close

O óleo essencial de rosa é um tipo de óleo essencial comumente usado na aromaterapia, graças aos compostos aromáticos da flor. Como esses compostos possuem propriedades curativas, assim também, o óleo essencial de rosa é usado para diversos fins relacionados à saúde.

Usos

Quando aplicados diretamente à pele, os produtos para o cuidado da pele que contêm óleo essencial de rosa têm o objetivo de hidratar a pele seca, bem como, minimizar a acne, reduzir os sinais de envelhecimento, minimizar a aparência de cicatrizes e ajudar com condições como eczema e rosácea.

O óleo de rosa é normalmente apresentado como um remédio de aromaterapia para os seguintes problemas de saúde:
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Dores de cabeça
  • Sintomas da menopausa (2)
  • Cólicas menstruais (3)
  • Enxaqueca

Benefícios para a saúde

Até agora, o apoio científico aos benefícios do óleo essencial de rosa é bastante limitado. No entanto, aqui estão algumas das principais descobertas de pesquisas científicas sobre os benefícios para a saúde do óleo essencial de rosa:

Para averiguar o potencial do óleo essencial de rosa no combate ao estresse em 2009 foi realizado um estudo (4).

Neste estudo, 40 voluntários saudáveis ​​absorveram óleo essencial de rosa ou placebo pela pele. Os resultados revelaram que aqueles que receberam óleo essencial de rosa experimentaram um aumento maior nos sentimentos de calma e relaxamento, bem como uma diminuição maior na taxa de respiração e pressão arterial, em comparação com aqueles que receberam o placebo.

Um pequeno estudo publicado em 2014 indica que o óleo essencial de rosa pode melhorar também a qualidade do sono em pessoas hospitalizadas em unidades coronarianas (5).  Um estudo com 60 pessoas comprovou os benefícios do óleo de rosa para o sono.
No estudo, as pessoas que receberam cuidados de rotina mais aromaterapia com óleo de rosas por três noites subsequentes tiveram uma melhor qualidade de sono em comparação com aqueles que receberam cuidados de rotina.
Vários estudos preliminares sugerem que o óleo essencial de rosa pode ajudar a aliviar a ansiedade. Um estudo de 2016, por exemplo, examinou o uso de aromaterapia com água de rosas para ansiedade em pacientes em hemodiálise e descobriu que a água de rosas reduziu visivelmente os níveis de ansiedade (6).

4) Sintomas da menopausa

O óleo essencial de rosa pode ser benéfico para as mulheres em menopausa, sugere um estudo de 2008 (2).  Para o estudo, os pesquisadores designaram 25 mulheres na menopausa para massagens semanais com vários óleos essenciais. Os óleos testados foram os óleos essenciais de lavanda e jasmim,  em como os óleos essenciais de rosa e gerânio.
Após oito semanas, os membros do estudo que receberam massagens relataram uma melhora significativamente maior nos sintomas da menopausa (como ondas de calor, por exemplo) em comparação com os 27 participantes do estudo que não foram massageados. No entanto, os autores do estudo atribuem os efeitos positivos à combinação de aromaterapia e massagem.

5) Cólicas menstruais e dor

Quando combinado com óleos de lavanda, bem como, canela e cravo em uma base de óleo de amêndoa, o óleo essencial de rosa usado para massagem abdominal pode ser eficaz para diminuir a gravidade das cólicas menstruais.
Em um estudo publicado em 2013, os cientistas descobriram que mulheres que fizeram uma massagem abdominal uma vez por dia durante sete dias antes da menstruação usando a mistura de óleo citada acima experimentaram menos dor, tanto na intensidade quanto na duração em comparação às mulheres que recebeu massagem apenas com óleo de amêndoa (3).
Outro estudo, publicado em 2015, descobriu que as mulheres que aplicaram a auto-massagem com aromaterapia usando óleo de rosa apresentaram menos dor menstrual no segundo ciclo, em comparação com aquelas que se auto-massagearam com óleo de amêndoa sem cheiro ou não tiveram tratamento (7).
Sendo assim, se você sofre com fortes cólicas vale a pena investir neste mistura de óleos!

Como usar o óleo de Rosa

Quando combinado com um óleo transportador (como jojoba, amêndoa, coco ou abacate), o óleo essencial de rosa pode ser aplicado diretamente na pele ou adicionado aos banhos em quantidades muito pequenas.

Além disso, o óleo essencial de rosa também pode ser inalado após borrifar uma ou duas gotas de óleo em um pano ou toalha, ou usando um difusor ou vaporizador de aromaterapia.

Possíveis efeitos colaterais

Os óleos essenciais são altamente concentrados, portanto, tenha cuidado ao usá-los. O óleo essencial de rosa não deve ser tomado internamente.

Os óleos essenciais devem ser diluídos em um óleo transportador antes de serem aplicados na pele e não devem ser aplicados aos olhos ou membranas mucosas ou usados ​​excessivamente. O óleo é absorvido pela pele e a toxicidade pode ocorrer se for aplicado muito. Com qualquer óleo essencial, há o risco de sensibilidade ao contato, por isso, é recomendado fazer um teste adesivo na pele antes de usar qualquer novo óleo essencial.
Por fim, se você quer beneficiar sua saúde como um todo conheça meu programa de emagrecimento. Estar com o peso em dia é o fator numero 1 para manter a boa saúde!
d7d otimizado
Abraços e fique com Deus!
Dr. Juliano Pimentel.
O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : ansiedadearomaterapiacólicad7ddepressão menopausadetoxemagrecimentoestresseóleo essencial de rosaoleo essencial sáudeóleos essenciaissono

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta