close
Receitas

Receita de Carne Moída Refogada com Legumes

Dr Juliano Pimentel

Esta receita de carne moída refogada com legumes é rica em proteína, vitamina e sais minerais.

Refeição completa e muito fácil de fazer, para aqueles dias que você está buscando uma receita prática e saudável.

Não deixe de experimentar e compartilhar.

INGREDIENTES:

  •         500 gr de carne moída;
  •         Sal a gosto
  •         Pimenta-do-reino a gosto;
  •         1 colher (sopa) de azeite de oliva;
  •         1 cebola;
  •         4 dentes de alho;
  •         1 tomate;
  •         1 cenoura;
  •         1 chuchu;
  •         1/2 xícara (chá) de Água;
  •         1 colher (chá) de orégano.

MODO DE PREPARO:

Tempere a carne com sal e pimenta-do-reino.

Em uma panela grande, aqueça o azeite de oliva em fogo alto e refogue a cebola, o alho e o tomate. Acrescente a carne moída, refogando-a. Adicione os legumes (cenoura e chuchu) e a água, deixe ferver.

Reduza a chama e cozinhe, mexendo de vez em quando, até a carne cozinhar (cerca de 30 minutos). Desligue o fogo e acrescente o orégano, misturando-o bem.

Sirva imediatamente.

Benefícios da Cenoura

shutterstock_101720998_800x520
Cenoura é rica em vitamina A

A cenoura é uma raiz muito saborosa e importante na alimentação.

Entre seus principais benefícios estão:

  •         Melhora na digestão e combate a prisão de ventre, por ser rica em fibras;
  •         Previne o envelhecimento precoce, por ser rica em vitamina A e antioxidantes;
  •         Ajuda a emagrecer, pois contém poucas calorias;
  •         Fortalecer o sistema imunológico, por ser rica em antioxidantes;
  •         Proteger a visão, por conter vitamina A.

Além disso, a cenoura contém vitaminas B e C. A primeira beneficia o sistema nervoso, a segunda estimula as defesas orgânicas contra enfermidades.

Não deixe de incluí-la na sua alimentação.

Benefícios do Tomate

beneficios-do-tomate-1-640-427
O tomate é antiinflamatório

O tomate é saboroso, fácil de encontrar e saudável!

Ele é associado a índices reduzidos de câncer de pâncreas, cervical e próstata. O tomate também protege o organismo de infecções bacterianas, assim como de perturbações digestivas e pulmonares.

A fruta age como antiinflamatório, sendo também muito benéfica para a atividade cerebral. Além disso, é ótima para combater as infecções e exerce efeito antisséptico no corpo, neutralizando resíduos ácidos.

O tomate contém grandes quantidades de vitaminas (A, complexo B e C) e sais minerais (ácido fólico, potássio e cálcio).

Há ainda outros benefícios!

Os tomates são, de longe, a fonte mais rica em Licopeno, poderoso antioxidante que combate os radicais livres, retarda o envelhecimento e pode proteger contra o câncer.

O licopeno é um carotenoide que confere a cor vermelha ao tomate. Por isso, quanto mais intensa for a cor do fruto, mais rico em antioxidante ele será.

Outra característica observada pelos estudos foi que o calor aumenta a biodisponibilidade do licopeno, ou seja, esse fitoquímico é melhor absorvido pelo nosso organismo quando os tomates são cozidos.

Por todos esses motivos, inclua o tomate a sua dieta.

Comer de verdade pode ser mais simples e gostoso do que você imagina!

Que tal dar uma olhada nas receitas aqui do site e mudar a sua alimentação? Te convido a fazer parte da nossa corrente do bem, que promove informações que ajudam na sua reeducação alimentar.

Esqueça de uma vez por todas as dietas malucas e aprenda a comer comida de verdade.

E se o que você quer é emagrecer, prove também os chás termogênicos. Eu preparei um Guia GRATUITO com os melhores chás para secar a barriga, basta preencher o formulário abaixo para descobrir quais são.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

BAIXE AGORA O MEU GUIA COM OS
10 MELHORES CHÁS PARA EMAGRECER!
O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : carne moídadr. juliano pimentellegumesreceitareceitassaúde

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta