o diagnóstico da labirintite, especialmente o diagnóstico diferencial, pois algumas enfermidades podem provocar sintomas bastante parecidos, como hipoglicemia, diabetes, hipertensão, reumatismo, esclerose múltipla, tumores no nervo auditivo, no cerebelo e em áreas do tronco cerebral, doenças imunológicas, entre outros (6).

Exames

A tomografia computadorizada e a ressonância magnética, assim como os testes labirínticos, podem ser úteis para fins diagnósticos. Por isso, é fundamental procurar seu médico.

Como Tratar Labirintite

Muitas pessoas perguntam se labirintite tem cura. Na maioria das vezes a infecção desaparece sozinha, o que costuma demorar algumas semanas para acontecer.

Medicamentos

Mas, quando necessário, o tratamento visa principalmente a redução dos sintomas. Se a causa for infecção bacteriana, o médico lhe receitará um antibiótico e os sintomas deverão desaparecer em breve (7).

Em casos de infecções virais, o especialista deverá receitar medicamentos que ajudem a amenizar sintomas como náuseas e vômitos.

Estes medicamentos devem sempre ser usados apenas com prescrição médica.

Tratamentos Naturais

Mudanças no estilo de vida são fundamentais para prevenir as crises de labirintite, como (8, 9):

  •         Evite ingerir álcool;
  •         Além disso, não fume cigarros – aprenda como parar;
  •         Controle os níveis de colesterol, bem como, triglicérides e a glicemia;
  •         Opte por uma dieta de verdade que ajude a manter o peso adequado e equilibrado;
  •         Pratique atividade física além do mais, ingira bastante líquido;
  •         Evite beber bebidas refrigerantes e bebidas gaseificadas, por exemplo;
  •         Por fim, reduza o estresse.
O tabagismo piora os sintomas da labirintite
O tabagismo piora os sintomas da labirintite

Tenha em mente que permanecer na ativa pode ajudar o paciente a melhorar. Pergunte ao médico sobre exercícios caseiros que possam melhorar as noções de equilíbrio prejudicadas pela labirintite.

Além disso, problemas persistentes de equilíbrio podem melhorar com fisioterapia. Sendo assim, para evitar que os sintomas da labirintite piorem durante as crises:

>> Deite e descanse quando os sintomas se manifestarem;

>> Retorne à atividade gradualmente;

>> Evite mudanças de posição repentinas;

>> Não tente ler quando os sintomas surgirem;

>> Por fim, evite luzes fortes.

Além do mais, mudanças na alimentação e hábitos mais saudáveis, como não beber ou fumar, ajudam a melhorar os sintomas da labirintite.

Por fim, lembre-se de sempre procurar orientação médica, cuide-se!!

Veja também o vídeo:

Labirintite: O Que É, Causas e Como Reduzir as Crises

 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : causascigarrodestaquedor de ouvidodr. juliano pimentelequilíbrioinfecçãolabirintitesaúdesintomastratamentovertigem

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

7 Comentários

  1. Eu estou com sintomas a um dia,muita tontura principalmente deitada.
    Sou obesa mad estou com colesterol e diabetes controlados em niveis baixos porem muito extressada e deprimida.

  2. Fiz exames e constatou laberintite bi-lateral…as vezes sinto mal-estar..tontura…dor de cabeça…enjoo…pontada no ouvido…uma agua saindo do ouvido…zumbido no ouvido …entre outros é horrivel…eu tomo Cinarizina 75mg

  3. Boa noite sou a Edna a mais ou menos 1 e 4 meses fui diagnosticada com labirite as vezes melhora outra vezes piora. Me dispensou do serviço a empresa podia me dispensar?? Vou conseguir outro serviço tem empresa que contrata pessoas com labiritite??

Enviar Resposta