close
Receitas

Receita de Cupcake de Cenoura

Dr Juliano Pimentel

O cupcake é uma forma gostosa de se alimentar. Esse bolinho prático e gostoso é perfeito para a hora do lanche e tem feito grande sucesso entre crianças e adultos, porém, você precisa ficar atento aos ingredientes presentes nele que podem fazer mal à sua saúde. Por isso, trago uma receita nutritiva, saudável e gostosa de cupcake de cenoura, que não contém glúten, açúcar refinado branco ou leite de vaca.

Não deixe de experimentar e compartilhar.

RECEITA DE CUPCAKE DE CENOURA

  • 1¹/4 Xícara de farinha de amêndoa;
  •  2 Colheres de sopa de farinha de coco;
  • ¹/2 Colher de chá de bicarbonato de sódio;
  • 1-2 Colheres de chá de gengibre moído;
  • ¹/2 Xícara de cenouras raladas;
  • 2 Colheres de chá de canela;
  • ¹/3 Copo de óleo de coco;
  • Xylitol, Stevia ou Banana para adoçar
  • 2 Ovos.

MODO DE PREPARO:

Pré-aqueça o forno a 350 ºC.

Em uma tigela grande misture todos os ingredientes secos primeiro, exceto as cenouras que serão incluídas por último.

Misture bem e inclua os outros ingredientes. Deixe a massa descansar por 5 minutos.

Coloque as cenouras.

Despeje a massa nas forminhas para cupcakes, untadas com óleo de coco. Asse de 18 à 20 minutos.

Sirva.

OBS: Se você quiser usar cobertura em os seus cupcakes, dê preferência para aqueles alimentos mais saudáveis, como por exemplo, o chocolate amargo (1).

Benefícios da Farinha de Amêndoas

Um dos benefícios da farinha de amêndoa é ser rica em nutrientes como: proteínas, gordura, carboidratos, fibra dietética, vitamina E, manganês, magnésio, cobre e fósforo.

Também é rica em compostos solúveis de gordura que atuam no organismo como antioxidantes, que vão proteger você dos malefícios dos radicais livres, que aceleram o envelhecimento e aumentam os riscos de doenças cardíacas e do câncer (2).

A farinha de amêndoas é ótima para a saúde cadiovascular reduzindo o colesterol mau (3). Vários estudos ligaram a ingestão de vitaminas E a taxas mais baixas de doenças cardíacas assim como a doença de Alzheimer (456, 78).

Por ser baixa em carboidratos, a farinha de amêndoas não traz os malefícios do açúcar como as farinhas que possuem glúten, como por exemplo, a sensação de cansaço, fome logo após de se alimentar e sedento por alimentos ricos em açúcar e calorias. Longe disso, a farinha de amêndoas possui gorduras saudáveis e fibras.

Tanto ela quanto a farinha de coco não possuem glúten em sua composição; e como eu sempre afirmo, retirar o glúten da sua alimentação é uma forma de proteger o seu corpo de inflamações graves e doenças futuras.

Não deixe de consultar o seu médico sobre a alimentação adequada para a sua saúde.

Mas mesmo que você consuma de vez em quando alguns alimentos naturais, isso não é bastante para garantir a boa saúde e prevenir doenças. Se você costuma comer alimentos industrializados e processados, está à um passo ver a sua saúde minguar aos poucos.

Esse é o momento de transformar a sua saúde de forma efetiva! Eu trago a revolução da saúde, um projeto que pretende mudar a cara da alimentação e da saúde no Brasil! Você, os seus filhos e toda a família merecem uma transformação na saúde que realmente seja eficaz!

Eu desenvolvi um e-book para ajudar você a fazer essa transformação, com todas as informações que você precisa e um guia passo a passo para implementar.
Tenha acesso aos Bônus Exclusivos!!

Quer saber como conseguir? Então clique na imagem abaixo e adquira agora o meu livro digital:

VIVA MELHOR SEM GLÚTEN V 2.0

Ebook Viva Sem Glúten, Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!!!

Dr. Juliano Pimentel

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

BAIXE AGORA O MEU EBOOK SOBRE A DIETA DUKAN E CONHEÇA TODAS AS VERDADES SOBRE ELA!!!
O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : cenouracupcakecupcake de cenouradr. juliano pimentelnão contém glútenreceitareceitassaúde

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta