close
FitnessMetabolismo

Fazer Exercícios em Jejum: Pode ou Não Pode?

Dr Juliano Pimentel

Algumas pessoas acham estranho praticar exercícios em jejum, e que isso pode ser perigoso e prejudicial para a saúde. Mas especialistas apontam que essa prática pode ajuda a emagrecer com saúde. Mas afinal, exercícios em jejum é benéfico ou traz consequências negativas?

Se você não estiver familiarizado com o assunto, talvez pense que esse pode ser um método de emagrecimento radical.

Falando sobre o jejum, eu gosto de mencionar o jejum intermitente, é considerado um estilo de vida saudável.

Nesse artigo eu vou falar sobre as indicações, benefícios e precauções para quem deseja aderir aos exercícios em jejum.

Não deixe de ler e compartilhar.

Exercícios em Jejum

1-Previne a Obesidade

A prática de atividades físicas e exercícios ajudam o seu corpo a manter-se ativo, e ajuda a perder as calorias extras.

Não se deixe levar pelo sedentarismo e pela vida corrida das cidades, mexa-se.

Fazendo atividades físicas em jejum, você melhora vários aspectos da sua vida, e previne a obesidade, que aumenta de forma preocupante a cada ano (12).

Eu tenho o hábito de realizar exercícios físicos em jejum; o jejum intermitente faz parte da minha vida (34).

Estudos comprovam que fazer exercícios aeróbicos (cardio), é uma das formas mais eficazes de exercícios para perder a gordura localizada na barriga.

Ainda não saíram resultados conclusivos sobre qual deve ser a intensidade dos exercícios, mas sabemos que os exercícios regulares são benéficos para a saúde do corpo e da mente (5).

2-Sensibilidade à Insulina 

Os exercícios em jejum, ajudam a perder peso e aumentar da sensibilidade à insulina; ou seja, as atividades físicas possibilitam que as células utilizem o açúcar disponível na corrente sanguínea, para gerar a energia necessária para o corpo.

Isso também possibilita as contrações musculares.

Caso você tenha algum problema em controlar o açúcar no sangue, é importante fazer exames de rotina para medir os níveis de açúcar no sangue.

Prestar atenção aos níveis de açúcar no sangue, ajuda a descobrir como o corpo reage às diferentes atividades, e em manter os níveis de açúcar controlados (6).

Ao aliar o jejum com os exercícios físicos, você possibilita que as gorduras corporais que estão armazenadas, sejam usadas como energia (7).

3-Hormônio HGH

Outro benefício de praticar exercícios em jejum, é o aumento da produção do hormônio HGH (Hormônio do Crescimento Humano) que é produzido pela glândula pituitária.

Esse hormônio traz benefícios como:

  • Estímulo para o crescimento muscular
  • Composição corporal equilibrada
  • Reparo celular
  • Equilíbrio do metabolismo(8910)
  • Aumento do desempenho e força durante os exercícios físicos
  • Diminui a perda de proteínas do corpo, durante doença, lesões ou recuperação

Uma das formas de aumentar a produção desse hormônio é perdendo gordura corporal, pois a gordura corporal está intimamente relacionada à produção do hormônio HGH (111213,14).

Com o sobrepeso ou com excesso de gordura abdominal você prejudica a produção do hormônio HGH, e ainda aumenta as probabilidades de desenvolver doenças graves (15).

Está comprovado que esse tipo de gordura é a mais perigosa que existe, e envolve o surgimento de muitas doenças.

O jejum intermitente também pode otimizar os níveis do hormônio HGH de várias maneiras; pois ajuda na queda de gordura corporal (16).

Cuidados ao fazer exercícios em jejum

Nem todas as pessoas podem usar esse método de emagrecimento e estilo de vida.

Para pessoas que estão abaixo do peso ou que possuem histórico de transtornos alimentares; fazer o jejum pode ser perigoso, e não é recomendado a menos que seja feito com acompanhamento médico.

Mulheres que estão tentando engravidar, que receberam um diagnóstico de infertilidade, no período de amamentação ou grávidas; também não devem fazer o jejum a menos que conversem antes com o seu médico.

Antes de decidir aderir ao jejum e aos exercícios consulte o seu médico, e saiba que apenas isso não é o bastante para manter a saúde e emagrecer.

Para impedir que o seu corpo ganhe toda aquela gordura perdida, é essencial iniciar e manter a reeducação alimentar.

Dedique mais tempo para você e a saúde todos os dias, mesmo que seja alguns minutos.

A reeducação alimentar, vai ajudar a mudar os hábitos ruins de alimentação, e a substituir os alimentos processados e repletos de açúcares adicionados, sódio e carboidratos por alimentos de verdade e naturais.

Pensando hoje na sua saúde você garante um futuro com qualidade de vida e mais feliz.

Eu desenvolvi um e-book para ajudar você a fazer essa transformação, com todas as informações que você precisa e um guia passo a passo para implementar.

Tenha acesso aos Bônus Exclusivos!!

Quer saber como conseguir? Então clique na imagem abaixo e adquira agora o meu livro digital:

VIVA MELHOR SEM GLÚTEN V 2.0

Ebook Viva Sem Glúten, Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!!

Dr. Juliano Pimentel

BAIXE AGORA O MEU GUIA COM OS
10 MELHORES SUCOS DETOX PARA EMAGRECER COM SAÚDE!!

[/vc_column_text]

[/vc_column][/vc_row]

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : destaquedr. juliano pimentele-bookemagrecer com saúdeemagrecimentoexercíciosExercícios em Jejumglândula pituitáriagordura localizada na barrigaHormônio do Crescimento HumanoHormônio HGHjejumjejum intermitenteníveis de açúcar no sanguereeducação alimentarsaúdesaúde do corposedentarismosensibilidade à insulina

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta