close
sweet-potatoes-742283_1920

Diferente da receita de batata sauté original, esta receita possui menos carboidratos por ter a substituição da batata comum pela batata doce, possui mais nutrientes e é incrivelmente saborosa! No entanto é como eu sempre digo: moderação, pessoal!

Não deixe de ler e compartilhar.

Ingredientes:

  • 4 Batatas Doces Grande
  • 1 Cebola
  • 2 dentes de alho
  • Azeite
  • Paprika
  • Orégano
  • Sal Rosa
  • Salsinha e Cebolinha
  • Coentro

Modo de Preparo:

  1. Cozinhe as batatas doces mas não as deixe muito moles, e corte-as em pedaços médios a grandes.
  2. Em uma panela refogue a cebola e o alho e adicione os pedaços de batata. Ao refogar as batatas doces tome muito cuidado para que elas não desmanchem.
  3. Após refogá-las por alguns minutos, leve a uma travessa e cubra com a cebola e o alho refogados, adicione o sal os outros temperos e ervas (menos a cabolinha e leve ao forno em temperatura média, até que doure. Por cerca de 15 a 20 minutos.
  4. Retire e sirva ainda quente, e deixe para dispor a cebolinha sobre as batatas quando for comer.

A Batata Doce E O Ganho De Massa Muscular

As Batatas Doces Podem Ser Consumidas Cozidas, Assadas Ou Mesmo Fritas De Um Jeito Saudável

Não é novidade para ninguém que a batata doce é um carboidrato muito bom para o ganho de massa muscular, e que ela é uma fonte de energia ótima para o pré-treino.

Por possuir bastante fibra e potássio, ela desempenha uma função boa em relação ao controle e equilíbrio muscular, e é por isso que pessoas que treinam e fisiculturistas optam pelo consumo da batata doce em suas refeições diárias.

Além do mais, seu índice glicêmico é muito baixo, e por ser um carboidrato isso a torna ainda mais benéfica e interessante para o organismo.

Muita gente já deve ter ouvido falar da batata doce acompanhada com frango é ótima para o pré e pós treino, e realmente formam uma dupla e tanto, e para quem precisa de energia para malhar, principalmente.

A batata doce também possui a maior parte das fibras e nutrientes na casca, então se puder preservá-la sempre comendo-a junto com a casca é a melhor opção.

Ingerindo alimentos certos, com base em carboidratos complexos em moderação e proteína magra, você pode conseguir um resultado muito melhor e mais fácil ao treinar.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta