close
Metabolismo

Ioga: Como Ela Modifica O Seu Cérebro?

Você já se perguntou quais são os benefícios da ioga, e o que ela pode fazer pelo seu cérebro? Acontece que após uma aula, a felicidade que você sente não é apenas na sua cabeça. Usando exames cerebrais, os cientistas provaram que a ioga realmente muda a química cerebral de forma positiva.

Assim como a prática de movimentos de tai chi chuan, usar a ioga como forma de exercício e meditação pode ajudar a tratar naturalmente uma série de problemas de saúde, particularmente distúrbios psicológicos.

Afinal, quem não quer ser mais feliz e ter equilíbrio na vida?

Nesse artigo explicarei como ela modifica o seu cérebro.  

Não deixe de ler e compartilhar!

Ioga

Ioga Te Traz A Sensação De Paz E Bem Estar
Ioga Traz A Sensação De Paz E Bem Estar. Imagem: (Divulgação)

Embora as terapias naturais incluindo a ioga, não tenham uma tonelada de financiamento para estudos importantes em comparação com as indústrias farmacêutica e biotecnológicas; estamos começando a ver uma ciência atrativa emergir.

Algumas das melhores ciências até hoje que mostram como ela modifica o cérebro, envolve o alívio da ansiedade, depressão e tolerância à dor.

Ioga Desencadeia o GABA

Você sabia que o ioga é um remédio natural para a ansiedade? Isso porque ele afeta os níveis de GABA do nosso cérebro.

GABA é a abreviação para ácido gama-aminobutrílico, que é crucial para a supressão da atividade neural.

Seus neurotransmissores produzem um efeito calmante semelhante ao consumo de álcool (sem os efeitos colaterais nocivos, claro).

Os efeitos calmantes do álcool são apenas temporários, e possivelmente aumentando a ansiedade após passar o efeito, diferente da Ioga. (1)

Ela supera a produção natural de GABA do cérebro.

O exercício ainda ajuda a combater efeitos como insônia, convulsões, e ironicamente ajuda a combater a ansiedade ligada à abstinência de drogas. (2)

A prática desencadeia mais GABA amilífera no tálamo do cérebro, do que caminhar ou ler, de acordo com um estudo de 2010 publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine.

Comparado com o prazer de ler por uma hora, uma sessão de Ioga de 60 minutos aumenta os níveis de GABA em 27%. (3).

Devido à sua combinação de respiração, meditação e movimento, a ioga pode ser um dos melhores exercícios para combater a ansiedade.

Pode Reverter Efeitos de Dores Crônicas

Ela pode prevenir ou reverter os efeitos das dores crônicas no cérebro, de acordo com os Institutos Nacionais de Saúde.

Indivíduos deprimidos podem ter reduzido a matéria cinzenta no cérebro, como resultado da dor crônica.

A matéria cinzenta está localizada no córtex cerebral e áreas subcríticas do cérebro.

A diminuição da matéria cinzenta pode levar à deterioração da memória, problemas emocionais, intolerância à dor e problemas no funcionamento cognitivo.

Mas a ioga e a meditação possuem um efeito oposto no cérebro; as pessoas que praticam regularmente ioga têm níveis mais robustos de matéria cinzenta, em áreas envolvidas com a modulação da dor.

Isso significa que ela pode ser considerada um aliado efetivo no combate de certos tipos de depressão – e um dos principais analgésicos naturais. (4)

Ela atua como um antidepressivo natural, que pode ajudar mulheres grávidas suscetíveis à depressão pós-parto.

Um estudo de 2012 publicado em Terapias Complementares em Prática Clínica, apontou que a ioga meditativa reduziu significativamente os sintomas de depressão em mulheres em risco. (5)

Melhora o Funcionamento Cognitivo

O caos da vida cotidiana pode levar à neblina cerebral, reduzindo sua capacidade de foco, no entanto, 20 minutos dela podem te ajudar a combater isso.

Dentro de um estudo, publicado no Journal of Physical Activity and Health, os participantes obtiveram maiores resultados nos testes de funcionamento do cérebro (tanto em termos de velocidade, quanto de precisão).

Após praticar apenas 20 minutos de ioga, em comparação com o exercício aeróbio.

Como mencionado acima, ela a ajudará a acalmar a mente. E como resultado, os indivíduos são capazes de eliminar pensamentos de distração.

Ao praticar Ioga, você está foca no corpo, respiração e postura.

Esta auto avaliação aprimorada é considerada apenas um dos mecanismos possíveis para reduzir o estresse, além de exercícios de meditação e respiração. (6)

Melhora Transtornos de Saúde Mental

Muitas pessoas sofrem de um transtorno de saúde mental diagnosticável.

Desses transtornos, muitos sofrem de ansiedade e condições de humor. Dentro de um estudo, publicado no Journal of Psychiatric Practice, descobriu que a ioga pode ajudar a aliviar os sintomas do transtorno bipolar.

Os pesquisadores pediram para que os pacientes bipolares, relatassem o impacto que a ioga teve em suas vidas; e embora os benefícios tenham sido relatados, a resposta mais comum foi efeito emocional positivo.

Mais especificamente, os pacientes relataram sentimentos reduzidos de ansiedade e melhoramento cognitivo.

Eles também experimentaram efeitos físicos, como aumento de energia e perda de peso. Alguns até responderam que a ioga refletiu em uma mudança de vida.

Você não precisa sofrer de uma condição de saúde mental para experimentar maior felicidade após uma sessão de ioga.

Há tantos componentes dela que incentivam um estado de espírito mais positivo, que já foi apoiado pela pesquisa.

Na verdade, um estudo descobriu que simplesmente viver no momento, comumente referido como “atenção plena”, pode tornar os indivíduos mais felizes.

Ela pode ser a forma mais importante de exercício para combater a ansiedade, graças a seus exercícios únicos de respiração, meditação e alongamento em prática.

Embora existam muitas formas diferentes de ioga, eu incentivo você a começar com ioga suave e experimentar para encontrar o tipo que funciona melhor para você.

Pesquisas médicas nos diz que a ioga muda seu cérebro de maneiras maravilhosas.

Estes incluem inundar o cérebro com GABA calmante e aumentar a matéria cinzenta em áreas do cérebro que nos permitam tolerar a dor.

Isso é crucial para aqueles que vivem com dor crônica

Porém, ela não exclui a necessidade de tratamentos convencionais, converse com o seu médico, para ver a melhor forma de tratamento para você.

Seu cérebro vai agradecer!

E lembre-se de aliar essa prática, com uma alimentação natural e saudável com uma vida ativa.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : abstinência de drogasácido gama-aminobutrílicoanalgésicos naturaisantidepressivo naturalbenefícios da iogacérebrodepressãodeterioração da memóriaDistúrbios psicológicosdor crônicadores crônicasdr. juliano pimentelefeito calmantefelicidadeGabainsôniaiogameditaçãoperda de pesoproblemas de saúdeTai Chi Chuantranstorno de saúde mental

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta