close
Metabolismo

Colina: Benefícios Essenciais para a Vida Saudável

A colina ela é muito importante para manter a qualidade da sua saúde! Um macronutriente importante para manter os níveis equilibrados do metabolismo, funções cerebrais, entre outras coisas.

O seu organismo fabrica a colina em pequenas quantidades.

Mas isso não exclui a necessidade de consumir alimentos que contenham um alto nível desse macronutriente.

Saiba que é extremamente importante evitar a deficiência dela, para prevenir o desenvolvimento de problemas de saúde como doença hepática e doença de Alzheimer.

Responsável por auxiliar na saúde da função hepática, desenvolvimento normal do cérebro, função nervosa, movimentos musculares, níveis de energia de suporte e manutenção do metabolismo saudável.

Nesse artigo darei mais detalhes sobre a colina e a importância dela.

Não deixe de ler e compartilhar!

Colina

Colina: ovos são uma boa fonte desse macronutriente. Imagem: (Divulgação)

Esse macronutriente chamado colina está presente na forma de fosfatidicolina; um composto que compõe o componente estrutural da gordura e, portanto, pode ser encontrado em diferentes tipos de alimentos que naturalmente contêm determinadas gorduras.

Ela desempenha um papel em vários processos importantes dentro do corpo, que são realizados centenas de vezes todos os dias (1).

A colina ajuda no processo de metilação que é usado para criar o DNA, para sinalização nervosa e desintoxicação.

Também é importante para o funcionamento de um neurotransmissor chave chamado acetilcolina, que ajuda os nervos a se comunicarem e os músculos se moverem; atua também como neurotransmissor anti-envelhecimento e realiza outros processos básicos.

É um nutriente solúvel em água que está relacionado a outras vitaminas, como o folato e as vitaminas do complexo vitamínico B.

Assim como as vitaminas B, a colina desempenha um papel semelhante em termos de energia e função cerebral, além de manter o metabolismo ativo.

Ela não é realmente considerada um mineral ou uma vitamina, mas é conhecida por ser um micronutriente essencial necessário, especialmente para a função cerebral.

Então, enquanto não há uma recomendação oficial de valor diário para colina, estabelecida pelo NAS (Nação da Academia de Ciências), é importante evitar a deficiência de colina no organismo.

Com isso você ajuda a manter o equilíbrio funcional do sistemas nervoso, endócrino, digestivo e do sistema reprodutivo.

Nossos corpos são capazes de fabricar uma pequena quantidade de colina por conta própria, mas o resto devemos obter através de fontes alimentares. 

Ela pode ser encontrada naturalmente em alimentos, incluindo ovo, fígado bovino, salmão, couve-flor, couve e leite materno.

Na verdade, os ovos às vezes são chamados de “alimento para cérebro” porque são conhecidos por fornecer grandes quantidades de colina.

Adicionada à lista de nutrientes necessários do Instituto de Medicina (OIM), da Academia Nacional de Ciências, Engenharia e Medicina dos Estados Unidos; em 1998, tornando-se uma das adições mais recentes de todos os nutrientes (2,3).

Principais Benefícios da Colina

Confira a seguir os principais benefícios da colina para a saúde:  

  1. Produz DNA

Colina e a Saúde do Sistema Nervoso. Imagem: (Divulgação)

Ela ajuda o corpo a absorver gordura, e as gorduras são usadas para criar membranas e estruturas celulares.  

Sem colina suficiente no corpo, nossas células não podem reter adequadamente sua estrutura, e enviar mensagens para outras partes do corpo (3).

A presença dela é necessária para produzir o DNA, que é responsável por construir toda a estrutura do corpo.

A colina e o folato são conhecidos por serem nutrientes essenciais envolvidos nos processos do Grupo Metilo, que o corpo usa para formar material genético que ajuda a construir todos os sistemas dentro do organismo.

  1. Suporta Sistema Nervoso Central

Colina: Saúde do Sistema Nervoso Central. Imagem: (Divulgação)

Ela é usada para manter o funcionamento dos nervos, sinalização nervosa e mantendo as membranas das células cerebrais.

Ajuda a formar tecido dentro do sistema nervoso, que desempenha um papel no desenvolvimento e crescimento do cérebro.

Acredita-se que a colina possa melhorar a capacidade de sinalização dos nervos, apoiar a integridade estrutural e proteger as membranas neuronais vitais (4).

Atua como um precursor de certos neurotransmissores importantes; incluindo a acetilcolina, que é usado na função saudável do nervo e do músculo.

Os neurotransmissores são usados ​​em todo o corpo constantemente, para retransmitir informações de sistema para sistema.

O neurotransmissor acetilcolina, está envolvido na capacidade de memória e aprendizagem; a deficiência de colina pode resultar em baixa concentração, pouca memória, mudanças de humor e outras deficiências cognitivas, especialmente durante a idade avançada.

A acetilcolina é formada quando uma molécula de acetato se combina com uma molécula de colina; portanto, sem colina suficiente presente no corpo, essa molécula não pode ser produzida adequadamente e a função cerebral pode sofrer (5)

  1. Mantém a Função Saudável do Fígado

Necessária para transportar adequadamente a gordura do fígado, para as células em todo o corpo. 

Ela está envolvida na limpeza do fígado; sendo parcialmente responsável por manter o fígado limpo da acumulação de gordura e toxinas, e assim evitar possíveis danos nesse órgão e na saúde.

Esse macronutriente essencial também desempenha um papel no transporte de colesterol e triglicerídeos, duas formas de gorduras importantes; do fígado para outras áreas do organismo, onde elas são necessárias.

Estudos apontam que pessoas que apresentam baixos níveis de colina, correm maior risco de sofrer danos no fígado e até insuficiência hepática. (6).

  1. Ajuda a Proteger a Memória

A colina ajuda a manter a capacidade de manter a saúde mental, à medida que envelhece.

Como é um componente das membranas celulares e neurotransmissores que são utilizados na sinalização nervosa; ela também desempenha um papel na preservação da memória e na prevenção da demência, perda de memória e outros sinais de declínio cognitivo, como no caso da doença de Alzheimer. 

À medida que envelhecemos, nosso cérebro torna-se menos elástico. A colina faz um importante trabalho de manter a elasticidade cerebral trabalhando para manter os níveis de acetilcolina, que naturalmente diminui durante a velhice (7).

O seu consumo através da alimentação adequada ainda é essencial.

  1. Manter a Saúde Cardíaca

A colina e o folato ajudam na conversão da homocisteína, impede o corpo de acumular gordura em excesso e pode ser benéfico para reduzir o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral (8).

A homocisteína é um aminoácido que entra no corpo a partir de fontes de proteína; e o alerta é sobre os níveis elevados de homocisteína no organismo, que foram correlacionados com o desenvolvimento de doenças cardíacas e problema nos vasos sanguíneos.

Os outros benefícios incluem:

  • Saúde das Funções musculares
  • Melhoria do desempenho físico
  • Gravidez saudável
  • Bom desenvolvimento infantil

Após conhecer os principais benefícios desse macronutriente essencial para a sua saúde, invista em alimentos que sejam ricos nesse macronutriente, e consuma regularmente.

Sem esse macronutriente não existe vida.

Então, tenha a determinação de consumir alimentos saudáveis e naturais, e alie isso a uma mudança de hábitos na sua rotina.

Cuidar da saúde agora, é o que definirá a saúde no futuro.

E se o seu objetivo é ter qualidade de vida, prevenir doenças como essas citadas no artigo entre outras e potencializar a sua saúde, através da alimentação saudável, eu tenho uma notícia.

Eu desenvolvi um e-book para ajudar você a fazer essa transformação alimentar; com todas as informações que você precisa e um guia passo a passo para implementar.

Você ainda terá acesso aos Bônus Exclusivos!!

Clique na imagem abaixo e adquira agora o meu livro digital:

VIVA MELHOR SEM GLÚTEN V 2.0

Ebook Viva Sem Glúten, Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : acetilcolinaacidente vascular cerebralalimentos industrializadoscolinacouvecouve-flordeficiência de colinDesenvolvimento InfantildesintoxicaçãoDNAdoença hepáticadr. juliano pimentele-bookfígado de boiFolatofontes de proteínafosfatidicolinafunção cerebralfunção hepáticafunção nervosaFunções Muscularesgordura do fígadogravidez saudávelGrupo Metilohomocisteínainsuficiência hepáticamacronutrientemetabolismometilaçãomicronutriente essencialmovimentos muscularesneurotransmissorneurotransmissor acetilcolinaneurotransmissor anti-envelhecimentoneurotransmissoresnutriente solúvelOIMovoovosperda de memóriaprevenção da demênciaprincipais benefícios da colinasistema reprodutivovitaminas B

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

2 Comentários

  1. Dr Juliano, eu passo por um problema desde a minha adolescência que é um cheiro ruim que exala o meu corpo. Depois de ler muito sobre o assunto vi que tenho um problema no meu metabolismo e que não posso comer alimentos que contenham colina, pois no meu corpo é transformado em cheiro ruim que é exalado pelo meu corpo. Não sei o que fazer pois depois fe ler a sua matéria e ver que a colina é é essencial para a saúde, fico sem saber oque fazer. Peço a du ajuda por favor.

Enviar Resposta