close
ÓLEOS ESSENCIAIS

Óleo Essencial de Cravo – Os benefícios para aromaterapia

O cravo-da-índia (Syzygium aromaticum) é uma especiaria aromática usada por muitas culturas ao redor do mundo. Assim como outras especiarias, é também usado para se ter o óleo essencial de cravo. 

O óleo essencial de cravo, embora não seja tão popular quanto outros óleos, ele pode beneficiar sua saúde (1).

O óleo essencial de cravo é derivado do cravo-da-índia, hoje, o óleo de cravo é conhecido por seus benefícios à saúde bucal (2). Um estudo, por exemplo, observou que o óleo essencial de cravo pode ser eficaz na dor de dentição em crianças (3). Em outro estudo, foram encontrados extratos de cravo para ajudar a combater as bactérias responsáveis ​​pela doença gengival (4).

Descrição Aromática: Bastante condimentado, aconchegante, amadeirado com um toque de couro

Método de Extração: Destilação a vapor

Parte da Planta: Botão

Principais Componentes Químicos: Eugenol

63–95% Eugenol – 0.6–20% beta- Cariofileno

Sistemas do Corpo: Cardiovascular.

Principais usos do óleo essencial de Cravo. 

Tradicionalmente, o óleo de cravo-da-índia é usado para diversos fins, incluindo:

  • como antimicrobiano, para ajudar a matar bactérias
  • como um analgésico para condições como dor de dente e dor muscular
  • para distúrbio digestivo
  • aliviar condições respiratórias como tosse e asma

Além de seus efeitos positivos no campo da assistência odontológica, o óleo essencial de cravo pode ser usado como tratamento para outras condições de saúde. Abaixo estão alguns dos usos mais comuns deste óleo vegetal:

  • Ajuda digestiva – o cravo possui propriedades que podem ajudar a relaxar os músculos lisos que revestem o trato gastrointestinal, ajudando assim, a aliviar problemas digestivos como náuseas e vômitos (5).
  • Produto para cuidados com a pele – A aplicação tópica de óleo de cravo pode ajudar a tratar problemas de pele como verrugas, acne, flacidez e rugas, por exemplo(6). 
  • Repelente de insetos – Quando usado junto com os óleos essenciais cítricos, esse óleo vegetal pode ajudar a afastar os insetos (7). 
  • Expectorante – O óleo de cravo pode ajudar a aliviar problemas respiratórios, como tosse, resfriados, sinusite, asma e tuberculose. Por isso, mastigar um broto de cravo ajuda a aliviar a dor de garganta (8). 
  • Anti-séptico – A aplicação tópica pode ajudar a gerenciar infecções fúngicas, bem como, feridas e cortes.  (9, 10). 
  • Ingrediente do perfume – O óleo de cravo -da- índia, com seu aroma forte e único, é usado em perfumes de cravo, rosa e madressilva, pois tem uma fragrância forte e única (11).
  • Agente aromatizante – Os botões de cravo -da- índia podem ser usados ​​em vários pratos para dar sabor adicional (12).
  • Óleo de massagem – Pode ser usado para aliviar a dor assim como, o estresse (13).

Benefícios do óleo de cravo

O óleo essencial de cravo-da-índia deve muitos de seus benefícios à saúde ao eugenol, que compreende até 89% do óleo. Isso porque, este composto fornece potentes propriedades anti-sépticas, anti-inflamatórias e antioxidantes (14).

Graças a este composto químico, este óleo vegetal é muito eficaz contra dores de dentes, assim como, gengivas, úlceras na boca, cáries e mau hálito.

É também, por causa do composto que o óleo de cravo-da-índia e outros óleos de especiarias que contêm eugenol (como canela , manjericão e noz-moscada) são adicionados a produtos dentários, bem como, repelentes de insetos, perfumes, alimentos e até produtos farmacêuticos.

Além do mais, o Eugenol também faz com que o óleo de cravo-da-índia tenha propriedades estimulantes e aquecedoras, por isso, é uma escolha popular entre os praticantes de aromaterapia (15, 16). Aliás, entre seus benefícios, está a capacidade de ajudar a estimular o metabolismo, ajudando a melhorar a circulação sanguínea e diminuindo a temperatura do corpo.

O óleo de cravo-da-índia também pode promover a saúde digestiva, ajudando a controlar soluços, indigestão, enjôo e excesso de gás. Além disso, pode ajudar seu metabolismo,  a gerenciar a inflamação e, curiosamente, os níveis de açúcar no sangue. 

Um estudo publicado em 2012, por exemplo, observa que os extratos de cravo ajudaram a suprimir significativamente os picos nos níveis de açúcar no sangue em camundongos afetados com diabetes tipo 2 (17).

Aplicações de pele

Em 2017, houve um teste com o óleo de cravo para ver se, quando aplicado à pele, tinha algum efeito sobre a coceira crônica. O estudo descobriu que, comparado ao óleo de petróleo, o óleo de cravo aliviou significativamente a coceira (18).

Além desse, outro estudo comparou o uso tópico do creme de cravo no tratamento de fissuras anais com amaciadores de fezes e creme de lignocaína (19).

Após três meses, os pesquisadores notaram a cura em 60% das pessoas no grupo de óleo de cravo, em comparação com apenas 12% nos grupos de amaciadores de fezes e lignocaína.

Usos dentários

Em 2012, investigaram o efeito do óleo de cravo na erosão dentária dos dentes por bebidas ácidas, como suco de maçã (20). Vale lembrar que, a erosão dentária dos dentes pode levar a cáries.

Segundo o estudo, o óleo de cravo e suas moléculas foram eficazes na prevenção da erosão dentária, sendo assim, o óleo de cravo pode funcionar de maneira semelhante ao flúor na prevenção de cáries, acreditam os autores do estudo.

Já em 2016, testaram 10 produtos vegetais naturais para ver quão eficazes eles eram contra organismos que causam cáries orais (21). Dentre eles,  óleo de cravo foi considerado o mais eficaz na inibição de organismos causadores de cáries.

Além desses, há também um estudo de 2006 que comparou a capacidade de alívio da dor do gel de cravo e benzocaína (22).

Os pesquisadores descobriram que os participantes que foram testados com óleo de cravo ou benzocaína apresentaram escores de dor significativamente mais baixos que o grupo placebo. Isso levou os autores do estudo a acreditar que o óleo de cravo pode ser eficaz como anestésico tópico, por exemplo.

Propriedades anticâncer

Um estudo de 2014 analisou o efeito que o óleo de cravo tinha em uma linha de células de câncer de mama humano in vitro, o que significa que as células foram testadas em um prato ou tubo de ensaio (23). Os pesquisadores descobriram que o óleo de cravo, em certas quantidades, era tóxico para as células cancerígenas.

Em outro estudo, porém, os pesquisadores descobriram que o óleo de cravo parou o crescimento de várias linhas celulares de câncer, incluindo, entre outras, câncer de mama, colo do útero e cólon (24). O extrato de cravo também aumentou a morte celular e interrompeu a divisão celular em uma linha celular de câncer de cólon.

Como usar o óleo essencial de cravo-da-índia

Spray

Usar o óleo essencial de cravo como spray é uma maneira fácil de adicionar o perfume apimentado de cravo em seu ambiente. Ou talvez você queira usar as propriedades antimicrobianas do óleo de cravo e usá-lo como um desinfetante suave. Para fazer um spray de cravo você precisa de:

  • 100 ml de água destilada
  • 350 ml de álcool de cereais
  • 30 gotas de óleo essencial de cravo

Misture tudo e coloque no frasco de vidro, certifique-se de agitar bem o frasco antes de borrifar.

Difusão

Assim como nas aplicações de spray, o uso de um difusor pode ajudar a espalhar o aroma do cravo-da-índia por toda a sala. Ao difundir o óleo de cravo, siga cuidadosamente as instruções fornecidas com o difusor.

Ao pulverizar ou difundir o óleo de cravo, verifique se a sala está bem ventilada.

Tópicos

Existem duas maneiras de aplicar o óleo de cravo na pele, se você quiser usá-lo para aliviar a dor, curar feridas ou aliviar a coceira:

  • Óleos de massagem. Dilua o óleo de cravo no óleo transportador, como jojoba, coco ou azeite. O uso ideal é de 15 gotas de óleo de cravo-da-índia por 29 ml de óleo transportador, a fim de criar uma solução de 2,5%.
  • Cremes, esfoliantes ou loções. Dilua o óleo de cravo em um produto sem perfume, como uma loção ou creme facial. O recomendado é a diluição de 1 a 2,5% para a pele normal e uma diluição de 0,5 a 1% para a pele sensível.

Dental

Você tem dor de dente? Um pouco de óleo de cravo no dente pode ajudar a aliviar a dor até que você possa ir ao dentista. Para usar o óleo de cravo para uma dor de dente, siga estas etapas:

  1. Dilua algumas gotas de óleo de cravo em um óleo comestível, como azeite ou óleo de coco.
  2. Em seguida, coloque uma bola de algodão limpa na solução, deixando-a de molho.
  3. Evitando o contato com as gengivas, aplique a bola de algodão no dente dolorido, pode levar alguns minutos de aplicação para sentir alívio.
  4. Reaplique a cada 2 horas, conforme necessário.

Se sentir irritação ou desconforto ao aplicar óleo de cravo em um dente, pare de usá-lo.

O consumo interno de óleo de cravo-da-índia é seguro para a maioria das pessoas, com 1.500 miligramas por quilograma de peso corporal. Fique atento, e se você tiver reações negativas à sua pele, pare de usar o óleo de cravo e procure tratamento profissional imediatamente.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

 

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : aromaterapiacomo fazer spray óleo essencialdifusordifusor óleo essencialdr. juliano pimentelóleo essencialóleo essencial de cardamomoóleo essencial de cravoóleo essencial para aromaterapiaóleo essencial para asmaóleo essencial para cárieóleo essencial para mau hálitoóleo essencial para sistema digestivoóleos essenciaissaúde

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta