close
Dores

Lombalgia: Causas, Sintomas e Tratamentos

Dr Juliano Pimentel

A lombalgia é uma doença que pode causar muita dor e desconforto, podendo até mesmo provocar a incapacidade motora. Encontrar formas de aliviar a dor é essencial para a saúde e a qualidade de vida. Você não precisa viver com esse tipo de sofrimento. 

É uma condição muito comum que provoca dor no fundo das costas ou sacroilíacas da coluna, acompanhada ou não de dor que se irradia para as nádegas ou pernas na distribuição do nervo ciático (1).

Se você se identifica com esses sintomas, preste atenção a esse artigo.

Neste artigo, eu irei explicar as causas, sintomas e tratamentos.

Não deixe de ler e compartilhar.

Lombalgia

Ela pode ser definida como uma dor na região lombar, ou seja, na região mais baixa da coluna perto da bacia. A dor pode se estender para a região das nádegas e coxas.

Um por cento dos pacientes com lombalgia aguda tem ciática; que é definida como dor irradiada para o território da raiz nervosa lombar, frequentemente acompanhada de sintomas como dificuldades para andar e formigamento.

É considerada um problema comum que pode causar incapacidade. Mais de 90% da população mundial sofre episódios de dores lombares em algum momento da vida (2).

Essas dores podem ser classificadas quanto a duração em agudas e crônicas.

Agudas quando apresentam duração de quatro a seis semanas e crônicas quando a duração é maior do que 12 semanas. Cerca de 65-90% dos adultos sofrerão um episódio de lombalgia aguda ao longo da vida, com pico de incidência ocorrendo entre os 35-55 anos de idade.

As lombalgias agudas não estão relacionadas a nenhum fator definido e geralmente ocorrem após um esforço físico .

Cerca de 90% dos pacientes com dor lombar aguda, apresentam melhora da dor em 4 semanas e apenas 2-7% evoluirão para sua forma crônica.

A dor crônica pode ocorrer em qualquer idade.

Causas da Lombalgia

Os principais fatores de risco são principalmente torções musculares; ocasionadas por sobrecarga excessiva, como carregar excesso de peso (4).

Atividades corriqueiras que causam sobrecarga nas articulações da coluna, e das vértebras são as principais causas de dores na lombar.

A lombalgia pode se desenvolver decorrente do uso excessivo das estruturas dorsais, de deformidade anatômica ou traumas.

As principais causas são (5):

  • Esforços repetitivos;
  • Excesso de peso;
  • Pequenos traumas;
  • Condicionamento físico inadequado;
  • Má postura;
  • Sedentarismo;
  • Osteoartrose da coluna;
  • Osteofitose (bico de papagaio);
  • Osteoporose.

Fique atento as causas e procure orientação médica.

Principais Sintomas

Os principais sintomas são (6):

  • Dor nas costas intensa;
  • Dor nos quadris, virilhas, coxas, e na parte inferior das costas;
  • Dor e dificuldade para permanecer sentado ou caminhar com as costas eretas;
  • Aumento da tensão nos músculos das costas;
  • Dor na costas que piora quando inclina o corpo para trás;
  • Sensação de queimação ou formigueiro em alguma parte do corpo.

As causas da lombalgia nem sempre são conhecidas porque existe uma classificação chamada lombalgia inespecífica, quando não são encontrados eventos que possam justificar a presença da dor, como hérnia de disco, rotação da vértebra ou osteoartrose.

Tratamento da Lombalgia

O tratamento pode ser feito com bolsas de água quente, massagens, alongamentos e remédios com prescrição médica.

O objetivo é ajudar a desinflamar a região, alongando os músculos, combatendo a dor nas costas e devolvendo a integridade da coluna (7).

A lombalgia é na verdade a dor no fundo das costas que nem sempre tem uma causa específica; sendo resultado do sedentarismo, má postura, alterações posturais e sobrecarga da coluna.

Alguns locais que podem ser afetados e causar lombalgia são o disco intervertebral, articulação sacroilíaca, músculos, fáscias, ossos, nervos e meninges.

Algumas causas incluem hérnia de disco, artrose, síndrome miofascial e artrite reumatoide (8).

É muito importante descobrir a causa da dor para o direcionamento correto do tratamento.

Tratamentos Naturais para Lombalgia

alongamento
Lombalgia: Alongamentos aliviam os sintomas. Imagem: (Divulgação)

Algumas estratégias podem aliviar a dor na coluna de forma geral (9):

>>  Yoga

>>  Acupuntura

>> Bolsa de água quente: Colocar uma bolsa de água quente na região deixando atuar por cerca de 20 minutos. O ideal é ficar deitado de bruços, com uma almofada baixa sob o abdômen e colocar a bolsa térmica no local da dor;

>> Alongamentos: Fazer alongamentos para coluna com ajuda de um profissional ajuda a reduzir a dor;

>> Repouso: Repousar evitando fazer exercícios ou atividades de grande esforço ou de esforço repetitivo é importante para evitar piorar os sintomas de dor.

A lombalgia é uma dor na região lombar que pode se estender para a região das nádegas e coxas. Os principais fatores de risco que podem desencadear a lombalgia, são torções e traumas musculares.

O uso de bolsa de água quente, alongamentos e repouso podem melhorar as dores.

Caso os sintomas permaneçam, procure orientação médica.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

 

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : acupunturaalongamentosarticulação sacroilíacacarregar excesso de pesodesinflamar a regiãodestaquedisco intervertebraldor crônicador na região lombarDor nas costas intensaDor nos quadrisdores lombaresdr. juliano pimentelexcesso de pesofatores de riscohérnia de discoincapacidade motoralombalgialombalgia agudanervo ciáticoOsteoartroseprescrição médicasaúdesedentarismoSensação de queimaçãotensão nos músculostorções muscularestratamentotraumasyoga

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta