close
Fitness

Dieta Frutariana: Benefícios ou Malefícios para a Saúde?

Muitas dietas surgem fazendo promessas de emagrecimento. Você á ouviu falar na dieta frutariana

Antes de mais nada, vale ressaltar que uma dieta sem a presença de todos os nutrientes por um longo tempo, significa perda de nutrientes vitais para a nossa saúde.

O risco de desnutrição é extremamente elevado de acordo com especialistas (1).

Nesse artigo vou explicar com detalhes como funciona essa dieta.

Não deixe de ler e compartilhar!

Dieta Frutariana

Dieta Frutariana É Benéfica ou Traz Perigos para a Saúde? Imagem: (Divulgação)

As frutas são ricas em antioxidantes, especialmente vitamina C e beta-caroteno, que são conhecidos por ter efeitos positivos para a saúde.

Na dieta frutariana as pessoas consomem principalmente frutas, mas não somente as frutas. Em média o consumo não deve passar de 75% da sua alimentação.

Algumas pessoas consomem nozes, sementes e vegetais. Mas os grãos e todos os produtos de origem animal estão fora de questão.

Adicionar nozes e sementes à uma dieta de frutas é definitivamente melhor do que restringir a alimentação, pois as nozes e as sementes adicionam proteínas e gorduras muito necessárias.

Porém, essa dieta é considerada por muitos especialistas como uma das dietas mais restritivas que existe. E que o consumo de frutas acima de 50% podem desencadear desequilíbrio hormonais.

Os adeptos consomem muitas frutas, o que tecnicamente inclui alimentos que geralmente são consumidos como se fossem vegetais, como tomates, pepinos, pimentões e abobrinha.

O abacate também é considerado uma fruta, essa é uma das poucas frutas que realmente tem conteúdo significativo de gordura (2).

De acordo com Melissa Moore, porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética, quando a fruta é o único alimento consumido, você perde muitos nutrientes essenciais (5).

Isso é preocupante, uma vez que as deficiências nutricionais aumentam a possibilidade de todos os tipos de problemas de saúde.

Médicos e nutricionistas estão preocupados com o impacto que a dieta pode ter na saúde, principalmente à longo prazo.

Aqui estão alguns dos possíveis riscos para a saúde quando se trata de uma dieta frutariana:

1- Aumento de Peso

Você pode perder peso, mas é provável que volte a ganhar a gordura perdida, durante ou ao encerrar a deita (6).

O açúcar presente na frutose é transformado em gordura ao comer frutas em excesso.

2- Falta de Proteínas

Um dos nutrientes mais importantes a serem consumidos é a proteína. As proteínas são moléculas constituídas por moléculas menores conhecidas como aminoácidos.

Eles são usados ​​para construir praticamente tudo no corpo da pele, cabelo e unhas para a hemoglobina em seu sangue.

As proteínas podem ser encontradas em carnes de animais terrestres, bem como peixes e aves.

Nozes e sementes também possuem proteínas.

A quinoa também é rica em proteínas.

As únicas fontes de proteínas sólidas permitidas na maioria das dietas frugiliana são certas nozes e sementes em pequenas quantidades.

3- Deficiência de gorduras boas

Outra grande preocupação das dietas de frutas é a falta de gorduras boas, especialmente ácidos graxos essenciais ômega-3.

O consumo de ácidos graxos essenciais e outras gorduras boas é vital para muitas funções corporais, incluindo a manutenção de níveis hormonais adequados e funções cerebrais.

Uma dieta frutariana só permite algumas fontes de gorduras boas em quantidades mínimas.

Algumas das melhores fontes de ácidos graxos ômega-3 que não são permitidos em uma dieta frutariana incluem salmão e sardinhas.

4-  Deficiências nutricionais

Mas, mesmo com a variedade de frutas, ainda existe a deficiência de vitaminas e minerais essenciais.

O nosso organismo perderia ácidos graxos essenciais o que inclui um dos mais importantes, que é o B12

A falta de vitamina B12 no organismo pode desencadear anemia e outros problemas de saúde (3).

Essas deficiências aumentam as chances de osteoporose e prejudica a função imune do seu organismo.

Vitaminas e minerais que faltam nessa dieta também tendem a incluir cálcio, ferro, zinco, vitamina D, bem como todas as vitaminas do complexo B.

Estamos falando de nutrientes que são absolutamente necessários para o funcionamento saudável do organismo.

Baixos níveis de vitamina D foram associados à obesidade, câncer de mama, câncer de cólon, câncer de próstata, depressão e pressão alta. (7)

5- Aumento nos níveis de insulina 

A maioria das frutas é naturalmente rica em frutose que é o açúcar das frutas.

Se você é diabético, pré-diabetes ou luta com o equilíbrio de açúcar no sangue, precisa evitar esse tipo de dieta.

O excesso de açúcar também pode prejudicar o pâncreas.

E é por isso que eu alerto contra dietas mirabolantes que afetam a sua vida e disposição.

Consuma frutas com equilíbrio, junto com outros alimentos nutritivos e viva melhor.

Eu sempre falo sobre a reeducação alimentar aliada a uma mudança no estilo de vida são importantes para salvar e transformar vidas.

Como eu sei disso? Simples! eu sou a prova viva de que isso realmente funciona.

Quer saber como eu consegui mudar de vida e como você pode mudar a sua? Fácil, mantenha a determinação, foco e adquira conhecimento!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : ácidos graxos essenciaisanemiaaumento de pesoB12cálciocâncer de cólondeficiências de cálciodeficiências nutricionaisdesequilíbrio hormonaisdietadieta frutarianadr. juliano pimentelemagrecimentofrutasfrutoseminerais essenciaisníveis de insulinanutrientesômega-3osteoporosepré-diabetespressão altaproblemas de saúdeproteínasvitamina dvitaminas do complexo B

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta