Selecione a página

Dormir bem: O segredo do corpo magro e vida saudável!

Dormir bem: O segredo do corpo magro e vida saudável!

Quando se pensa em corpo magro e vida saudável, a alimentação é o tema que mais aparece. E de fato é verdade. Mas, junto da alimentação, o hábito de dormir bem também influencia sua vida como um todo.

Pense que enquanto você está acordado, você come, bebe água, lê, pensa, se movimenta. Essa rotina gera o cansaço do corpo que você percebe, mas mexe muito também internamente.

Se você come o tempo inteiro, por exemplo, seus órgãos estão o tempo todo trabalhando em ritmo acelerado, para dar conta de processar, absorver e eliminar tudo. 

Durante o sono, seu corpo tem o tempo de se recuperar também, desacelerar para que no dia seguinte você tenha energia suficiente para fazer todo o necessário. 

Atualmente as pessoas dormem menos do que no passado. Não bastasse isso,  a qualidade do sono também diminuiu.

O pior de tudo é que a duração curta do sono está associada a um risco drasticamente aumentado de ganho de peso e obesidade, tanto em crianças quanto em adultos.

Isso porque quando você não dorme bem, ou seja, tem um sono inadequado, os hormônios que regulam o apetite são afetados.

Aqueles que dormem adequadamente tendem a comer menos calorias do que os que dormem mal ou, por assim dizer, inadequadamente. E mais….um bom sono pode maximizar as habilidades de resolução de problemas e melhorar a memória. 

Vantagens de cuidar do sono para dormir bem

Dormir menos de 7 ou 8 horas por noite está associado a um risco aumentado de doença cardíaca e a um risco de derrame (AVC). E mais…  a privação do sono pode causar pré-diabetes em adultos saudáveis ​​em apenas seis dias. Muitos estudos mostram uma forte ligação entre a curta duração do sono e o diabetes tipo 2.

Padrões de sono pobres estão fortemente ligados à depressão, particularmente para aqueles que sofrem de distúrbio do sono. 

Dormir bem: O segredo da saúde!

Dormir bem: O segredo da saúde!

Obter um sono saudável pode inclusive melhorar sua função imunológica e ajudar a combater o resfriado comum, já que o sono afeta as respostas inflamatórias do seu corpo. 

O sono inadequado está fortemente ligado a doenças inflamatórias intestinais e pode aumentar o risco de recorrência da doença.

A privação do sono pode reduzir suas habilidades sociais e a capacidade de reconhecer as expressões emocionais das pessoas.

O sono ajuda seu cérebro a funcionar corretamente. Enquanto você está dormindo, seu cérebro está se preparando para o dia seguinte. 

Consequências de dormir mal

Indivíduos que dormem poucas horas, ou tem o sono de qualidade ruim, podem:

  • ter problemas para conviver com os outros;  
  • sentir-se irritados e impulsivos,
  • ter alterações de humor;
  • sentir-se tristes ou deprimidos ou não ter motivação; 
  • ter problemas em prestar atenção;
  • ir mal na escola, (com mais baixas); e  
  • sentir-se estressados.

Dormir bem e o suficiente nos horários certos ajuda você a funcionar bem durante todo o dia. Pessoas com deficiência de sono são menos produtivas no trabalho e na escola. 

Eles demoram mais para terminar as tarefas, têm um tempo de reação mais lento e cometem mais erros.

Depois de várias noites perdendo o sono, sua capacidade de funcionar sofre como se você não tivesse dormido nada por um dia ou dois, mesmo se essa perda for de apenas uma ou duas horas por noite.

A falta de sono também pode levar ao micro sleep, caracterizado por  breves momentos de sono que ocorrem quando você está normalmente acordado.

A rotina que prejudica seu sono

Alguns maus hábitos que afetam a higiene do sono  e justificam esse diagnóstico são:

  • horários variáveis de deitar e levantar;
  • permanência na cama por períodos frequentes e longos;
  • uso rotineiro de produtos contendo álcool, tabaco ou cafeína antes de deitar;
  • uso frequente da cama para atividades como assistir televisão, ler, estudar, comer exercícios próximos da hora de deitar;
  • envolver-se em atividades excitantes ou emocionalmente perturbadoras muito próximo da hora de deitar; 
  • é impossível dormir bem em cama desconfortável, colchão de má qualidade, cobertas inadequadas, etc;
  • permitir que o quarto de dormir seja excessivamente iluminado, abafado, desordenado, quente, frio ou que, de alguma pouco convidativo ao sono;
  • desempenhar atividades que exijam alto nível de concentração imediatamente antes de deitar;
  • permitir que ocorram na cama atividades mentais como pensar, planejar, relembrar, etc.

Estabelecer ou buscar  uma boa higiene do sono, pode pôr fim a todos esses maus hábitos. 

Prevenir é a palavra de ordem da medicina atual. 

Após os 35 anos, o sono vai se tornando frágil e passa a exigir mais cuidados.

As regras de higiene do sono são para ajudar você a obter o máximo benefício de suas horas de sono. 

A falta de higiene do sono é incompatível com a manutenção de sono de boa qualidade e com o completo alerta diurno. A queixa de quem cuida mal do sono pode ser tanto de insônia como de sonolência excessiva.

Coloque em prática!

Da lista de hábitos que prejudicam seu sono, observe quais deles fazem parte da sua rotina. 

A partir de hoje você vai evitar esses comportamentos. É a partir da observação do que você faz de errado que será possível adotar hábitos mais saudáveis. 

Adotar bons hábitos sempre será útil para evitar crises de tosse e sair delas com mais facilidade quando aparecerem.

Segundo Maxwell Maltz, 21 dias é o tempo necessário para que nós consigamos criar um novo hábito! Se você quer ter minha ajuda por 21 dias para criar um novo hábito e parar de comer doces, conheça o D21!

Abraços e fique com Deus,

Dr. Juliano Pimentel.

 

Anúncio

Sobre o autor

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Fale com nosso consultor!