close

Se você tem acesso a internet ou assiste TV provavelmente você viu e leu notícias sobre o novo surto de gripe na China. Mas, afinal o que é esse coronavírus? Será apenas mais um surto de gripe ou algo mais sério?

Neste artigo reuni as principais informações disponibilizadas até agora pela OMS – Organização Mundial de Saúde e pela imprensa mundial como a BBC. 

Os cientistas o identificaram como um novo coronavírus. O nome vem da palavra latina para coroas ou halos, que os coronavírus se assemelham ao microscópio. A família do coronavírus tem muitos tipos que afetam as pessoas. Alguns causam o resfriado comum, enquanto outros originários de morcegos, camelos e outros animais evoluíram para doenças mais graves, como SARS – síndrome respiratória aguda grave – ou MERS – síndrome respiratória do Oriente Médio.

De onde veio o surto de gripe na China?

Os primeiros casos apareceram no mês passado em Wuhan, uma cidade na província de Hubei, no centro da China. Muitas das primeiras pessoas infectadas visitaram ou trabalharam no Mercado Atacadista de Frutos do Mar de Huanan, em Wuhan, que desde então foi fechado para uma investigação.

As autoridades de saúde chinesas dizem acreditar que o coronavírus doença se espalhou primeiro dos animais para as pessoas. Agora eles dizem que pode se espalhar entre as pessoas.

Quão difundido é?

A China identificou 440 casos e nove mortes, a maioria das doenças e todas as mortes na província de Hubei. Os casos também foram confirmados na Tailândia, Coréia do Sul, Japão, EUA, Taiwan e Macau. 

Sobre o surto do coronavírus no exterior todos envolvem pessoas que são de Wuhan ou visitaram a cidade chinesa.

Surto de gripe na China
Aeroportos estão examinando passageiros aéreos vindos de Wuhan, para evitar que o surto de gripe na China se espalhe.

O surto coincide com a temporada de viagens mais movimentada da China, quando as pessoas visitam suas famílias ou vão para o exterior para o feriado do Ano Novo Lunar. Por isso, as autoridades chinesas estão em uma corrida para evitar que este surto viral na China se espalhe. 

Quais são os sintomas do surto viral na China?

Os sintomas comuns incluem coriza, dor de cabeça, tosse e febre. Falta de ar, calafrios e dores no corpo estão associados a tipos mais perigosos de coronavírus, de acordo com os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças. Em casos graves, o vírus pode causar pneumonia.

Coronavírus podem causar desde um resfriado comum até a morte do paciente infectado.

O novo vírus aparentemente está em algum lugar no meio do caminho entre esses dois extremos.

“Quando encontramos um novo coronavírus, buscamos saber quão severos eram os sintomas, e eles são mais parecidos aos de um resfriado, o que gera preocupação, mas não são tão graves quanto os da Sars”, afirmou o professor Mark Woolhouse, da Universidade de Edimburgo.

Existe cura?

Há um teste para identificar o vírus, mas não há vacina para prevenir uma infecção. Pacientes com o vírus foram isolados em hospitais ou residências para evitar sua propagação.

Os sintomas são tratados com medicamentos para dor e febre, e as pessoas são aconselhadas a beber bastante líquido e descansar enquanto se recuperam.

Como está se espalhando?

Muitos coronavírus podem se espalhar através da tosse ou espirro, ou tocando em uma pessoa infectada. Os cientistas acreditam que o novo vírus pode se espalhar de pessoa para pessoa em contato próximo através do trato respiratório.

Poderia ser tão ruim quanto a SARS?

Até agora, o vírus parece menos perigoso e infeccioso que o SARS, que também começou na China em 2002-03 e matou cerca de 800 pessoas. No entanto, os vírus podem se transformar em formas mais perigosas e contagiosas, e é muito cedo para dizer o que acontecerá com esse.

O vírus pode chegar ao Brasil?

No Brasil, o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde informa que não há nenhum caso suspeito, mas a pasta diz que enviou comunicado às representações da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) em portos e aeroportos para que viajantes sejam orientados a tomar medidas de precauções em viagens ao exterior e para a “revisão dos principais aeroportos de conexão provenientes da China para identificação e mensuração dos riscos”.

Últimas informações sobre o surto de gripe na China

O surto de gripe na China parece ser uma nova cepa de um coronavírus que não havia sido previamente identificado em humanos — coronavírus são uma ampla família de vírus, mas poucos deles são capaz de infectar pessoas.

Até agora, os cientistas acreditam que a fonte primária do vírus seja animal, provavelmente de um mercado de alimentos em Wuhan, mas ainda não foi identificado o caminho inicial de transmissão.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ocorreram também “limitadas transmissões de humano para humano”. Isso também foi confirmado pela agência de notícias Xinhua, que citou dois casos. É uma novidade: anteriormente, as autoridades chinesas sustentavam que a transmissão vinha se dando pelo contato com animais infectados em um mercado de alimentos em Wuhan.

Por isso, a orientação em locais de risco é evitar o contato “desprotegido” com animais ou com pessoas com sintomas semelhantes aos de gripe e resfriado. Além disso, recomenda-se que carnes e ovos só sejam ingeridos depois de devidamente cozidos.

O estado de alerta atual traz à tona memórias do vírus Sars (também um coronavírus), que matou 774 pessoas em 2002 em dezenas de países, a maioria deles na Ásia. E análises genéticas do novo vírus mostram que ele tem mais parentesco com o Sars do que qualquer outro coronavírus humano.

Por enquanto, a OMS não recomenda restrições em viagens ou no comércio internacional em decorrência do vírus, mas ao mesmo tempo tem oferecido orientação a países para se prepararem.

Enquanto isso, se você quer se proteger da gripe e resfriado de verão, comece a consumir sucos detox. Eles além de limpar seu organismo ajudam a elevar a imunidade. Confira algumas receitas!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : coronavíruscripe chinesanotíciasnotícias de saúdesaúdesurto de gripe na Chinasurto na chinasurto viralsurto viral na china

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta