close
ÓLEOS ESSENCIAIS

Óleos essenciais para Azia [ELIMINE os sintomas instantaneamente]

Os óleos essenciais para azia agem de uma forma simples e fácil de usar através da aromaterapia. Por isso, eles têm sido usados ​​ao longo dos séculos como uma opção de tratamento alternativa.

A pesquisa geralmente é limitada, mas as evidências sugerem que certos óleos podem aliviar sintomas, como indigestão e náusea. Aqui está o que você precisa saber sobre o uso de óleos essenciais para alívio de azia.

Óleos essenciais para azia

Óleo de gengibre

As pessoas usaram gengibre para tratar vários tipos de problemas gastrointestinais e os óleos essenciais de gengibre também podem beneficiar as pessoas que apresentam os sintomas da azia.

O óleo de gengibre é um dos melhores óleos essenciais para azia que você pode escolher. Aliás, ele funciona até mesmo para combater sentimentos de ansiedade e aliviar náuseas. Também é um remédio útil para cãibras e inchaço quando diluído com um óleo transportador e aplicado diretamente na área do estômago.

O óleo de gengibre misturado com chá de ervas ou simplesmente água quente faz uma bebida reconfortante e deliciosa. Misture 2-4 gotas de óleo em água quente ou chá e beba 20 minutos antes das refeições para obter melhores resultados. Consumir essa mistura regularmente ajudará seu corpo a evitar azia e manter seu sistema digestivo funcionando corretamente.

Óleo de lavanda

Além de suas propriedades sedativas, a lavanda também pode ajudar a reduzir os sintomas de dor de estômago. Muitos dos sintomas de dor de estômago e azia são semelhantes, portanto, experimentar o óleo de lavanda pode ser benéfico para as pessoas que lidam com ácido estomacal extra.

Existem muitas maneiras excelentes de usar efetivamente o óleo de lavanda para combater os sintomas da azia e do refluxo ácido. Para uma experiência aromática relaxante geral, adicione algumas gotas ao difusor de vapor ou coloque o óleo em um banho quente para um relaxamento ideal.

No entanto, se seus problemas gastrointestinais são responsáveis ​​por mantê-lo acordado à noite, tente adicionar algumas gotas de óleo de lavanda a um pequeno frasco de spray com água. Use a mistura em seus travesseiros e lençóis.

Para uso tópico, dilua com um óleo transportador, como coco, amêndoa ou jojoba, e aplique suavemente a mistura na barriga ou no peito para encontrar alívio instantâneo de azia e inchaço. Além disso, para evitar o refluxo ácido, basta aplicar uma gota de óleo de lavanda de grau terapêutico na parte de trás da língua ou adicionar ao seu chá de ervas favorito. Para resultados máximos, aproveite esta mistura depois de comer para melhorar a digestão.

Óleo essencial de hortelã-pimenta

É importante entender que o óleo de hortelã-pimenta tende a ser mais concentrado do que outros óleos essenciais; portanto, tenha cuidado ao aplicar este produto topicamente ou ingeri-lo. Se você estiver massageando o óleo de hortelã-pimenta diretamente na pele, certifique-se de diluir fortemente com um óleo transportador.

Se ingerido em excesso, pode realmente causar azia, por isso a moderação é fundamental. Para alívio imediato, aplique óleo de hortelã-pimenta e um óleo transportador no estômago. Para uma bebida refrescante e estimulante, tente adicionar uma gota de óleo de hortelã-pimenta, seguida por 1/2 colher de chá de vinagre de maçã orgânico e uma colher de chá de mel a um copo de água morna.

A inalação da essência de um óleo essencial de hortelã-pimenta pode ajudar a aliviar azia, dor de estômago e náusea. Para isso, massageie o óleo diluído no peito, barriga e costas para ajudar a relaxar o sistema digestivo hiperativo.

Os óleos essenciais para azia

Os óleos essenciais para azia são potentes, por isso, uma gota ou duas é suficiente para difundir aromas em uma sala. Normalmente, uma gota ou duas no óleo transportador são recomendadas ao aplicar topicamente os óleos essenciais.

No entanto a melhor maneira de tratar a azia com óleos essenciais é inalando o perfume diretamente da garrafa ou de um difusor. Se você estiver usando um difusor, coloque duas ou três gotas no bolso a vapor da máquina, ligue a máquina e a água quente difundirá os óleos concentrados. Se você não tiver um difusor, pode aquecer 1 litro de água, mergulhar uma toalha na água quente, pingar algumas gotas de óleo na toalha e  respirar profundamente.

Outra maneira de colher os benefícios dos óleos essenciais é misturar-se com um óleo transportador e massagear a pele. Vale lembrar que os óleos essenciais não devem ser engolidos.

E se você tiver azia frequente, converse com seu médico sobre suas opções de tratamento. Mas, geralmente o ajuste na alimentação e o usos de óleos essenciais será suficiente. 

Óleos de origem segura

Antes de usar os óleos essenciais, faça sua pesquisa. Entenda quais óleos podem ser adequados para sua condição e quais não são. Considere os possíveis efeitos colaterais conhecidos e como eles podem interferir na sua atividade diária.

Por fim, peça ajuda a um profissional. Embora seu médico possa não prescrever óleos essenciais, é importante que eles saibam que você está usando os óleos e quaisquer tratamentos alternativos. Eles podem ajudá-lo a fazer isso com segurança, garantindo que os óleos escolhidos não afetem os medicamentos que você está tomando atualmente.

Abraço e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : aromaterapia com óleosaromaterapia oleos essenciaisaziabenefícios óleo de amêndoacomo fazer spray óleo essencialcomo usar óleos essenciaisdifusor óleo essencialgastritemá digestãomelhores óleos essenciaisóleo de gengibreóleo de hortel~óleo de hortelãoleo de lavandaóleo essencialóleo para aziaóleos essenciais

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta