close
Metabolismo

Lugol: O Que É? Para Que Serve? Ajuda a Emagrecer?

Dr Juliano Pimentel

O lugol é um medicamento utilizado, na maioria das vezes, para repor alguma deficiência de iodo. Ele pode ser  necessário para garantir o desenvolvimento e o pleno funcionamento do metabolismo.

Praticamente tudo que funciona em nosso corpo, seja o metabolismo hormonal, nosso cérebro ou até sistema digestivo, é necessário o uso do iodo, principal componente do Lugol.

Estudos apontam que 75% da população brasileira sofrem com a deficiência de Iodo, uma das principais substâncias necessárias para o pleno funcionamento do organismo.

Nesse artigo explicarei o que é o lugol e para que serve.  

Não deixe de ler e compartilhar.

Lugol

Este medicamento contém iodo e iodeto de potássio.

É usado juntamente com medicamentos antitireoidianos para preparar a glândula tireoide para a remoção cirúrgica e para tratar certas condições hiperativas da tireoide (1).

Ele funciona reduzindo o tamanho da glândula tireoide, e diminuindo a quantidade de hormônios que a tireoide produz.

Este medicamento também pode ser usado para proteger a glândula tireoide após tratamento com iodo radioativo ou em uma emergência de exposição à radiação.

Em tais casos, este produto bloqueia a glândula tireoide de absorção de iodo radioativo, protegendo-o de danos e reduzindo o risco de câncer.

Em uma emergência de exposição à radiação, use este medicamento juntamente com outras medidas de emergência que serão recomendadas a você por médicos.

O medicamento contribui para o processo de emagrecimento, justamente por contribuir para o metabolismo do organismo.

Isso porque o iodo é responsável pelo funcionamento da glândula tireoide (responsável pela produção de hormônios), que são diretamente responsáveis por controlar todo o desenvolvimento e manutenção do corpo (2).

Além disso, o lugol ajuda a manter níveis adequados de energia disponível para o corpo, melhorando o uso das calorias (bem como seu armazenamento, sem permitir o acúmulo excessivo de gordura).

Ele pode remover substâncias tóxicas do corpo (inclusive as que depositam em nossa gordura) como metais pesados (chumbo, flúor, mercúrio, alumínio – todas substâncias tóxicas que podem causar doenças, inclusive degenerativas como o Alzheimer) e ainda fortalece o sistema imunológico.

No entanto, o seu uso para o emagrecimento não é recomendado.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais do uso do lugol incluem náuseas, vômitos, dores de estômago, diarreia, gosto metálico na boca, febre, cefaleia, corrimento nasal, espirros ou acne.

Se algum destes efeitos persistir ou piorar, informe o seu médico ou farmacêutico prontamente.

Lembre-se de que seu médico receitou este medicamento porque ele ou ela julgou que o benefício para você é maior do que o risco de efeitos colaterais.

Muitas pessoas que usam este medicamento não têm efeitos secundários graves.

Informe o seu médico imediatamente se ocorrer algum destes efeitos secundários improváveis, ​​mas graves (3):

– Ardor na boca;

– Dores de garganta;

– Gengivas doloridas, inchaço na boca, aumento da saliva, irritação ocular;

– Pálpebras inchadas, cefaleia intensa, inchaço da frente do pescoço;

– Confusão, entorpecimento;

– Formigamento;

– Dor ou fraqueza das mãos e pés.

Fique atento aos sintomas e procure orientação médica.

Precauções

Antes de tomar este medicamento, informe o seu médico se tem alergia ao iodo ou ao iodeto de potássio. Ou se você tem quaisquer outras alergias.

Este produto pode conter ingredientes inativos, que podem causar reações alérgicas ou outros problemas. Fale com o seu farmacêutico para mais detalhes.

Este medicamento não deve ser utilizado se tiver determinadas condições médicas. Antes de usá-lo informe seu médico sobre bronquite, condições de pele ou doença dos vasos sanguíneos.

É preciso que o profissional de saúde tenha acesso ao seu histórico médico, especialmente sobre: ​​problemas de tireoide, doença cardíaca, tuberculose, níveis elevados de potássio no sangue, Doença de Addison, entre outros (4).

Durante a gravidez, este medicamento deve ser utilizado apenas quando claramente necessário. Dosagem repetida aumenta o risco de bloqueio da função da tiroide no feto, possivelmente causando dano.

Discute os riscos e benefícios com o seu médico.

Uma reação alérgica muito grave a esta droga é rara. No entanto, procure assistência médica imediata se detectar quaisquer sintomas de uma reação alérgica.

Use o lugol apenas com prescrição médica. Não se automedique para emagrecer.

 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

BZ
O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : bloqueio da função da tiroidedeficiência de iodoDor ou fraqueza das mãosdr. juliano pimentelemagrecerglândula tireoidelugolmedicamentometabolismoprocesso de emagrecimento

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

2 Comentários

Enviar Resposta